sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Como montar uma tábua de frios


Aqui no blog já tem um post bem legal sobre tábua de frios e uma forma de montar bem simples, para aquele happy hour em casa mesmo, com poucas coisas, itens mais em conta e acho super válido você clicar aqui e ir conferir este post também.

Mas esse post aqui, é para te dar dicas de como fazer algo mais refinado, com uma montagem mais legal e que vai surpreender todo mundo. Claro, o investimento - e eu falo investimento mesmo, porque não é algo para se fazer sempre, é um luxo que de vez em quando dá pra fazer - é um pouco mais alto, mas você pode adaptar com o que encontrar na sua cidade.

Siga uma regra que dá super certo:

- Para cada 2 tipos de queijo, use 2 tipos de embutidos, 1 patê, 1 fruta e 1 fruta seca ou castanha e 1 conserva. 

Outras dicas que são super válidas para fazer suas combinações:

- Se você utilizar queijos mais fortes, procure um patê ou pastinha de sabor mais suave e mescle embutidos escolhendo um mais forte e outro também suave;
- Queijos mais fortes combinam bem com castanhas;
- Queijos adocicados ou mais suaves, vão super bem com geleias ácidas;
- Queijos mais cremosos, podem ser servidos dentro de mini pães ou então com torradinhas;
- Pastinhas mais suaves como grão de bico, coalhada e ricota, combinam muito bem com palitos de legumes;
- Se utilizar pastas mais fortes, como azeitonas, salame, salmão defumado, procure usar queijos mais suaves;
- Frutas que são ótimas para tábua de frios: Uvas sem sementes, figos, morangos e melão;
- Ervas ajudam a decorar a sua tábua, mas é importante colocá-las bem secas;
- Pratos, tábuas, tigelinhas, tacinhas, copinhos, tudo pode te ajudar a compor uma tábua bem legal.
Eu fiz a montagem desta tábua na casa de um amigo, então usei tudo o que eles foram me arrumando e ocupei toda a extensão da tábua, por isso ela não aparece. Mas deixar aparecer a madeira, dá um ar super legal também.

Comecei colocando as pastinhas, depois coloquei os embutidos que fui dobrando como um leque os mais firmes ou só colocando deixando com ar de desarrumado, como no caso do peito de peru defumado. 

Depois parti para os queijos, apenas um servi cortado em cubos, os demais deixei inteiro, com aquela faquinha de cortar lascas. O queijo verde é de wasabi, maravilhoso e achei numa promoção muito boa. O brie levou uma geleia de amora, bem gostosa.

Por último fui encaixando as frutas frescas, as secas e as bolachinhas. Tentando deixar tudo com ar de organizado, mas sem muita neura.

Se tiver flores, elas ficam lindas! Se quiser organizar tudo em um sentido único, fica maravilhoso, quem ama simetria, vai gostar. 

Deixe a imaginação fluir. Use os produtos que você tiver e fique de olho nas promoções de queijos dos mercados! Ah, outra coisa, palitos são questionáveis. Você pode encontrar alguns decorados, outros de plástico, mas na boa? O bom e velho palito Gina faz a mesma coisa e custa bem mais barato, risos.

É isso, espero que estas dicas te ajudem!
Beijos,
Fla.

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Pão na chapa com requeijão


Essa é uma versão feita na Airfryer, mas você pode fazer na chapa também que fica delicioso. Mas olha, na boa, se você não tem uma fritadeira dessas, eu te indico de olho fechado. Eu acho que foi a melhor compra dos últimos tempos, eu simplesmente uso a minha todo dia. Esquento pão, faço bife, asso frango, queijo coalho, pudim, é muito útil.

O post mais rápido da história, não tem muita receita né? Mas preciso dizer que aprendi essa maravilha com a Carla do Brisando na Cozinha, a menina que mais deixa a gente com vontade de comer esse pão na vida! Segue o blog e o instagram deixa que vale muito a pena.

Então vamos lá! 

Para fazer seu pãozinho você precisa pegar seu filãozinho, o famoso pão francês, e olha, se ele estiver dormido, ou seja, ficou de um dia para o outro, é melhor ainda. Parta ao meio e passe uma camada generosa de requeijão daquele cremoso, do tipo catupiry mesmo.

Depois coloque na Airfryer e deixe em 160 graus até que o requeijão fique douradinho assim. Cuidado para não torrar muito o pão. Agora, se quiser fazer na frigideira, coloque na frigideira com a parte do requeijão para baixo, e deixe quietinho, sem mexer até perceber que o requeijão criou uma crostinha. Se o requeijão der uma espalhada em torno do pão, com uma espátula, vá juntando ele novamente. Só vire o pão quando a crostinha estiver dourada. Ah, e é importante usar uma frigideira antiaderente.

Seu café da manhã vai ficar mais especial, tenha certeza.

Espero que tenham gostado.
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Fritada de batatas


Você costuma fazer a Segunda Sem Carne? Já falei dela aqui outras vezes e é um movimento super legal, para conscientizar as pessoas a diminuir o consumo de carne. Confesso que não necessariamente isso rola de segunda-feira, mas como eu ando comendo super pouca proteína animal, eu acho super bacana e sou adepta tem muitos anos. Te convido a fazer também, não é difícil, te garanto!

Uma sugestão bem legal é preparar uma tortilla ou fritada bem simples, feita do meu jeito, e que sempre salva aquele almoço que precisa sair rápido. Já dá pra unir o útil ao agradável de uma vez só. 

Ingredientes:

- 1 cebola
- 1/2 talo de alho poró
- 1/4 de pimentão fatiado
- talos de legumes (salsa, brocólis ou outro)
- 2 batatas cruas fatiadas bem finas
- 5 ovos
- 6 tomatinhos cerejas picados
- cheiro-verde a gosto
- sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:

- Em uma frigideira com azeite coloquei a cebola, o alho poró, o pimentão e os talos e refogue até murchar bem;
- Depois coloque as batatas médias fatiadas fininhas e deixe dar mais uma refogada;
- Tempere com sal e pimenta do reino;
- Depois coloque 5 ovos batidos e temperados também com sal e pimenta, tampe a frigideira e deixe por 15 minutos no fogo bem baixo;
- Por último coloque o cheiro verde e os tomatinhos;
- Sirva fatiado.

Rendimento: Serve bem duas pessoas
Tempo de preparo: 30 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Dependendo da sua panela pode dar uma sapecada no fundo da sua tortilla e olha, pra mim é a melhor parte. Garanto que vai dar briga pelo tostadinho! E se quiser e você tiver uma frigideira que possa ir ao forno, pode levar ao forno depois que colocar os ovos porque fica delícia também.

Espero que tenha gostado!
Beijos,
Fla.

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Pãezinhos com doce de leite e coco


Para comemorar o dia mundial do pão, resolvi fazer este post para compartilhar essa invencionice que ficou deliciosa. Quando uma massa é boa, gosto de reaproveitar com recheios diferentes e é o caso dessa massa utilizada para fazer os Cinnamons Rolls que já estão no blog.

Como este pão foi um presente para meu cunhado, e sabendo que ele adora coco, resolvi juntar o doce de leite com coco ralado e eis que surgiu um pão delicioso, fofinho e muito saboroso.

Vamos a receita?

Ingredientes:

Massa:
- 1 xícara de leite morno (240 ml)
- 1 ovo grande (eu prefiro utilizar 2 pequenos)
- 4 col. sopa de margarina ou manteiga
- 4 xícaras chá de farinho de trigo aproximadamente
- 3 col. sopa de açúcar
- 1/2 col. chá de sal
- 2 col. chá de fermento biológico seco

Recheio:
- 500g de doce de leite
- 100g de coco ralado seco

Cobertura:
- 100 ml de água
- 3 colheres sobremesa de leite em pó
- 30g de coco ralado
- 2 colheres sopa de açúcar

Preparo:

- Comece misturando o leite com o fermento, em seguida adicione o açúcar e a manteiga. Misture bem;
- Depois acrescente 1 xícara chá de farinha, misture com uma colher e em seguida adicione o sal e mexa;
- Continue incorporando a farinha de trigo, aos poucos, até que a massa fique num ponto em que não grude mais nas mãos, porém, pode ser que ela ainda grude na superfície em que você estiver sovando a massa;
- Sove a massa por cerca de 10 minutos. O ponto certo, é que você erguer a massa, e ela conseguir se desgrudar da bancada;
- Depois de batida a massa na máquina ou sovada à mão, deixe descansar por 20 minutos, em uma tigela coberta por um pano de prato;
- Passado esse tempo abra a massa em um retângulo de aproximadamente 35 cm x 25 cm.
- Espalhe bem o doce de leite sobre a massa e coloque o coco ralado;
- Enrole pelo sentido do comprimento, de forma que fique bem apertadinho;
- Corte pedaços de cerca de 3 dedos, utilizando uma faca bem afiada ou cortando com uma linha ou fio dental;
- Disponha os rolinhos em uma forma untada e enfarinhada, cubra com um pano de prato e deixe crescer em local protegido da ventilação, até dobrar de tamanho, por cerca de 1 hora;
- Asse em forno pré-aquecido a 180 graus por 40 minutos , até dourar levemente;
- Deixe amornar e despeje a cobertura de sua preferência.

Rendimento:  12 a 14 rolinhos
Tempo de preparo: 3 horas
Grau de dificuldade: Médio
A cobertura eu fiz misturando todos os ingredientes e levando micro-ondas por cerca de 1 minuto, mas sempre de 15 em 15 segundos, porque a bichinha sobe e é doida pra transbordar. Coloquei um pouquinho dela ainda quente, em cima dos rolinhos.

Com um café ou chá, não tem nada melhor. Depois de 2 dias, pode guardar na geladeira e ir aquecendo no micro-ondas para comer. Fica delicioso também!

Outras blogueiras, todos os anos, participam de uma iniciativa de uma blogueira do Kochtopf reúne pessoas do mundo todo em uma postagem coletiva, e por isso, te convido a conhecer outras queridas que participaram neste ano do World Bread Day.


Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.