terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Capeletti ao molho de vinho - Daniella Cravo e Canela

Essa receita é pra lá de especial e fica de verdade muito boa, e claro que a receita vindo da querida Daniella, do blog Daniella Cravo e Canela, eu não teria nem porque duvidar, afinal a menina é expert na cozinha e faz pratos deliciosos.

Quando num domingo eu estava procurando o que fazer para o almoço e vi que tinha calabresa no freezer, não pensei duas vezes, logo fui lá buscar a receitinha que já estava guardada para testar.

Se quiser ver o link da receita original e ainda de quebra conhecer as outras delícia do blog da Danniela, clique aqui. Mas eu vou deixar a receita abaixo também, a única diferença foi o tipo de massa utilizado.

Ingredientes:

- 250 g. de capeletti de carne (ela utilizou o farfalle)
- 1 cebola média picadinha
- 3 dentes de alho picadinhos
- 1 xícara de vinho tinto seco
- 1 tablete de caldo de carne (ela utilizou o caldo de bacon)
- 1 folha de louro
- 300 gr. de molho de tomate
- azeite, sal e pimenta calabresa à gosto

Preparo:

- Enquanto a massa cozinha prepare o molho da seguinte forma.
- Em uma panela doure a cebola no azeite.
- Junte o alho, o louro e a calabresa. Mexa até que a calabresa fique bem dourada.
- Acrescente o vinho e deixe cozinhar.
- Quando tiver reduzido pela metade, junte o molho de tomate e o caldo de carne.
- Deixe o molho encorpar em fogo baixo.
- Sirva o molho quente sobre o capeletti.

Rendimento: 2 porções generosas
Tempo de preparo: 25 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Molezinha né? E super gostoso, o sabor do vinho fica suave e faz uma super diferença. Valeu Danniela por compartilhar essa receita gostosa conosco!

Beijos,
Fla.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Torta de maçã - Rainhas do lar


Essa torta tem história. Da primeira vez que fui tentar fazer, coloquei manteiga demais na massa, quando levei ao forno a massa derreteu literalmente e virou uma nhaca! No desespero de não ter mais bolacha de maisena para preparar outra torta e com o recheio metade pronto, tive que improvisar e fiz um pavê de maçã, a coisa mais sem gosto que já comi na vida...risos.

Depois de um tempo, insisti em tentar fazer a massa novamente e dessa vez acertei em cheio preparando a torta de limão e chocolate, receita também do Rainhas do lar.

Mas como eu sou brasileira e não desisti nunca, lá fui eu tentar fazer a tal da torta de maçã que eu morria de vontade de provar. Só que dessa vez eu não poderia errar, afinal esta seria uma das sobremesas da nossa festa de pré-natal na casa dos amigos e eu não podia fazer feito. Por sorte não fiz, recebi muitos elogios e posso garantir, essa torta é um sucesso!

A receita original você encontra aqui. Abaixo a receita com minhas modificações.

Ingredientes:

Massa:

- 1 pacote de biscoito de maisena
- 200 gr. de manteiga s/ sal

Recheio:

- 3 maçãs descascadas e picadas em cubos (eu utilizei 5 maçãs)
- 5 col. sopa de açúcar (3 de mascavo + 2 de açúcar refinado)
- canela em pó (1 col. café)
- 1 lata de leite condensando MOCOCA
- 1 lata de creme de leite sem soro (3 caixinhas de creme de leite MOCOCA)
- 3 gemas
- 1 fava de baunilha (coloquei 1 col. café de essência)
- 1 envelope de gelatina incolor sem sabor

Preparo:

Massa:

- Triture os biscoitos no liquidificador.
- Derreta a manteiga e misture aos biscoitos triturados até formar uma farofa.
- Forre uma forma de fundo removível com a farofa fazendo ela aderir no fundo e nas laterais da forma.
- Leve ao forno pré-aquecido por uns 10 minutos, apenas para dar uma dourada na massa.
- Retire do forno e reserve.

Recheio:

- Leve a maçã com o açúcar ao fogo.
- Cozinhe até que a maçã fique macia.
- Retire da panela e separe 2/3 (reserve o restante), da maçã cozida e leve ao liquidificador com a canela em pó.
- Junte a maçã batida ao restante da panela, adicione 1 caixinha de creme de leite e misture bem.
- Com essa mistura de maçãs cubra a massa da torta já assada e reserve.
- Numa panela coloque o leite condensado, as gemas e a baunilha. Cozinhe mexendo sempre até ficar bem homogêneo.
- Coloque 2 caixinhas de creme de leite ou a lata de creme de leite sem soro e adicione a gelatina hidratada conforme instruções da embalagem.
- Despeje o creme por cima do creme de maçãs e leve à geladeira por 2 horas ou até servir.
- Para decorar eu utilizei mais 2 maçãs fatiadas que aferventei por 3 minutos com 1/2 xícara de mel, 1/4 de água e suco de 1/2 limão. Depois de organizar as fatias ao redor da torta, polvilhei no centro açúcar e canela misturado.

Rendimento:
12 fatias
Tempo de preparo: 1 hora + tempo de espera para gelar
Grau de dificuldade: Médio

Não tenho dúvidas de que esta pode ser uma super sugestão para seu Natal! Aproveite! E se você quer mais dicas para sua ceia veja estas opções:

Lombo Natalino
Carne assada com manteiga
Rosbife ao molho pesto brasileiro
Costelinha com lemmon & pepper
Filé mignon ao molho de chimi-churri
Tender agridoce
Lombo delícia
Medalhão ao molho madeira

Farofa de abacaxi
Farofa de ovos e cebola
Farofa fria
Virado de ervilha

Mousse de limão siciliano
Torta gelada de abacaxi, doce de leite e coco
Bolo de damasco, maçã e nozes
Torta de frutas
Torta de limão e chocolate
Torta de doce de leite
Pudim de capuccino

Salada morna de beinjela ao balsâmico
Salada colorida de brocólis
Salada de mini macarrão
Caponata de beinjela e abobrinha

E se quiser mais opções se joga na busca aqui do blog que você irá encontrar coisas bem bacanas!

Até mais!
Beijos,
Fla.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Grani Amici - Produtos sem glúten

Há tempos atrás escrevi aqui no blog um post para falar de um problema que hoje em dia atinge milhares de pessoas: a intolerância ao glúten. Contei também com a ajuda de queridas amigas blogueiras que gentilmente fizeram receitas próprias para o consumo dos celíacos e me enviaram para que eu pudesse publicar. Graças a isto, recebi emails de todo o Brasil, e até do mundo, me agradecendo pela atitude que tive e fiquei lisonjeada com este carinho.

Dias atrás, fiquei surpresa com o contato da Graziela, proprietária de uma empresa de produtos sem glúten, que encontrou na internet meu post e se interessou em me mostrar um pouco daquilo que hoje a empresa dela oferece no mercado.

Gentilmente ela e seu marido, enviaram alguns produtos que pude provar e comprovar que realmente a Grani Amici não desenvolve produtos apenas para as pessoas intolerantes ao glúten, mas sim para todos aqueles que estão em busca de uma opção mais saudável para se alimentar.
Segundo a Graziela, a Grani Amici surgiu quando ela, por indicação de uma nutricionista começou a fazer uma dieta sem glúten e então se deparou com o mesmo problema que muitos dos nossos amigos celíacos, como ela mesma disse em conversa comigo “...quando fui procurar produtos, vi que havia uma falta enorme no mercado e os produtos existentes deixavam a desejar em sabor, textura e apresentação”. Foi então que surgiu a idéia de se dedicar a fabricação destes produtos, e depois de muita pesquisa, nasceu a Grani Amici.

“Fornecer soluções inovadoras que contribuam para melhorar a qualidade de vida dos portadores de intolerância ao glúten é a estratégia da Grani Amici, empresa desenvolvida e implementada por Engenheiros de Alimentos, com o apoio de Nutricionistas”, este é o principal objetivo desta empresa que passou anos pesquisando sobre o mercado, a demanda e o desenvolvimento destes produtos.

Com a seriedade com que deve ser levado este assunto, devido principalmente aos riscos de contaminação cruzada, os produtos da Grani Amici são produzidos em fábrica exclusivamente sem glúten. São embalados em atmosfera modificada que proporciona produtos frescos, armazenados em temperatura ambiente (enquanto fechados), sem adição de conservantes artificiais e nem tampouco necessidade de congelamento.

Pude comprovar o quanto a empresa é séria e principalmente o quanto está preocupada com o sabor. Tudo que provamos em casa, nós adoramos e tenho certeza que você também irá gostar!

Para conhecer mais sobre a empresa acesse
graniamici.com.br e lá você também encontrará todos os produtos disponíveis e também os locais de venda. E caso queira comprar pela internet, no site foodsonline.com.br os produtos também estão disponíveis.

Eu assino embaixo e indico o Grani Amici, mais este parceiro de sucesso do Arte na Cozinha!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Arroz de champagne

Oi gente, tudo bem com vocês? E aí, todos prontos para o Natal? Bom, tem gente que não comemora o Natal e tal, eu respeito, acho que "cadum cadum", eu mesma já fui mais entusiasmada, mas o melhor de tudo é poder reunir a família, rezar em volta da mesa e sentir boas viabrações, nunca se esquecendo claro do verdadeiro significado da data.

Lembro bem que quando criança o Natal era uma festança só. Avós, primos, tios, pais, todos em volta da Mesa, ou comendo na sala, sentados no chão em volta da mesinha de centro da casa da minha avó, muitas risadas, brincadeiras, troca de presentes... sinto muita saudade daquele tempo, principalmente das pessoas que hoje não estão mais aqui conosco.

Massss, vamos então falar de receita porque se me deixar eu fico aqui tagarelando...rs. A receitinha desse arroz é super fácil e fica bem gostosa, até mesmo para variar o arroz branquinho de todo dia, não precisa deixar pra fazer só no Natal não.

Ingredientes:

- 1 xícara de arroz
- 1 xícara de champagne
- 1 xícara de água quente
- 1 cebola pequena picada
- 1/2 xícara de presunto cozido picado em cubos
- 1/2 xícara de queijo muçarela picado em cubos
- 1/2 xícara chá de castanha de cajú triturada
- sal ou tempero pronto à gosto
- 1 col. chá de azeite

Preparo:

- Em uma panela aqueça o azeite e frite a cebola até murchar.
- Refogue o tempero pronto ou coloque sal a gosto e junte o arroz para fritar alguns minutos.
- Adicione o champagne e a água e deixa em fogo baixo, até que o arroz esteja cozido.
- Depois de pronto, tampe a panela e deixe descansar por uns 10 minutos.
- Solte o arroz com a ajuda de um garfo e coloque em um bowl maior, junte então o presunto e a muçarela e misture bem.
- Por último coloque a castanha de cajú.
- Coloque em uma travessa e sirva quentinho.

Rendimento: 4 porções (para fazer mais porções dobre a quantidade dos ingredientes)
Tempo de preparo: 25 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Fácil né? Minha mãe faz outra receita parecida que fica deliciosa também. Esta aqui eu retirei de uma revistinha Malú. Olha só o pratinho pronto como ficou: lombo natalino, arroz de champagne, farofa de abacaxi e saladinha de cenoura (cenoura ralada, azeite, sal, maionese e creme de leite).


Essa semana ainda teremos uma ótima opção de sobremesa para sua ceia, não percam!

E viu, você já está participando da promoção para ganhar 1 kit de revistas da MOCOCA? Não? Então clique aqui e participe!

Beijos,
Fla.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Lombo Natalino com farofa de abacaxi


Mais uma ótima opção para a sua ceia de Natal, e que foi retirada do calendário Nestlé de 2010 e é a receita do mês de outubro. Aliás eu adoro estes calendários da Nestlé, todo ano eles enfeitam minha cozinha, e ainda por cima sempre trazem receitas deliciosas.

Quer fazer bonito e encantar seus convidados nesta noite mágica? Então se joga na receitinha que fiz apenas com algumas modificações que você certamente irá ganhar muitos elogios.

Lombo Natalino

Ingredientes:

- 1 lombo de porco de aproximadamente 1,5 Kg (o meu tava bem gordinho, se você quiser escolha um lombo mais enxuto caloricamente falando)
- 3 tabletes de caldo maggi sabor costelinha de porco (usei apenas 2)
- 1 dente de alho amassado
- 2 col. sopa de suco de limão
- 1 folha de louro
- 1/2 xícara chá de mel
- 1 col. sopa de shoyo (coloquei 3 col. sopa, pq diminuí o caldo de carne)
- 1 col. sopa de farinha de trigo

Preparo:

- Tempere o lombo com o caldo dissolvido em 1 xícara chá de água quente, o alho, o suco de limão e a folha de louro.
- Leve à geladeira por 2 horas (eu deixei por mais tempo).
- Retire o lombo do tempero e coloque em uma assadeira.
- Misture ao caldo do tempero o mel e o shoyo.
- Espalhe sobre o lombo e cubra com papel alumínio e asse em forno médio-alto (200º C), pré-aquecido, por cerca de 1 hora. (Eu deixei 1 hora e meia)
- De vez em quando, regue com o próprio caldo.
- Remova o papel e doure por cerca de mais 30 minutos.
- Retire a carne da assadeirae leve ao fogo médio.
- Dissolva a farinha em uma xícara de água e coloque na assadeira.
- Raspe o fundo delicadamente e mexa até obter um molho espesso.
- Retire do fogo, passe por uma peneira e sirva sobre a carne.

Rendimento: 12 porções
Tempo de preparo: 4 horas (levando em conta o tempo da marinada)
Grau de dificuldade: Médio

Farofa de abacaxi (a receita original é feita com maçã)

Ingredientes:

- 4 col. sopa de manteiga
- 1 cebola médica picada
- 1 tablete de caldo de costelinha (troquei por 1 col. chá de sal)
- 2 xícaras chá de abacaxi em cubos (na original leva 2 maçãs picadas s/ casca)
- 2 1/2 xícara chá de farinha de milho
- 1/2 xícara chá de castanha de caju triturada (na original leva castanha do pará)
- 2 col. sopa de salsa

Preparo:

- Em uma panela aqueça a manteiga e doure a cebola.
- Junte o sal, o abacaxi e refogue.
- Acrescente a farinha aos poucos mexendo sempre.
- Junte a castanha de cajú e salsa e sirva com o lombo.

Rendimento: 12 porções pequenas
Tempo de preparo: 15 minutos
Grau de dificuldade: Fácil


E essa semana para completar este prato gostoso vou ensinar a fazer este arroz que é super fácil e hiper saboroso!

Ho, Ho, Ho! Espero que tenham gostado das receitinhas de hoje.

Ótima semana!
Beijos,
Fla.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Mousse de limão siciliano


Meu super kit da Mococa chegou em ótima hora. Na festa de final de ano que fazemos todos os anos com uma turma de amigos, ficou a meu cargo preparar as sobremesas e a salada. E quando o kit chegou com aquelas delícias todas eu tive a certeza de que muita coisa boa iria render.

Essa sobremesa é ultra simples, não tem erro mesmo! Mas a diferença do sabor está no limão siciliano, que deixa essa mousse (vou chamar de mousse mesmo não utilizando clara em neve, que eu já disse aqui no blog que não como) com um sabor leve e super suave.

E claro, colocar nestes copinhos enfeitados ainda deu um charme a mais e posso garantir que se você escolher esta receita vai fazer bonito!

Ingredientes:

- 1 lata de leite condensado MOCOCA
- 2 caixinha de creme de leite MOCOCA
- 1/2 lata de suco de limão siciliano coado
- raspas de metade de 1 limão siciliano
- gotinhas de chocolate para enfeitar
- confeitos coloridos para enfeitar

Preparo:

- Bata em um liquidificador o creme de leite com metade do leite condensado.

- Misture a outra parte do leite condensado com o suco de limão e bata com a ajuda de um garfo.

- Coloque essa mistura encordapada do leite condensado com o limão no copo do liquidificador junto com o que já foi batido, e aperte a tecla "pulse" apenas para misturar.

- Não bata demais senão ele fica muito líquido. Junte as raspinhas de limão e misture com uma colher.

- Coloque a mousse nos copinhos e leve para gelar.

- Enfeite com as gotas de chocolate e com os confeitos como desejar e sirva bem gelado.

Rendimento: 18 copinhos
Tempo de preparo: 15 minutos
Grau de dificuldade: Moleza

Agora com esse calorão que está fazendo não há nada mais gostoso. E claro, que para enfeitar as colherinhas utilizei fitinhas nas cores do Natal e os confeitos de estrelinha também. Ficou super bonitinho.

Como eu tive que transportar da minha casa até a casa da minha amiga, chegando lá corri colocar na geladeira e o chocolate acabou transpirando um pouco, mas nada que atrapalhasse.

A MOCOCA ajudou muito na minha primeira festa de Natal e ainda fez a felicidade de 6 pessoas que se deliciaram com esta e com outra sobremesa que vou ensinar aqui pra vocês!

Um ótimo final de semana!
Beijos,
Fla.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Carne assada com manteiga - Figos e Funghis

A idéia das postagens a partir de hoje é trazer algumas opções para a sua ceia de Natal e esta receita que tirei do delicioso Figos & Funghis da Fabi, pode ser uma ótima pedida, porque variar um pouco o menu do Natal pode ser bem legal, não acha?

Quando vi essa receita fiquei doida para fazer e logo salvei o link na minha pastinha "receitas a testar", primeiro porque eu acho a maminha um corte de carne delicioso, segundo que a idéia de utilizar essa manteiga temperada na carne me pareceu uma excelente idéia. E claro, a receita não poderia ter ficado melhor. Super aprovada e com certeza irá aparecer outras vezes lá em casa.

E para acompanhar fiz exatamente como a Fabi, eu sou muito obediente e mandei ver no risotto milânes que é de longe um dos meus prediletos! E ainda fiz uma saladinha de beterraba porque né, a gente as vezes é saudável! rs...

Pode ser que o risotto não tenha tanta cara de Natal assim, mas o assado, vai por mim colega, sua ceia vai bombar com essa receita deliciosa!

A receita original você encontra clicando aqui (aproveita e passa lá para conhecer o Figos e Funghis que é um blog lindo cheio de receitas maravilhosas).

Ingredientes:

- 1 Kg de maminha bovina (peça inteira)
- 3 col. sopa de manteiga de lata
- 2 col. sopa cheia de mostar l'ancienne
- pimenta moída à gosto
- sal à gosto
- 1 col. chá de cominho (por minha conta)

Preparo:

- Escolha uma peça de maminha com pouca gordura.
- Misture bem a manteiga amolecida com a mostarda e besunte toda a peça de carne e depois polvilhe com sal e pimenta.
- Forre uma assadeira com papel alumínio ou papel manteiga e deixa uma boa sobra para poder cobrir a carne.
- Coloque a carne por cima do papel com a gordura para baixo e cubra com a outra parte do papel.
- Leve ao forno pré-aquecido em fogo alto por 30 minutos (a minha ficou por 45 minutos).
- Retire do forno, regue com o caldo que se formou na assadeira e volte a carne agora descoberta por mais 30 minutos (a minha ficou mais 45 minutos).
- Acompanhe o cozimento da carne, quando ela estiver coradinha e o molho mais encorpado desligue e sirva.

Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 1 hora e meia
Grau de dificuldade: Fácil

Risotto Milânes

Ingredientes:

- 1 xícara de arroz arbóreo ou carnarolli
- 1/2 xícara chá de vinho branco seco
- 2 col. sopa de manteiga ou margarina
- +/- 4 xícaras chá de caldo de legumes
- 100 gr. de queijo parmesão ralado
- 1 col. sopa de açafrão
- sal e pimenta à gosto

Preparo:


- Em uma panela aqueça 1 colher de sopa de manteiga e refogue o arroz com o açafrão por alguns minutos.
- Adicione o vinho branco e mexendo sempre deixe que evapore por completo.
- Coloque um pouco de sal e vá adiconando o caldo de legumes concha a concha até que o arroz fique al dente.
- Desligue o fogo, adicione o queijo ralado e mais 1 colher de sopa de margarina e "bata" o risotto até que fique bem cremoso.
- Corrija o sal e coloque pimenta à gosto.

Rendimento: 2 porções
Tempo de preparo: 30 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Eu utilizo para risotto a seguinte medida, 1 xícara para duas pessoas. Assim a pessoa ainda pode repetir se quiser. Pra gente em casa dá super certo, porque o rendimento é excelente.

Olha a receita é batuta viu. Fabi tá de parabéns e agradeço a fofa por ter compartilhar conosco esta beleza!

É isso gente, até sexta mais algumas idéias para seu Natal.

Beijos,
Fla.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Peixe à moda baiana


Quando estive em Salvador em outubro deste ano, um dos meus objetivos era trazer na mala duas coisas que eu quase não encontro por aqui: azeite de dendê e manteiga de garrafa.

Claro que eu até consigo comprar mas além de caros, parece que o sabor não é o mesmo. Psicológico ou não, continuando achando que estes produtos são melhores quando adquiridos "direto da fonte".

E para a minha estréia eu obviamente precisava fazer um peixinho, pensei primeiro numa moqueca, mas como o camarão não é mais meu amigo (o bichinho me dá meio que uma alergia), eu pensei em mudar de idéia e fazer tipo uma bacalhoada sem bacalhau (porque esse eu não como mesmo), e no final das contas eu fiz uma mistura destes pratos e o resultado foi muito bom!

A sim, e não posso esquecer de comentar sobre o peixe que utilizei chamado Panga. Um peixe extremamente saboroso, sem nenhum espinho e de uma maciez incrível. Minha mãe que num papo com o peixeiro descobriu esta nova "raça" de peixe e trouxe para mim. Aprovadíssimo.

Ingredientes:

- 4 filés de panga
- 2 batatas pequenas em rodelas médias
- 1 cebola grande em rodelas médias
- 2 tomates pequenos s/ semete em rodelas médias
- 1 pimentão vermelho pequeno picado em rodelas médias
- 1/2 vidro de leite de coco
- 1 col. sopa de manteiga de garrafa
- 1 col. sopa de azeite de dendê
- sal e pimenta à gosto
- suco de 1 limão

Preparo:

- Corte cada filé em duas partes para ficar com 8 pedaços de peixe.
- Tempere o peixe com sal, limão e pimenta a gosto. Deixe tomar gosto por uns 15 minutos.
- Em uma panela aqueça a manteiga de garrafa e coloque: 1 camada de batata, alguns pedaços de peixe, 1 camada de pimentão, 1 camada de cebola e 1 camada de tomate, por cima coloque um pouquinho de sal e pimenta. Faça duas ou três camadas.
- Deixe em fogo baixo, até que as batatas estejam cozidas e o peixe também. Algo em torno de 15 a 20 minutos.
- Passado este tempo, levante o fogo para apurar o molho que irá se formar e regue com o leite de coco misturado com o dendê.
- Deixe mais uns 5 minutos em fogo alto, desligue e tampe a panela. Deixe o peixe descansar uns 10 minutos antes de servir.
- Acompanhe um arroz fresquinho.

Rendimento: 4 porções bem servidas
Tempo de preparo: 50 minutos
Grau de dificuldade: Moleza

Fácil, rápido, gostoso e ainda me trouxe boas lembranças dessa terra tão linda que é Salvador. Pra que mais minhas rainhas, hein? Oxente, um dia ainda me mudo praquele paraíso!

Um super final de semana pra vocês!
Beijos e até segunda.
Fla

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Cachorro quente diferente!

A receita de hoje vai soar no mínimo "estranha" para muita gente, e digo isso porque para pelo menos 95% das pessoas com quem eu comento sobre este cachorro quente, elas me olham meio torto duvidando que ele realmente é gostoso. Mas é só provar para comprovar que se trata de uma verdadeira delícia.

E concordo que realmente, um cachorro quente com repolho não é algo muito comum, principalmente para as bandas aqui de São Paulo, onde o chique mesmo, é encontrar um cachorrão com muito purê de batata (sim, aqui se come com purê).

Essa nossa versão "campograndense" era vendida em um carrinho de rua por um senhor chamado Jorge, e ele fazia a alegria de milhares de pessoas, principalmente depois que saiam da balada, e que sentavam na beirada da calçada da praça do Rádio Clube, no centro da cidade, ou então ficaram dentro do carro mesmo para comer o tão famoso cachorro quente do Jorge.

Por sorte, minha irmã que tem um paladar muito bom, descobriu o segredinho do rapaz, e ele estava justamente na preparação do repolho que leva um temperinho que nós amamos: o cominho. E aí, foi só juntar a fome, com a vontade de comer e reproduzir com muito sucesso essa receita que é figurinha fácil em nossas casas.

Te convido a provar e com certeza você não irá se arrepender.

Ingredientes e Preparo:

- 8 pães de cachorro quente
- maionese a gosto

Molho:

- 1 cebola fatiada bem fina
- 500 ml de polpa de tomate (pronta ou caseira)
- 1 col. sopa de óleo
- 8 salsichas aferventadas
- sal a gosto

Aqueça o óleo, frite a cebola, adicione o molho e deixe apurar bem. Junte a salsicha que já deve estar previamente aferventada, deixe ferver por uns 5 minutos. Coloque sal a gosto e reserve.

Acompanhamento 1 - Repolho:

- 1 col. sopa de margarina
- 1 col. sopa de azeite
- 1/2 repolho grande fatiado bem fino
- 1 col. chá de cominho em pó
- sal a gosto

Em uma panela coloque a margarina e o azeite, coloque o repolho e deixe refogar um pouco, ele deve ficar al dente. Adicione o cominho em pó e o sal, misture e reserve.

Acompanhamento 2 - Queijo:

- 300 gr. de queijo meia cura ralado

Rale o queijo e reserve.

Acompanhamento 3 - Salada:

- 3 tomates grande sem semente picados
- 1 cebola pequena picada
- azeite e sal a gosto

Junte os ingredientes picados e tempere com azeite e sal a gosto. Reserve.

Acompanhamento 4 - Milho:

- 1 lata de milho verde drenada

Preparo (Siga a sequência das fotos):


1. Corte o pão de cachorro quente mas não corte até o final. Passe maionese a gosto e coloque um pouco do queijo meia cura ralado.

2. Coloque um pouco do molho que deve estar bem quente (para ajudar a derreter o queijo) e uma salsicha sem partir.

3. Por cima coloque um pouco do repolho refogado que também deve estar bem quente.

4. Coloque o milho verde por cima do repolho.

5. Adicione por último a saladinha de tomate e cebola. Sirva em um prato e prepare-se para fazer uma deliciosa refeição.

Rendimento: 8 cachorros quentes
Tempo de Preparo: 40 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Fala sério, o queijinho derreito, o sabor do repolho e o geladinho da salada... hummmmmmmm, só comendo para ter idéia do que é. O original, o do Jorge, era vendido dentro de um saquinho de plástico e de tanto recheio que vinha era quase impossível não fazer uma lambança. Era preciso quase um manual para saber por onde começar a comer.

Em casa tem gente que prefere mudar a ordem dos ingredientes, mas pra mim a sequência perfeita é esta. E também pode se comer de garfo e faca, porque certamente muita coisa vai cair do seu lanchinho...hehehe.

Por isso eu amo Campo Grande! Lembranças gastrônicas mil eu tenho deste lugar tão lindo!

E por último apenas uma justificativa, eu ando ausente dos blogs amigos, porque além de estar com muito trabalho devido ter ficado afastada quando fiz a cirurgia, eu ainda não estou 100% de saúde e tenho corrido para conseguir fazer todos os exames. Então em breve eu vou estar na ativa de novo tá. Sinto falta do cantinho de vocês!

Beijos e ótima quinta.
Fla

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Pão com fermento de bolo

É gente, posso garantir pra vocês que é possível fazer pão com fermento de bolo e que fica muito saboroso. Também tenho certeza que aquelas pessoas que tem dificuldade em acertar massa de pão dessa vez vão fazer sem nenhum problema e obterão sucesso ao final da receita.

Este pão não é daqueles que cresce absurdamente, até porque não é nem necessário deixar descansando como as outras massas que utilizam fermento biológico. E aí é que é o grande lance, porque é muito prático de fazer e em menos de 1 hora você tem pão quentinho pronto.


Bora se jogar na receitinha?

Ingredientes:

- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1 ovo inteiro
- 1 col. café de sal
- 3 col. sopa de óleo
- 1/2 xícara de leite
- 1 col. sobremesa de margarina com sal
- 1 col. sobremesa de fermento químico para bolo
- 2 tomates picados sem semente
- 100 gr. de muçarela ralada
- orégano a gosto
- 1 gema para pincelar
- queijo ralado para polvilhar

Preparo:
- Misture em uma vasilha a farinha, o sal, ovo, o óleo, a margarina, o fermento, o orégano e o leite até que a massa fique uniforme e esteja desgrudando facilmente das mãos. Não sove a massa.

- Em uma superfície polvilhada com farinha, abra a massa com a ajuda de um rolo de macarrão até que fique bem esticada, mas sem que fique muito fina.

- Coloque os tomates, a muçarela e se quiser coloque mais orégano.

- Enrole como um rocambole, dobre as pontas e coloque em uma forma untada e enfarinhada de pão ou bolo inglês.

- Pincele a gema diluída em um pouco de azeite e polvilhe queijo ralado.

- Leve ao forno pré-aquecido, 180º por mais ou menos 30 minutos.

Rendimento: 1 pão pequeno como o da foto
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de difilcudade: Moleza

Fala sério, muito fácil né? Agora você que tem medo de literalmente "meter a mão na massa" pode fazer esta receita sem medo. A massa dá ponto super rápido.

Essa receita foi uma amiga da minha mãe que nos ensinou há muitos anos atrás, e em casa é figurinha fácil do cardápio de um domingo a tarde. A variedade de recheios que já utilizei é enorme: palmito com catupiry, frango com requeijão, presunto e queijo, peito de peru e brie e até de carne moída já fiz.

Espero que tenham gostado.
Beijos,
Fla.