quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Requeijão caseiro

Desde que descobri essa receita de requeijão eu dificilmente compro requeijão industrializado, porque sério, o sabor é muito parecido e não vai quase nada de ingrediente. Ah, mas dá trabalho? Claro que dá! É sim muito mais simples comprar algo pronto, mas você sabe a quantidade de ingredientes que vai em um requeijão industrializado? Se não sabe, leia o rótulo! Aí fica a seu critério.

Mas deixa a preguicinha de lado e testa essa receita, em menos de 30 minutos você terá seu requeijão, e os benefícios vão te convencer a uma vez por semana preparar essa receita. Aliás, quem ensinou esse requeijão foi a Rita Lobo no programa dela, mas existem outras versões por aí como a do chef Rodrigo Oliveira do restaurante Mocotó. Já testei as duas, mas acho a da Rita Lobo mais simples e adiciono por minha conta um ingrediente que dá um sabor ainda mais gostoso, o parmesão, mas pode fazer sem também.

Vamos a receita? Aliás se quiser conferir o vídeo da receita original, clique aqui.

Ingredientes:

- 1 litro de leite tipo A integral
- 2 colheres sopa de suco de limão
- 25g de manteiga em temperatura ambiente (cerca de 1 1/2 colher de sopa)
- 1/2 col chá de sal
- 1 colher sopa de parmesão ralado fino (não use parmesão de pacote, compre um pedaço para ralar)

Preparo:

- Coloque o leite em uma panela e deixe em fogo alto;
- Assim que começar a ferver, desligue o fogo, reserve 1/2 xícara chá desse leite e no restante adicione o suco de limão, mexa e deixe descansar por 5 minutos até talhar;
- Forre uma peneira com um paninho de algodão limpo ou use um filtro daqueles de café reutilizáveis e coe o leite separando o soro do leite talhado;
- Pressione para retirar o máximo de soro possível (use o soro para fazer bolos e pães);
- Transfira o queijo drenado para o liquidificador, junte o leite fervido reservado, a manteiga, o sal e o parmesão. Bata até formar um creme liso, e se necessário, pare de bater e raspe com uma espátulas as laterais do liquidificador;
- Transfira o requeijão para um pote, deixe esfriar, tampe e leve a geladeira por no mínimo 2 horas para firmar.

Rendimento: cerca de 350g de requeijão
Tempo de preparo: 20 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

É a mesma receita da ricota mas batida com outras ingredientes, não é fantástico isso? A receita do chef Rodrigo Oliveira leva creme de leite mas eu não achei que dá muita diferença, o parmesão sim, dá um toque super especial apesar da pouca quantidade.

É isso, fazendo esse tipo de preparo em casa a gente já contribui com a alimentação da nossa família, não é mesmo? Menos industrializado, mais saúde!

Espero que tenham gostado.
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Milho cozido de praia

Um dia desses eu estava com vontade de comer milho cozido mas igual ao que eu comia quando criança lá em Solemar, na Praia Grande. Confesso que eu nunca ficava satisfeita com o resultado dos meus milhos cozidos, até que cheguei nessa dica infalível da minha amiga Aninha do delicioso Do Manjericão e te juro, meu milho ficou igualzinho ao da praia!

A dica é muito simples e é um ingrediente que eu jamais pensei em utilizar, açúcar! Sim, o milho é cozido com açúcar e isso faz com que ele fique levemente adocicado e muito mais amarelinho. Confere toda a explicação abaixo, e corre pra cozinha fazer!

A receita original você encontra clicando aqui!

Ingredientes:

- 8 espigas de milho
- 4 litros de água
- 6 colheres sopa (cheias) de açúcar
- manteiga com sal a gosto

Preparo:

- Se o seu milho vier com as palhas, use-as para forrar uma panela de alumínio bem alta, senão, pule essa etapa;
- Coloque a água na panela e leve ao fogo, quando começar a borbulhar, antes de ferver, coloque as espigas e o açúcar;
- Deixe cozinhar até que esteja no ponto desejado;
- Retire as espigas e ainda quentinhas passe aquela manteiguinha deliciosa e sirva.

Rendimento: a mesma quantidade de espigas
Tempo de preparo: 45 minutos
Grau de dificuldade: Moleza

Nem vou falar muita coisa, só faça e volte aqui para me contar o que achou! Agradeço a Aninha por compartilhar essa dica preciosa conosco!

Beijos,
Fla.

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Macarrão de forno

Esse macarrão de forno também pode ser chamado de "macarrão com o que tem na geladeira" e pode acreditar, além de fácil, não há combinação que não fique boa com ele, te juro! 

Meu marido adora macarrão de forno e quando me pede pra fazer, eu não penso duas vezes, porque me livro de vários potinhos da geladeira e resolvo o almoço ou o jantar em meia hora! 

Quer ver como é fácil? Então, se liga na receita!

Ingredientes:

Molho branco:

- 1/2 cebola picada
- 3 colheres sopa de farinha de trigo
- 3 colheres sopa de manteiga
- 1 litro de leite
- sal, pimenta e noz moscada a gosto

Massa:

- 250g de macarrão cozido al dente (use massa curta como fusilli, penne ou farfalle)
- 150g de presunto em cubos
- 50g de cogumelo em conserva picado
- 100g de gorgonzola picado
- 30g de nozes picadas
- 200g de muçarela em cubos
- 1 xícara chá de molho de tomate
- parmesão ralado a gosto
- sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:

Molho branco:

- Em uma panela derreta a manteiga e doure a cebola;
- Adicione a farinha de trigo e deixe dourar um pouco;
- Some todo o leite e mexa bem para desmanchar a farinha e deixe em fogo médio, mexendo sempre até engrossar um pouco;
- Tempere com sal, pimenta e noz moscada a gosto e reserve.

Massa:

- Em uma tigela coloque a massa que deve estar cozida bem al dente;
- Some o presunto, o cogumelo, o gorgonzola e as nozes e misture bem;
- Adicione o molho branco, misture e corrija sal e pimenta, mas lembre-se que ainda vamos adicionar muçarela e que o gorgonzola derrete no forno;
- Coloque a massa em um refratário e por cima coloque o molho de tomate;
- Em seguida pegue os cubos de muçarela e coloque no meio do macarrão, dispondo da maneira que achar melhor;
- Termine polvilhando o queijo parmesão, cubra com alumínio e leve ao forno 200 graus por cerca de 20 minutos, deixando 10 minutos com o papel alumínio e os outros 10 sem para dourar.

Rendimento: serve bem 2 a 3 pessoas
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Fácil

Troque o presunto por calabresa frita ou bacon frito em cubos, troque o gorgonzola pelo queijo que você tiver na geladeira e adicione mais legumes como cenoura, ervilha ou o que tiver à sua disposição! E anote essa receita que é pra vida! 

Espero que tenham gostado!
Bjs,
Fla.

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Patê de frango

Você tem costume de deixar alguns lanchinhos prontos para a semana? Não? Pois então, principalmente se você tiver filhos, vou deixar essa dica pra vocês que facilita muito a vida e evita o consumo daquelas besteiras industrializadas que muitas vezes é o que eles consumem.

Esse patê de frango vira um belo sanduíche no pão de forma, e se você embalar em filme plástico, dura super bem na geladeira. Se quiser turbinar o lanche ainda dá pra colocar folhas de alface. E claro, a ideia dos lanchinhos é variar os sabores então vale a pena fazer aquela versão de presunto e queijo, salame e queijo ou de queijo branco com peito de peru. Mas procure deixar ou melhor ainda, procure ensinar seus filhos a preparar estes lanches rápidos para que eles se alimentem melhor.

E o rendimento é ótimo desse patê de frango, então, tenho certeza que você vai adorar. Ah, e aqui estou ensinando como fazer no processador, mas se você não tiver, pode fazer misturando os ingredientes à mão que dá certo do mesmo jeito!

Ingredientes:

- 1/2 peito de frango
- 1/2 cebola picada grosseiramente
- ervas frescas (manjericão, alecrim, salsa)
- 1 cenoura ralada
- 8 azeitonas sem caroço picadas
- 3 colheres sopa de cebolinha picada
- 1 e 1/2 colher sopa cheia de maionese
- 1/2 colher sopa  de requeijão
- sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:

- Em uma panela coloque o frango, a cebola, as ervas frescas de sua preferência e um pouco de tempero caseiro ou sal;
- Adicione água até cobrir o peito de frango e leve ao fogo alto até que o frango esteja cozido e o caldo reduza até mais ou menos 1/4 xícara;
- Desligue o fogo e ainda na panela, quebre o frango em pedaços menores com o garfo e deixe descansando por uns 15 minutos para que ele absorva o restante do caldo que ficou na panela;
- Deixe esfriar o frango na panela mesmo;
- Se você tiver um processador, coloque a cenoura ralada e o frango (pode colocar a cebola que estava junto) e processe mas não precisa ser muito pequeno;
- Adicione a maionese e o requeijão e na tecla pulsar, misture os ingredientes bem rápido;
- Por último adicione a cebolinha e a azeitona e na tecla pulsar misture novamente;
- Coloque em uma tigela, corrija o sal e adicione pimenta do reino a gosto;
- Se não tiver processador, você pode desfiar o frango e picar ligeiramente na faca e depois misturar todos os ingredientes. Nesse caso, para ralar a cenoura, eu gosto de usar o ralo fino, assim ela não fica tão grande no patê.

Rendimento: serve até 3 pessoas ou serve de recheio para 6 sanduíches
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Moleza

Você pode usar esse patê para colocar no sanduíche ou para fazer aquelas tortas frias, bem cara dos anos 80, sabe qual é? Adoro! E confesso que uma colherada desse patê com uma salada é o que eu mais como, experimente!

Espero que tenham gostado da receita!
Beijos,
Fla.

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Nhoque para congelar

Você acha que dá trabalho fazer nhoque? Então, eu também achava até que conheci essa receita da Rachel no blog Na Biroskinha e tudo mudou. Essa receita é muito simples, feita da boca do fogão, ou seja, a massa do nhoque já sai praticamente pronta da panela e o único trabalho que você terá, vai ser o de enrolar os cordões e cortar.

O melhor de tudo? Essa é aquela receita coringa para você congelar e ter nhoque sempre a disposição. Se quiser fazer pra vender, o rendimento é ótimo, o custo é baixo e você pode ganhar uma boa grana, porque tenho certeza que seus clientes vão amar.

Troque a batata inglesa por mandioquinha (nesse caso uso 500g) ou por batata doce e o resultado será ainda mais gostoso! Sério, é a melhor receita de nhoque que já fiz, que me desculpem os tradicionalistas, claro. Então vamos para a receita?

Receita original, clique aqui.
Ingredientes:

- 2 xícaras chá de leite
- 2 xícaras chá de caldo de frango ou legumes (se não usar caldo caseiro, dissolva 2 cubos do industrializado em em 2 xícaras de água)
- 300g de batata cozida e espremida
- 100g de margarina (e eu uso margarina mesmo)
- 50g de queijo parmesão ralado
- 3 xícaras chá de farinha de trigo
- 1 colher chá de ervas secas (eu uso um mix de ervas) - opcional
- 1 col sobremesa de sal (se estiver usando caldo de frango industrializado, não precisa colocar sal)

Preparo:

- Em uma panela leve para ferver o leite, o caldo de frango ou legumes, a batata, a margarina, o queijo, as ervas e o sal;
- Assim que levantar fervura, abaixe o fogo e adicione toda a farinha de uma vez só;
- Vá mexendo para não ficar com gruminhos de farinha e para cozinhar a massa até que solte do fundo da panela. A consistência é parecida com uma massa de coxinha porém mais mole;
- Deixe cozinhando a massa em fogo baixo, mexendo sempre, por uns 5 minutos;
- Unte uma bancada ou a pia com um pouco de margarina, despeje a massa e aguarde alguns minutos para que esfrie um pouco e você consiga mexer na massa;
- Vá sovando fazendo movimento de dobras com a massa ainda morna por uns 5 minutos. Se começar a grudar, pegue mais um pouquinho de margarina e passe na bancada. Não adicione mais farinha, use sempre a margarina para desgrudar a massa da bancada;
- Separe uma porção da massa e deixe o restante coberto por um plástico para não ressacar;
- Faça cordões não muito grossos com cada porção de massa e corte com uma faca os nhoques do tamanho que desejar;
- Vá colocando em uma assadeira untada com manteiga de forma que fiquem separados e leve para o freezer por 3 horas. Passado esse tempo você pode retirar os nhoques das assadeiras e separar em porções em saquinhos para congelamento;

Montagem e uso do nhoque:

- Se você quiser utilizar assim que preparar a massa, escalde em água quente rapidamente (1 minuto), coloque em uma travessa, despeje o molho por cima e leve ao forno para aquecer;
- Para preparar o nhoque que está congelado, retire do freezer, coloque em uma travessa, despeje o molho quente por cima e leve ao forno 180 graus por cerca de 20 minutos. Se quiser adiantar esse tempo, você pode escaldar em água quente por 1 minuto também.

Rendimento: cerca de 1.250 gramas de nhoque 
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Fácil

Quando postei essa receita no instagram muitas pessoas que nunca tinham feito nhoque na vida vieram me contar que arrasaram no preparo da receita, então, se joga que essa receita é sucesso!

Espero que tenham gostado e qualquer dúvida é só me escrever que vou ficar feliz em ajudar!
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Sopa de mandioca com carne

Esses dias rolou sopinha de mandioca no melhor estilo “reaproveitamento total”. A mandioca cozida era sobra do final de semana, a calabresa estava congelada, o caldo de frango que usei estava congelado também e o cheiro-verde era um restinho de um maço que implorava por uso! E eu não sei se vocês também tem essa impressão, mas parece que quanto mais improvisada mais gostosa fica a comida, não acham?

E resolvi postar aqui para que vocês  usem essa ideia para reaproveitar o que tem na geladeira de vocês e preparar uma bela sopa também. E se não tiver caldo de frango, use de legumes! Não tem caldo caseiro, vai de caldo industrializado que uma vez ou outra não vai causar nenhum grande mal. Se não tiver caldo, use água e agregue mais sabores nos temperos secos e ervas frescas. Use sempre a criatividade!

Vamos a receita?

Ingredientes:

- 1/2 linguiça calabresa fatiada
- 1 cebola pequena fatiada
- 2 xícaras chá de mandioca cozida em cubos
- 2 xícaras chá de caldo de frango ou 1 xícara chá de caldo + 1 xícara de água
- 1 colher café de cominho
- sal e pimenta a gosto
- cheiro verde a gosto

Preparo:

- Em uma panela de pressão doure a calabresa em um fio de azeite;
- Adicione a cebola e deixe dourar bem;
- Some a mandioca já cozida, misture bem e junte o caldo de frango;
- Coloque o cominho, o sal e a pimenta a gosto, tampe a panela de pressão e deixe 15 minutos;
- Passado esse tempo, desligue o fogo, retire a pressão, abra a panela e verifique se precisa de mais água ou alguma correção de sal;
- Se a sopa estiver muito rala, deixe ferver mais um pouco com a panela aberta até atingir a consistência desejada;
- Por último coloque o cheiro verde a gosto e sirva.

Rendimento: serve 2 pessoas
Tempo de preparo: 30 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Não tem calabresa? Se joga naquele frango que já está refogado no freezer, ou aquela carninha que sobrou do almoço. Criatividade, mais uma vez estou falando isso aqui. Não tem lugar mais gostoso para brincarmos de alquimista do que a cozinha! Pense nisso!

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Bolo rabanada

Essa receita vem da cozinha de uma querida amiga, a Teresa do Teretete na Cozinha, uma pessoa doce e sempre prestativa, que eu tive o prazer de conhecer através de mundo da blogsfera. Pensem numa pessoa alto-astral! É a Teresa! Em todos os eventos que estive e que ela também estava, a alegria era presença constante. Como não amar uma pessoa assim? 

Todo mundo que prova essa receita, ama! E eu não tenho dúvida de que você também vai amar! Super simples, essa receita é uma variação do bolo de iogurte simples que tem aqui no blog também, mas que leva uma farofinha, que é intercalada a massa, dando um sabor de rabanada ao bolo.

Bora conferir a receita?

Receita original clique aqui.
Ingredientes:

Massa:

- 2 1/2 xícara chá de farinha de trigo
- 1 xícara chá de açúcar
- 1/2 xícara chá de óleo
- 1 colher sopa de fermento em pó
- 4 ovos
- 1 pote de iogurte natural (170g)

Para a farofa:

- 2 colher sopa de açúcar mascavo
- 1 colher sopa rasa de canela em pó

Preparo:

- Bata no liquidificador os ovos, o iogurte, o açúcar e o óleo até ficar tudo bem batido;
- Em seguida, transfira a massa batida para uma vasilha e adicione a farinha;
- Mexa bem até ficar bem a massa ficar bem incorporada;
- Por último coloque o fermento e mexa rapidamente;
- Misture em um potinho os ingredientes da farofinha e reserve;
- Unte uma assadeira (eu uso essas de pudim de 21 cm) com manteiga e cerca de 1 colher de sopa da farofinha (o que não grudar na forma, você pode aproveitar e juntar ao restante da farofinha);
- Despeje 1/3 da massa na forma, coloque cerca de 1/3 da farofinha, por cima despeje delicadamente mais 1/3 da massa, mais uma camada de farofinha, a última de massa e por último a farofinha;
- Leve ao forno preaquecido 180 graus por aproximadamente 30 minutos;
- Desenforme morno e sirva.

Rendimento: 1 bolo médio
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Fácil

Com um chá ou café, fica sensacional. Acho que foi um dos bolos mais perfumados que já fiz. 

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Estrogonofe de frango

Todo mundo tem uma receita de estrogonofe. O prato que surgiu na Rússia já passou por diversas adaptações e ficou com a carinha que o brasileiro gosta! Tem quem faça sem molho de tomate, quem abomine o ketchup e a mostarda e até quem engrosse o molho com leite e farinha de trigo, enfim, uma infinidade de receitas rolam por aí. 

Eu hoje, estou te apresentando a receita que aprendi com a minha mãe e que, para mim, é a mais gostosa! Mas claro que você pode adaptar e fazer do jeito que você mais gosta. Aliás, quer prato mais versátil? Dá para fazer de carne, frango, carne de porco, legumes e até mesmo vegano! Ao invés do creme de leite normal, existem opções feitas com creme de leite vegetal e eu já provei alguns em restaurantes e todos são deliciosos!

Mas vamos lá conferir essa receitinha de hoje!


Ingredientes:

- 500g de peito de frango em cubos
- suco de 1/2 limão
- tempero caseiro ou sal a gosto
- pimenta do reino a gosto
- 1 colher sobremesa de manteiga
- 1 fio de azeite
- 1/2 cebola grande picada em cubos
- 1 lata de tomate pelado processada
- 1/4 xícara chá de conhaque
- 1/2 xícara chá de cogumelos fatiados
- 2 colheres sopa de ketchup
- 1 colher sopa de mostarda
- 200g de creme de leite (uso o de caixinha)
- sal a gosto

Preparo:

- Tempere o frango com o limão, o sal ou tempero caseiro e a pimenta. Reserve;
- Em uma panela coloque a manteiga e o azeite para aquecer. Coloque os cubos de frango na panela, deixe em fogo médio e não mexa. Quando a parte debaixo estiver começando a dourar, mexa o frango para soltar os cubos, tampe a panela e deixe até volte a dourar;
- Com o frango bem dourado, coloque a cebola e refogue até que fique transparente;
- Desligue o fogo, adicione o conhaque, risque o fósforo e jogue na panela de longe (não, não vai pegar fogo no palito e não vai deixar gosto no seu estrogonofe... );
- Quando o fogo da panela apagar, mexa bem e acenda a chama do fogão novamente;
- Adicione o tomate pelado batido, e deixe apurar bem o molho. É importante que ele apure até começar a secar;
- Passado esse tempo, coloque o cogumelo, o ketchup, a mostarda e misture bem. Por último coloque o creme de leite, misture bem, desligue o fogo e corrija o sal, se necessário;
- Sirva acompanhado de arroz e batata.

Rendimento: serve bem até 3 pessoas
Tempo de preparo: 30 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Prato simples, rápido e delicioso! Cogumelos paris frescos são uma ótima pedida, mas custam bem mais caro. Ah, e o de carne pode ser feito com coxão mole ou alcatra, não precisa usar necessariamente mignon.


Espero que vocês tenham gostado da receita de hoje!
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Torta Hotdog

Aquela receita de torta de liquidificador que todo mundo tem e que dá para fazer com opções mil de recheio? Então, essa é a ideia dessa torta hotdog delícia e que vai agradar todo mundo, principalmente a criançada.

Aqui no Arte na Cozinha tem diversas tortas salgadas e uma mais gostosa que a outra, então se joga ali na barrinha lateral, que você vai encontrar muitas opções!

Sem mais papo, vamos para a receitinha!

Ingredientes:

Massa:

- 3 ovos
- 1/2 xícara chá de óleo
- 1 e 1/2 xícara chá de leite
- 10 colheres sopa de farinha de trigo
- 6 colheres sopa de amido de milho
- 1 colher chá de sal
- 1 colher sopa de fermento químico em pó

Recheio:

- 4 salsichas em rodela
- 1/2 cebola pequena em fatias
- 1 lata de milho drenada
- 1/4 xícara chá de pimentão em cubos
- 1 xícara chá de queijo (usei o meia cura mas pode ser muçarela)
- 3 colheres sopa de ketchup
- 1 colher sopa de mostarda
- batata palha para finalizar

Preparo:

Massa:

- Bata no liquidificador os ovos, o óleo e o leite e bata bem;
- Adicione a farinha de trigo, o amido e o sal e bata até misturar bem;
- Por último adicione o fermento químico e misture utilizando a tecla pulsar do liquidificador.

Montagem:

- Em uma assadeira (usei uma retangular de 23 x 14cm) untada e enfarinhada, adicione metade da massa;
- Por cima coloque a cebola em fatias, as salsichas, o milho verde, o pimentão, o ketchup, a mostarda e por último o queijo;
- Despeje o restante da massa e leve para assar em forno preaquecido 200 graus por 35 a 40 minutos aproximadamente;
- Depois de assada coloque a batata palha para decorar.

Rendimento: serve 4 pessoas
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Fácil

Delícia de receita para um lanche da tarde ou aquela janta despretensiosa do final de semana! Se fizer alguma receita do Arte na Cozinha, não esquece de postar e marcar o meu instagram @fla.artenacozinha nas fotos, vou adorar ver!

Espero que tenham gostado.
Beijos,
Fla.

quinta-feira, 20 de junho de 2019

Caponata de berinjela de micro-ondas

Pouco uso o micro-ondas para cozinhar, salvo quando preciso de batatas e estou com preguiça de sujar panela ou para esquentar comida. Mas quando me lembro dessas receitas que eu conheci na época que casei e ganhei meu micro-ondas, eu fico feliz em não precisar sujar meu fogão.

Essa receita fica pronta em 6 minutos e você pode optar com comer ela quentinha ou fria, depende muito da sua intenção. Se quiser servir como um canapé ou acompanhada de uma focaccia, acho que fria fica bem mais legal, mas se sua intenção foi servir como um "refogado", se joga nela quentinha que fica incrível também.

Vamos a receita?

Ingredientes:

- 1 berinjela pequena em cubos (cerca de 2 xícaras chá de berinjelas cortadas)
- 1 cebola pequena em cubos
- 1 colher sobremesa de orégano
- 1 colher chá de lemmon pepper (opcional)
- 1 colher café de zátar (opcional)
- 1 colher chá de alho em pó ou alho amassado
- 1/2 pimenta dedo de moça picada
- 1 tomate sem semente picado em cubos
- 1/3 xícara chá de uvas passas
- ervas frescas a gosto (usei manjericão e hortelã)
- 10 amêndoas ou nozes picadas
- azeite, sal e vinagre balsâmico a gosto

Preparo:

- Em uma tigela de vidro que possa ir ao micro-ondas, coloque a berinjela, a cebola, os temperos secos, o azeite e o sal. Misture bem;
- Cubra com plástico filme e leve ao micro-ondas por 1 minutos;
- Retire o plástico, mexa bem, coloque novamente o plástico filme e deixe mais 3 minutos;
- Repita esse processo mais uma vez, deixando desta vez, 2 minutos;
- Retire do micro-ondas, mexa bem e adicione o tomate, as passas, a pimenta dedo de moça e as ervas frescas, misture bem;
- Se desejar coloque mais azeite, faça a correção de sal, coloque vinagre a gosto e adicione por último as amêndoas ou nozes picadas;
- Sirva quente ou fria.

Rendimento: serve até 2 pessoas em porções bem servidas
Tempo de preparo: 15 minutos
Grau de dificuldade: Moleza

Troque os ingredientes e temperos, adicione mais tomate, retire as uvas passas, coloque coentro... você pode fazer a alquimia que quiser. Ah, importante, se seu micro-ondas for muito forte, vá cozinhando e verificando o ponto da berinjela de 1 em 1 minuto para não passar do ponto. O meu já tem mais de 10 anos, então é mais fraquinho.

E se você quiser conhecer uma outra versão feita na panela de pressão, clique aqui e confira uma outra receita delícia!

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Batatas coradas

Gosto tanto de batata que se alguém me mandar ir plantar batata, eu vou feliz! Risos... Brincadeiras a parte, não tem quem não goste destas batatas douradas no azeite, fica super gostoso e é um excelente acompanhamento!

Aliás, eu já perdi a conta de quantas receitas com batata tem por aqui pelo Arte na Cozinha, é purê, batata no pote, recheada, feita no micro-ondas... sempre digo, se tem batata, você tem uma refeição! E se tem purê no almoço e sobra, já tem uma bela janta garantida, pois pode transformar um sopa, escondidinho, bolinho, e por aí vai.

Agora, quer preparar essa delícia? Então vem comigo, que não tem receita, é mais explicar o modo de preparo mesmo.


Para fazer: Cozinhe as batatas em cubos médios em água com sal até que estejam cozidas porém firmes. Deixe escorrer bem, isso é bem importante! Depois, aqueça uma frigideira ou panela antiaderente com uma camada generosa de azeite e um dente de alho esmagado e coloque uma parte das batatas. Não fique mexendo! Quando ela estiver dourada de um lado, vire e deixe dourar do outro. Retire do azeite, e coloque mais uma leva e repita o processo até finalizar. Por último salpique sal a gosto.

O rendimento vai variar com a quantidade que você pretende fazer, mas 1 batata média por pessoa, é uma ótima porção.


É importante fazer aos poucos, ter paciência e não ficar mexendo para não correr o risco de desmanchar a batata. Mais simples e delicioso, impossível. Não aconselho o congelamento de batatas assim, elas ficam empapadas quando descongeladas, mas duram na sua geladeira por alguns dias.


Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Frango na moranga

Reaproveitar alimentos sempre foi e sempre será a ordem maior dentro desta cozinha. Já falei inúmeras vezes aqui no blog e nas minhas redes sociais, o quanto isto me acompanha e o quanto me doi ver pessoas próximas, muitas vezes desperdiçando alimento. Mas eu sei que muitas vezes é preciso ter uma dose de criatividade a mais para poder utilizar bem as sobras da geladeira. 

Mas é aí que entra a nossa amada internet. Veículo de comunicação totalmente do bem viu gente?! É só saber usar direitinho, que você encontrará infinitas possibilidades para te ajudar nessa missão. E está aqui o Arte na Cozinha para não me deixar mentir. Exemplo disso, essa moranga lindona feita com sobras de um frango assado, desses de padaria, sabe?! Então, quando bato na tecla de que a gente pode inventar moda na cozinha para evitar desperdício, é disso que estou falando! 



O que tem de diferente nessa preparação é que a abóbora foi cozida assim, grandona mesmo, dentro do micro-ondas! Graças a dica preciosa da Carlinha do Brisando na Cozinha, minha querida amiga. O processo é simples, abrir a tampinha da abóbora, retirar as sementes (que você pode e deve torrar com sal), temperar com azeite, sal e pimenta e embalar bem (com a tampinha) com plástico filme e levar ao micro em potência alta de 5 em 5 minutos. Eu deixei 15 minutos e depois deixei mais 15 descansando enquanto preparar o recheio. Aliás, vem ver que fácil esse recheio.


Ingredientes:

- 2 dentes de alho amassados
- 1 cebola pequena em fatias
- 1 talo de alho poró
- 1 pimenta de cheiro
- 1/2 pimentão em cubos (use o que você tiver na sua casa e já congele o restante para não perder)
- 2 colheres sopa de azeite
- 1/2 frango assado desfiado (cerca de 600g de carne desfiada)
- 3 tomates em cubos sem semente
- 2 colheres extrato de tomate
- 1 xícara chá de água
- 1/2 caixa de creme de leite
- 2 colheres sopa de requeijão cremoso
- cebolinha e coentro a gosto
- sal ou tempero caseiro a gosto a gosto
- queijo parmesão ou muçarela a gosto

Preparo:

- Em uma panela refogue o alho, a cebola, o alho poró, a pimenta de cheiro e o pimentão no azeite;
- Depois, entre com o frango desfiado e tempero caseiro ou sal a gosto;
- Some os tomate em cubos, o extrato de tomate e a água. Tampe e deixe em fogo baixo por 15 a 20 minutos; 
- Coloque o creme de leite, o requeijão cremoso (de pote mesmo), e finalize com cebolinha e coentro;
- Retire o plástico da moranga, retire a tampinha e raspe com um garfo ou colher para retirar um pouco da polpa da abóbora, mas cuidado para não ferir a casca;
- Coloque a abóbora em uma assadeira e despeje dentro dela o recheio de frango;
- Polvilhe o queijo parmesão ou muçarela e leve para assar por 30 minutos aproximadamente. Sirva com arroz branco e batata palha.

Rendimento: Serve 4 pessoas
Tempo de preparo: 90 minutos
Grau de dificuldade: Médio

Uma delícia sem igual. Você pode colocar leite de coco e trocar o frango por camarões. Se não gostar de coentro, deixe de frescura e coloque, risos... faz toda diferença! Mas estou brincando, sei que tem gente que abomina... então é só retirar da receita.

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 10 de junho de 2019

Risoto de pera e gorgonzola

Para receber amigos ou aquela pessoa que você gosta muito, um prato rápido pode lhe poupar tempo e deixar que você aproveite mais ainda sua noite. Por isso, sempre acho que o risoto feito na panela de pressão, a melhor saída! Fora que além de ganhar tempo, você consegue adaptar o sabor do seu risoto as mais variadas necessidades, pois é fácil adaptá-lo para uma versão vegetariana, ou com carne, frango, embutidos e até mesmo sem lactose!

Este risoto de pera e gorgonzola eu fiz para receber minha prima aqui em casa, e como sei que ele prefere opções vegetarianas, achei que seria uma ótima pedida. E não é que acertei? Conversamos por horas e em 15 minutos resolvi o nosso jantar. Fora que as peras grelhadas e os itens de preparação do risoto, já adiante a tarde, para facilitar também.

Vamos conferir a receita?

Ingredientes:

- 1 1/2 xícara chá de arroz arbóreo
- 3 xícaras chá de caldo de legumes (caseiro, de preferência)
- 1 cebola pequena picada em cubinhos
- 1 folha de louro
- 1/2 xícara chá de parmesão ralado
- 1/4 xícara chá de vinho branco seco
- 70g de gorgonzola picado
- 2 peras cortadas em em 4 partes (retire o miolo)
- 2 colheres sopa de manteiga
- 1 colher sopa de azeite
- 1 colher sopa de mel
- sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:

- Em uma frigideira aqueça 1 colher sopa de manteiga e quando derreter junte o mel;
- Coloque as peras na frigideira e deixe em fogo médio/alto para que fiquem douradas. Assim que um dos lados dourar, vire e deixe o outro dourar também. Retire da frigideira e reserve;
- Em uma panela de pressão coloque 1 colher sopa de azeite e refogue a cebola até que fique transparente;
- Adicione o arroz e refogue por alguns minutos;
- Some o vinho branco e mexa até que evapore;
- Junte o caldo de legumes, a folha de louro e tampe a panela. Quando começar a pegar pressão, conte 3 minutos (esse tempo pode variar de acordo com cada panela, vá testando o tempo caso seja sua primeira vez nessa receita);
- Passado o tempo, desligue o fogo e retire a pressão com cuidado e abra a panela;
- Verifique o ponto do arroz, e caso seja necessário mais um tempinho, você pode adicionar um pouco de água quente e mexer até atingir o ponto desejado do arroz;
- Quando estiver do seu gosto, adicione o gorgonzola, o parmesão e misture bem. Prove o sal e corrija se necessário;
- Por último, com o fogo desligado, adicione mais uma colher sopa de manteiga e mexa bem para deixar o risoto cremoso;
- Sirva uma porção do risoto, algumas peras por cima e salpique pimenta moída na hora. Um fio de azeite ou nozes trituradas também caem muito bem.

Rendimento: serve até 3 pessoas
Tempo de preparo: 25 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Eu amo cozinhar para quem ama comer. Essa é uma das coisas que mais me deixa feliz na vida. E tenha certeza que você receberá muitos elogios por este risoto quando preparar para as pessoas que você ama!

Boa semana!
Beijos,
Fla.

sexta-feira, 7 de junho de 2019

Linguiça recheada

Quer uma opção de refeição deliciosa, barata e que vai agradar a família toda? Essa linguiça recheada, espalmada e assada com uma cobertura super temperada, é uma versão da receita que vi tem um tempo no instagram da Simone do @lookdofogao e ficou tão gostosa que já entrou pro caderninho! E olha só que receita esperta.

Tudo bem, eu sei que linguiça não é algo tão saudável, mas hoje em dia existem opções bem mais caseiras a venda por aí, e isso diminui um pouco nossa culpa, certo?


Ingredientes:

- 500g de linguiça toscana
- 1 tomate sem semente picado
- 1/2 cebola picada
- 1/4 xícara chá de pimentão picado
- 1 dente grande de alho picado
- 8 azeitonas picadas
- azeite, sal, pimenta e suco de limão a gosto
- 3 col sopa de cheiro verde picado

Preparo:

- Faça um corte superficial nas linguiças no sentido do comprimento (sem chegar até o final), e espalme, abrindo todos os gomos;
- Leve ao forno 180 a 200 graus por 20 minutos;
- Em uma tigela misture o tomate, a cebola, o alho, o pimentão, a azeitona, o cheiro-verde e tempere com suco de limão, azeite, sal e pimenta a gosto;
- Passado o tempo de forno, distribua essa mistura de tomate e cebola por cima das linguiças e volte ao forno por mais 20 minutos. Sirva em seguida.


Rendimento: serve até 3 pessoas
Tempo de preparo: 60 minutos

Grau de dificuldade: Moleza

Simples, rápido e mesmo quem me escreve falando que tem zero habilidade na cozinha, vai conseguir! Se quiser você pode substituir a linguiça toscana pela de frango. E você também pode adicionar muçarela ou outro queijo por cima que vai ficar maravilhoso também!


Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.