quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Bolo Toalha Felpuda

Sabe, antes de começar a minha reeducação alimentar eu prometi aos meus colegas aqui de trabalho trazer um bolo, até porque eu faço isso uma vez no mês.

Pois então, fiquei meio indecisa quanto a qual bolo eu iria fazer, quando me lembrei que um dia, lá no Papo de Comadres eu pedi alguma receita de bolo de coco. E não é que a xarope aqui acha que apagou o email? Mas, como eu não desisto fácil de uma ideia quando encasqueto com alguma coisa, lá fui eu atrás de uma receita de bolo de coco de novo.

E foi então, que me deparei com essa receita do bolo Toalha Felpuda do Rainhas do Lar, que foi enviada por uma moça chamada Débora.

A carinha do bolo já tava ótima, quando eu li aquele monte de comentários falando super bem da receita, pensei comigo que não poderia ter bolo melhor para eu fazer naquele momento. E óh, posso falar? Acertei em cheio, quer dizer, na verdade a Débora acertou em cheio com a receita dela, e este foi sem dúvida alguma, o melhor bolo que eu fiz nos últimos meses.

A receita claro, eu super indico, e como eu fiz exatamente seguindo tudo o que foi explicadinho pela Débora, eu deixo aqui o link para você clicar e conferir http://www.rainhasdolar.com/index.php?itemid=2134#c. Esse é o bolo perfeito para o dia que você quiser sair da dieta tá? Rs...rs...rs...

A única dica que deixo é que eu cortei os pedaços, embrulhei em alumínio e levei para gelar, o que deixou o bolo bem mais gostoso. E rende um super bolo viu gente. Então é bom pra fazer isso, levar ao trabalho, dividir com os irmãos e por aí vai.

Boa quinta pra todo mundo.
Beijão,
Fla.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Macarrão Calanhesa

Achou esquisito o nome da receita de hoje? Mas é que eu fiz uma mistura que deu tão certo que resolvi colocar no nome os dois principais ingredientes da receita: carne moída e calabresa, e daí surgiu o macarrão calanhesa ou bolobresa, uma mistura de bolonhesa com calabresa...hehehe.

Vamos combinar que as vezes a cabeça da gente não funciona direito não é mesmo? Eu por exemplo, cheguei em casa feita para fazer almôndegas que nem gosto muito, mas estava com vontade. Eis que a espertona aqui me esquece de descongelar a carne. E como eu não gosto de usar o descongelamento do microondas, ficamos ali, eu e aquela pedra de carne moída congelada sem saber o que fazer uma com a outra.

Acabei pensando num macarrão que em casa adoramos, mas para dar um up e como a carne não era muita, resolvi adicionar a calabresa e deu muito certo o resultado. Super fácil de fazer, quer ver só?!

Ingredientes:

- 500 gr. de macarrão de sua preferência (eu usei o parafuso tricolore)
- 1 caixa de molho de tomate
- 350 gr. de carne moída
- 1 gomo de linguiça calabresa em cubos
- 1 cebola picada
- 1 pitada de cominho em pó
- 2 tomates sem pele e sem semente picados
- 2 dentes de alho picados
- 1/2 xícara de água
- sal e pimenta a gosto
- queijo ralado para polvilhar

Preparo:

- Cozinhe o macarrão e reserve.
- Em uma panela frite a calabresa sem colocar óleo na panela. Deixe que fique bem corado.
- Adicione a carne moída e frite até que fique bem soltinha e cozida.
- Coloque a cebola e o alho para fritar.
- Junte o tomate, o molho de tomate, a água, o cominho, o sal e a pimenta a gosto.
- Deixe ferver em fogo baixo por uns 20 minutos, mexendo as vezes.
- Junte o macarrão ao molho, polvilhe queijo ralado e sirva.

Simples né? E dá um gostinho bem diferente a calabresa viu, vale a pena experimentar. Bom, esse prato rolou em casa semana passada, porque essa semana tá sendo light, bem light...rs.

Outras duas coisinhas: primeiro que meu livro da Unilever já chegou, recebi o da Maizena e amei. São 10 ou 12 receitas (não lembro ao certo) deliciosas. Vale super a pena, e eu já vou ligar pedindo o próximo claro. E se você não tá entendendo nada, é só clicar aqui e ver o outro post sobre o assunto.

Outra coisa, o livro da Abril sobre o Estado de São Paulo da coleção Cozinha Regional está ma-ra-vi-lho-so! Está difícil agora, porque até ontem meu predileto era o de Minas, mas acho que agora, sem querer puxar sardinha, ficou sendo o de São Paulo. Esse sem dúvida vale muito a pena.

É isso, excelente quarta pra todos nós.
Beijos,
Fla.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Wrap's de alface

Seguindo a linha: "Tchau gordura"...rs... semana passada, passeando pelos blogs da vida, vi uma receita no blog da Carina que achei mara: Rolinhos de Alface.

A idéia me agradou de cara, porque eu particularmente acho alface um troço tão sem gosto (e tem gente que ainda faz chá disso...argh!), e ela assim recheadinha só com coisas gostosas, tinha que dar certo e ficar ótima né não?

E não é que ficou mesmo? Fiz como acompanhamento para os bifes de contra-filé que o marido fez no grill e não precisou de mais nada. Como eu sou esperta, tratei de fazer uma boa quantidade, assim não correríamos o risco de comer um arroz ou algo assim.

A receita original eu peguei daqui. Mas vou colocar aqui porque eu, claro, fiz algumas alterações, inclusive no nome da receita...rs... que chamei de Wrap´s de alface.

Ingredientes Wrap:

- 8 folhas de alface crespa ou lisa
- 8 fatias de peito de peru
- 8 fatias finas de mussarela
- 2 col. sopa de requeijão
- repolho fatiado fininho
- cenoura ralada fininha

Ingredientes Molho:

- 2 col. sopa de maionese
- 1 col. sopa de ketchup
- 1 col. sopa de mostarda
- 1 col. chá de shoyo ou molho inglês
- 5 gotas de molho de pimenta

Preparo:

- Lave bem as folhas de alface e deixe escorrer.
- Em cada folha passe um pouquinho do requeijão, coloque a mussarela, o peito de peru, o repolho e a cenoura.
- Regue com um fio de azeite e sal a gosto.
- Enrole com cuidado e disponha em uma vasilha. Sirva com o molho que deve ser preparado misturando todos os ingredientes até que fique liso.

Fala sério, não é muito fácil? A Carina dá a idéia de um outro molhinho, mas eu acabei fazendo este. Mas como recheio você pode variar e fazer muitas combinações.

Outra coisa, eu acho que com a alface lisa deve ficar melhor para enrolar, como eu já tinha a alface crespa acabei por usar esta mesma.

Espero que tenham gostado da receitinha da Carina que mandou super bem, não é mesmo?!

Beijos e super terça feira.
Fla

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Macarrão da Vó Nena

Olá, tudo bem com vocês? Espero que sim.

Hoje o dia começou de forma super bacana. Comecei um programa de emagrecimento com o acompanhamento de nutricionista, endócrino e até psicólogo se for preciso. Recebi várias informações, algumas que eu já estou careca de saber e não faço por pura falta de vergonha na cara, outras super novas que eu faço questão de dividir com vocês (assunto para outro post).

A dieta em si irá começar quando o resultado dos exames sair, porque a nutricionista quer ver como anda o meu organismo. Mas de qualquer forma já vou começar a reduzir as quantidades e a seguir a reeducação alimentar. Porque a ideia é essa, aprender a comer e não fazer dieta.

Vocês irão acompanhando as novidades. E o melhor, vou poder continuar comendo o que como, só reduzindo quantidades.

Bom, essa massinha apareceu em casa num daqueles momentos: "Meu Deus, o armário está vazio". A base do molho é uma receita da minha vó Nena e só ela já fica divina, além de ser ridícula de fazer. Mas eu resolvi incrementar um pouco mais a receita. Vamos lá conhecê-la?

Ingredientes:

- 1/2 pacote de macarrão de sua preferência
- 1 caldo de carne
- 1/2 xícara de bacon picadinho
- 2 col. sopa de orégano
- 1/2 cebola em cubos
- 1 col. chá de margarina
- 1 xícara chá de ervilhas frescas

Preparo:

- Cozinhe o macarrão em água e sal. Reserve.
- Cozinhe as ervilhas frescas com um pouco de água. Reserve as ervilhas e 1 xícara da água do cozimento.
- Em uma panela frite o bacon bem fritinho, retire da panela e reserve. Escorra toda a gordura do bacon.
- Coloque a margarina, frite a cebola até ficar transparente. Adicione a água reservada, o caldo de carne, o orégano, e deixe ferver bem até que o caldo de carne fique bem dissolvido.
- Junte o bacon e as ervilhas, mexa bem.
- Agregue o molho a massa e sirva em seguida polvilhado com queijo parmesão ralado.

Fácil né? Olha, a base deste molho é só o caldo de carne, 1 xícara de água, a manrgarina e o óregano, e podem acreditar, só assim já fica muito bom. Mas você pode fazer variações: com alho poró, com cenoura ralada, com abobrinha ralada... use a imaginação.

Não era batuta essa minha vó? :)

Beijos e até amanhã.
Fla.

Ah sim, uma observação. Já estou com o terceiro livro daquela coleção da Abril, é o do Rio Grande do Sul, e ao contrário do da Bahia que eu não achei muito bacana apesar de ser lindo de viver (porque são coisas que eu particularmente não como), este do RS é tuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom! Super indico!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Gelatina Mosaico ou Gelatina Colorida

Desde que me entendo por gente minha mãe faz esse doce para nós. Para mim não há nenhum outro doce que lembre tanto minha infância quanto este de gelatina colorida. Fora que vamos combinar, que este é o doce mais "anos 80" que existe não é não? Rs...

Uma receita que mistura cores e sabores e que a criançada (e adultos também) fica doida ao provar, porque fala a verdade, um doce que é feito com gelatina e leite condensado tem como ficar ruim? Não né?!

Apesar de eu desconfiar que a maioria das pessoas conhece a receita eu vou colocar mesmo assim, e ainda vou colocar a dica que minha mãe aprendeu e que faz diferença.

Ingredientes:

- 1 caixa de gelatina qualquer sabor, cor: amarela
- 1 caixa de gelatina qualquer sabor, cor: vermelha
- 1 caixa de gelatina qualquer sabor, cor: roxa
- 1 caixa de gelatina qualquer sabor, cor: laranja
- 1 caixas de gelatina qualquer sabor, cor: verde
- 2 envelopes de gelatina incolor
- 1 lata de creme de leite sem soro
- 1 lata de leite condensado

Preparo:

- Faça cada receita de gelatina conforme as instruções da embalagem, porém, para cada pacote adicione também meio pacote da gelatina incolor já hidratada. (esse é o truque da minha mãe para que ela fique bem firme)

- Coloque em assadeiras ou marinex e deixe gelar por 6 horas ou até que fique dura.

- Quando estiver durinha, corte ainda na forma em cubos de mesmo tamanho se possível.

- Tente retirar a gelatina chacoalhando um pouco a forma e se tiver dificuldade para sair, coloque a mesma sobre uma outra forma maior com um pouco de água morna, assim ele irá amolecer levemente o fundo e soltar a gelatina com facilidade.

- Faça este processo com todas, menos com a de limão. Despeje todas as gelatinas em um recipiente maior que caiba além delas em cubo o creme a seguir.

- Para o creme bata a gelatina de limão, o creme de leite e o leite condensado. Deixe bater até misturar tudo e misture com as gelatinas cortadas.

- Deixe gelar por mais 6 horas e sirva.

Ai é muito bom. Sem dúvida é uma sobremesa para o verão, mas eu faço em qualquer estação do ano...rs. O rendimento é grande, então se quiser, faça com apenas 2 cores mais a de limão, e diminua a quantidade do creme.

Simples e gostoso, é assim que a gente gosta não é não?

Beijos a todos,
Fla.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Época de frutas e legumes

Gente, há um tempinho atrás fiz este post para o blog do Papo de Comadres, e resolvi compartilar aqui com vocês também e eu espero que vocês gostem.

Vocês sabem que economizar em casa é a melhor opção sempre não é mesmo? E vamos combinar que os preços nos supermercados e feiras estão pela hora da morte certo? Então, a pergunta da dona de casa que nunca quer calar é: como economizar na hora de comprar frutas e legumes?

O ideal colega, é sempre estar atento ao que está na época de colheita, porque assim, você irá conseguir produtos de excelente qualidade e com preços bem acessíveis. Porque vamos combinar né, se você quiser comprar jabuticaba em março, com certeza irá pagar muito mais caro, uma vez que a época desta fruta é setembro e outubro. Frutas fora da estação sempre tem seu custo elevado.

Ah tá bom, mas você não sabe muito bem em que época dá o que?

Beleza, eu também não tinha idéia, mas aqui embaixo você irá encontrar uma listagem que o pessoal do Ceasa de Campinas, preparou com vários legumes e frutas e aí sim dá para se ter uma ideia do que você conseguirá comprar e economizar.

Quem sabe munida desta lista você antes de ir ao super ou à feira, já pensa no cardápio da semana não é mesmo? Porque vamos combinar que desperdício também é coisa de gente feia! Ai ai ai...rs.

E para saber mais, acesse o site do Ceasa da sua cidade ou estado, com certeza lá você irá encontrar mais informações e dicas utéis.

JANEIRO

abacate, banana, coco verde, goiaba, limão taiti, mamão, manga, maracujá, pêra d'água, uva niágara, abobrinha, berinjela, jiló, milho, pepino, pimentão, quiabo, tomate, vagem, batata inglesa, cenoura.

FEVEREIRO

abacate, banana, caqui, carambola, goiaba, limão taiti, maçã gala, mamão, maracujá, pinha, pêra willians, abobrinha, berinjela, milho-verde, pepino, pimentão, quiabo, tomate, vagem, batata inglesa, mandioca.

MARÇO

abacate, banana, caqui, carambola, goiaba, limão taiti, maçãs gala e fuji, maracujá, pinha, tangerinas cravo e ponkan, pêra willians, abobrinha, berinjela, milho-verde, pepino, pimentão, quiabo, tomate, vagem, batata inglesa, cará, mandioca, mandioquinha.

ABRIL

abacate, caqui, limão taiti, maçãs gala e fuji, pinha, tangerinas cravo e ponkan, pêra willians, chuchu, milho-verde, pepino, quiabo, vagem, batata inglesa, cará, cebola, mandioca, mandioquinha, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.

MAIO

abacate, limão taiti, maçãs fuji e red, melão, morango, tangerinas cravo e ponkan, pera willians, chuchu, batata doce, cará, cebola, gengibre, mandioca, mandioquinha, rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.

JUNHO

laranja pêra, melão, morango, tangerinas cravo e ponkan, maçã red, pêra willians, chuchu, ervilha, batata doce, cará, cebola, gengibre, mandioca, mandioquinha, rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.

JULHO

laranja pêra, melão,morango, tangerina murcot, ervilha, batata doce, gengibre, mandioca, mandioquinha, rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.

AGOSTO

abacaxi, caju, laranja pêra, melão, melancia, morango, nêspera, tangerina murcot, ervilha, beterraba, mandioca, mandioquinha, rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.

SETEMBRO

abacaxi, caju, coco verde, jabuticaba, laranja pêra, melão, melancia, nêspera, ervilha, beterraba. Rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa , salsão.

OUTUBRO

abacaxi, banana, coco verde, goiaba, jabuticaba, mamão, melancia, nêspera, pêssego, abobrinha, berinjela, jiló, pimenta, beterraba, cenoura.

NOVEMBRO

abacaxi, ameixa, banana, coco verde, goiaba, mamão, melancia, nectarina, pêssego, abóbora, berinjela, jiló, pimentão, beterraba, cenoura.

DEZEMBRO

ameixa, banana, coco verde, goiaba, mamão, maracujá, manga, nectarina, pêra d'água, pêssego, uva niágara, abóbora, berinjela, jiló, pimentão, tomate, vagem, cenoura.

Para saber mais acesse o site do Ceasa de Campinas http://www.ceasacampinas.com.br/.

Gente, estarei fora de quinta até domingo. Uns dias de descanso porque afinal sou filha de Deus e eu mereço...rs. Com certeza vou tirar foto de tudo o que eu comer por aí.

Até o retorno.
Beijos,
Fla

Fonte imagem: caideboca.wordpress.com/2007/11/

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Bolo de fubá cremoso


Olá, tudo bem com vocês?

Passaram bem o dia dos pais? O meu foi super legal. Estivemos, eu e o marido, em São Paulo na casa do meu sogro e foi uma farra. Demos muita risada, visitamos meu sogro e os irmão dele, matamos a saudade da nossa sobrinha Guigui e foi só divertimento.

Claro que eu estou só o pó, cansada pra chuchu, mas foi muito bom. Agora é recuperar as energias porque na quinta feira eu viajo de novo, mas desta vez vou curtir uma praia bem rapidinho. Aproveitar que ganhamos a viagem e que o chefe me liberou esses dias para descansar.

Bom mas vamos falar da receitinha de hoje. Infelizmente eu esqueci de tirar a foto do bolo no pratinho, bem bonitinho, mas tudo bem, o que vale é que a receita é tudo de bom. O bolo fica super cremoso, e fica bem dividido, com o creme em cima e o bolo embaixo. E este foi feito pelo marido, numa segunda-feira em que ele estava em casa e eu mandei uma mensagem pelo celular dizendo que eu estava com vontade de comer um bolo. Bom né? Cheguei em casa e já estava prontinho.

A receita é super simples e dá certo sempre.

Ingredientes:

- 2 col. sopa de margarina
- 3 xícaras de açúcar
- 3 ovos inteiros
- 1 e 1/2 xícara de fubá
- 2 col. sopa de farinha de trigo
- 4 xícaras de leite
- 1 pires de queijo ralado
- 1 col. sopa de fermento em pó

Preparo:

- Na batedeira bata o açúcar com a margarina até que fique um creme claro.
- Coloque os ovos, o fubá, a farinha e por último o leite. Bata até virar um mingau.
- Por último misture levemente o fermento e o queijo ralado.
- Coloque em uma forma untada e enfarinhada em forno baixo até que fique corado.

Aqui vale aquele teste de dar uma balançadinha do forno, porque o bolo não pode ficar muito molenga, e não adianta o teste do palito porque como ele é cremoso vai ficar parecendo que está cru quando não está.

O sabor é delicioso e com um café fresquinho não tem nada melhor.

Meu Deus, essa semana que tenho que ir fazer compra. A despensa tá vazia, vazia, vazia. Já comecei a lista, mas não sei porque esse mês tá faltando coragem...rs. Com vocês é assim também?

Bom, é isso.
Espero que tenham gostado da receita.
Boa semana para todos!

Beijos,
Fla

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Xi, falhou!



Chego em casa.

Vontade de comer um doce desesperadamente.

Penso eu: "Vou fazer um bolo".

Procuro uma receita.

Aquela de chocolate da amiga da minha mãe parece perfeita.

Ai saco, tem que usar batedeira.

Tudo bem, subo na cadeira e pego a mesma.

Bato o bolo.

Massa linda, fofinha, brilhante.

Coloco no forno e vou tomar um banho.

Quando vejo que lindo que ele está, corro pegar a máquina para bater uma foto.

Penso comigo: "Ah, minhas amigas do blog ficarão orgulhosas de mim."

Depois de 1 hora, o teste do palito. Lindo, penso eu. Está assado.

Tiro do forno, coloco em cima da mesa e vou atender o telefone.

Aviso meu marido: "Fá, fiz um bolo".

Volto para a sala e...


...CADÊ O BOLO QUE ESTAVA ALI?


Pois é minha amiga. O bolo sumiu...escafedeu...desapareceu.

Virou um buraco, uma coisa oca, com um gosto bem duvidoso.

Se eu testei o fermento? Sim.

Se a farinha tava na validade? Estava.

Simplesmente não sei o que aconteceu.

Com esta receitinha eu inauguro o tópico: "Xi...falhou"... porque existem receitas que nem com reza braba...hehehehe.

Bom gente, este fds estarei off. Portanto só voltarei as atividades normais na segunda-feira.
Bom final de semana a todos.

Beijos,
Fla.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Antepasto de Beringela da Faby

Sabe aquela receita coringa para receber os amigos em casa, ou então para servir a família num dia de visita, ou até mesmo para beliscar com o maridão antes de um bom filme? Pois então, a receita é esta: antepasto de beringela da Faby.

Sim, a receita eu retirei aqui do Rainhas do Lar, e não alterei em absolutamente nada a não ser pelas alcaparras que eu deixei de fora porque o marido não é lá muito chegado. E eu já fiz umas 4 vezes em casa. No Ano Novo inclusive dei um pote para minha irmã e outro para minha mãe, elas também adoraram.

O rendimento é pequeno e você vai ver que irá evaporar da sua geladeira porque é realmente delicioso. Dá trabalho? Dá, mas vale muito a pena.

A receita original está aqui, é só clicar.

Um post curtinho hoje, porque o dia tá corrido que só Nossa Senhora dos Progradores e Analistas de Sistema para ajudar.

Beijão a todos,
Fla.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Enformado de batata e queijo


Bom dia gente, tudo bem?

Tempos atrás eu conheci o blog Amehlia Digital e adorei. A dona dele é uma mineira que vive por aqui, pelas bandas de São Paulo, e com seu jeitinho todo "mineirin" tem nos mostrado receitas deliciosas.

E foi por lá que esses dias me deparei com a receita do "Potinho de Batata e Queijo". Eu que adoro uma torta ou qualquer coisa semelhante, achei tão fácil e com ingredientes tão convidativos que tinha certeza que o resultado não poderia ser outro.

Só errei numa coisa. Eu fui tentar fazer para desenformar, como a consistência não é de uma torta e sim mais mole, como um suflêzão, eu deveria ter colocado ou em ramequins como ela mesmo diz no blog, ou então em um marinex e retirar de colher. Em todo caso o sabor não se alterou em nada e obviamente mandamos ver. O link original é este. Mas vou colocar aqui porque mudei alguns ingredientes.

Vamos a receita então?

Ingredientes:

- 4 batatas grandes cortadas em cubos
- 2 xícaras chá de água
- 1 tablete de caldo de legumes
- 1/2 xícara chá de leite
- 1/2 copo de requeijão cremoso
- 2 col. sopa de farinha de trigo
- 2 gemas
- 1 tomate picado
- 100 gr. de mussarela em cubos
- 2 tomates picados sem semente
- 1/2 lata de milho verde
- 2 fatias de pão de forma esmigalhados
- 1 col. café de curry
- 1 col. chá de orégano
- 1 col. chá de manjericão fresco
- sal a gosto
- uma pitada de pimenta calabresa
- queijo parmesão ralado para polvilhar

Preparo:

- Em uma panela coloque a água e o caldo de carne. Quando ele estiver dissolvido coloque as batatas para cozinhar rapidamente até que fiquem macias.
- Dissolva a farinha de trigo no leite e despeje na panela, mexendo sempre até ferver em fogo baixo.
- Coloque o curry, o orégano, o manjericão, a pimenta e o sal a gosto.
- Desligue o fogo e coloque as gemas e o requeijão.
- Coloque o tomate, o queijo, o milho e o pão. Misture bem.
- Unte um marinex ou ramequins com um pouco de azeite e despeje a mistura.
- Polvilhe queijo ralado e leve ao forno até corar.

Óh, pena que a foto não ficou legal. Mas o resultado é show! Algo bem leve para se comer a noite ou no lanche da tarde. Vou experimentar fazer de novo e colocar nos meus ramequins lindinhos.

******************************

Bom, vou mudar um pouco de assunto. Hoje, dando uma olhada no site da Beta, vi um link que ela mesma postou de um blog de amiga dela, a Gisela que assim como a Beta também é fotográfa.

O que acontece é que a Gisela foi lesada por um site, onde ela fez um compra num valor bem alto e não recebeu nem o produto e agora não está conseguindo receber o dinheiro de volta. Então, para que você que passa por este blog fique alerta, deixo aqui o link do blog da Gisela com o relato dela.

E olha, isso é muito comum aqui no Brasil, por isso gente, há que se tomar muito cuidado ao fazer compras pela internet. Dê preferência aos grandes magazines (Americanas, Shoptime, Submarino) e também a empresas que tem loja fisíca, porque nos casos de reclamação você conseguirá ir até o local. Mas claro que há primeiro que se comprovar que o endereço realmente existe. Fiquem sempre atentos.

E se tiver alguma dúvida, vá até o site Reclame Aqui e busque informações sobre as lojas que você deseja efetuar a compra.

Beijos,
Fla

sábado, 1 de agosto de 2009

Creme de cenoura e mandioquinha


O frio voltou a reinar aqui pelas bandas do Estado de São Paulo, e a minha Sorocaba andou mais fria do que nunca. Fora que os 8 dias de chuva seguidos nos mataram. Tenho tanta coisa para limpar, arrumar e roupas para lavar que nem sei por onde vou começar.

Em noites frias não tem nada mais gostoso do que uma sopa para aquecer não é mesmo? Já postei várias receitinhas diferentes e esta aqui inventei porque eu tinha somente estes ingredientes na geladeira.

E olha deu super certo. Ficou um creme tão suave e uma consistência tão leve que com certeza esta sopa entrou para o TOP FIVE das minhas sopas prediletas.

Quer aprender? Então vamos lá.

Ingredientes:

- 2 cenouras grandes cortadas em rodelas grossas
- cerca de duas xícaras de mandioquinha cortadas da mesma forma
- 1 batata grande cortadas em cubos grandes
- 1 cebola grande cortada em cubos
- 1 litro de água
- 1 caldo de legumes
- 1/2 xícara de creme de leite de caixinha
- sal e pimenta a gosto

Preparo:

- Leve a panela de pressão a cebola, as cenouras, a mandioquinha, a batata, o caldo de carne e a água. Tampe e deixe na pressão até que fiquem quase desmanchando.
- Bata tudo com a ajuda de um mixer ou liquidificador (para este, verifique se o mesmo pode ser usado com líquidos quentes, senão espere a sopa esfriar).
- Volte a sopa para a panela, ajuste o sal, coloque a pimenta se gostar, deixer ferver alguns minutos e se achar necessário colocar mais água acrescente um pouco de água quente até encontrar a consistência que deseja.
- Adicione o creme de leite, espere uns minutinhos e sirva bem quente.

Aqui eu acompanhei com torradas de pão de forma cobertas com mussarela, orégano e azeite.

Óh, tudibão!

******************************

Bom, mas hoje eu tô que tô me achando num grauuuuu, mas num grauuuuu, afinal as fofas da Aline e da Denise, que montaram este blog super legal chamado Hoje assim...amanhã talvez, me convidaram para ser a primeira entrevistada do blog! Fiquei super feliz com o convite e é claro que o assunto não poderia ser outro: culinária. Contei até uma coisa obscura do meu passado...hahaha. Óh, vou só dar uma dica: eu já apareci num famoso programa de culinária da TV. Quer descobrir qual é? Passa lá.

E para conferir é só clicar aqui e ver o nosso "Bate Prato" como elas chamaram esta conversa.

Meninas, super obrigada viu. Estou com meu coração explodindo de alegria.

Beijos e super final de semana.
Fla