segunda-feira, 1 de julho de 2019

Sopa de mandioca com carne

Esses dias rolou sopinha de mandioca no melhor estilo “reaproveitamento total”. A mandioca cozida era sobra do final de semana, a calabresa estava congelada, o caldo de frango que usei estava congelado também e o cheiro-verde era um restinho de um maço que implorava por uso! E eu não sei se vocês também tem essa impressão, mas parece que quanto mais improvisada mais gostosa fica a comida, não acham?

E resolvi postar aqui para que vocês  usem essa ideia para reaproveitar o que tem na geladeira de vocês e preparar uma bela sopa também. E se não tiver caldo de frango, use de legumes! Não tem caldo caseiro, vai de caldo industrializado que uma vez ou outra não vai causar nenhum grande mal. Se não tiver caldo, use água e agregue mais sabores nos temperos secos e ervas frescas. Use sempre a criatividade!

Vamos a receita?

Ingredientes:

- 1/2 linguiça calabresa fatiada
- 1 cebola pequena fatiada
- 2 xícaras chá de mandioca cozida em cubos
- 2 xícaras chá de caldo de frango ou 1 xícara chá de caldo + 1 xícara de água
- 1 colher café de cominho
- sal e pimenta a gosto
- cheiro verde a gosto

Preparo:

- Em uma panela de pressão doure a calabresa em um fio de azeite;
- Adicione a cebola e deixe dourar bem;
- Some a mandioca já cozida, misture bem e junte o caldo de frango;
- Coloque o cominho, o sal e a pimenta a gosto, tampe a panela de pressão e deixe 15 minutos;
- Passado esse tempo, desligue o fogo, retire a pressão, abra a panela e verifique se precisa de mais água ou alguma correção de sal;
- Se a sopa estiver muito rala, deixe ferver mais um pouco com a panela aberta até atingir a consistência desejada;
- Por último coloque o cheiro verde a gosto e sirva.

Rendimento: serve 2 pessoas
Tempo de preparo: 30 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Não tem calabresa? Se joga naquele frango que já está refogado no freezer, ou aquela carninha que sobrou do almoço. Criatividade, mais uma vez estou falando isso aqui. Não tem lugar mais gostoso para brincarmos de alquimista do que a cozinha! Pense nisso!

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Bolo rabanada

Essa receita vem da cozinha de uma querida amiga, a Teresa do Teretete na Cozinha, uma pessoa doce e sempre prestativa, que eu tive o prazer de conhecer através de mundo da blogsfera. Pensem numa pessoa alto-astral! É a Teresa! Em todos os eventos que estive e que ela também estava, a alegria era presença constante. Como não amar uma pessoa assim? 

Todo mundo que prova essa receita, ama! E eu não tenho dúvida de que você também vai amar! Super simples, essa receita é uma variação do bolo de iogurte simples que tem aqui no blog também, mas que leva uma farofinha, que é intercalada a massa, dando um sabor de rabanada ao bolo.

Bora conferir a receita?

Receita original clique aqui.
Ingredientes:

Massa:

- 2 1/2 xícara chá de farinha de trigo
- 1 xícara chá de açúcar
- 1/2 xícara chá de óleo
- 1 colher sopa de fermento em pó
- 4 ovos
- 1 pote de iogurte natural (170g)

Para a farofa:

- 2 colher sopa de açúcar mascavo
- 1 colher sopa rasa de canela em pó

Preparo:

- Bata no liquidificador os ovos, o iogurte, o açúcar e o óleo até ficar tudo bem batido;
- Em seguida, transfira a massa batida para uma vasilha e adicione a farinha;
- Mexa bem até ficar bem a massa ficar bem incorporada;
- Por último coloque o fermento e mexa rapidamente;
- Misture em um potinho os ingredientes da farofinha e reserve;
- Unte uma assadeira (eu uso essas de pudim de 21 cm) com manteiga e cerca de 1 colher de sopa da farofinha (o que não grudar na forma, você pode aproveitar e juntar ao restante da farofinha);
- Despeje 1/3 da massa na forma, coloque cerca de 1/3 da farofinha, por cima despeje delicadamente mais 1/3 da massa, mais uma camada de farofinha, a última de massa e por último a farofinha;
- Leve ao forno preaquecido 180 graus por aproximadamente 30 minutos;
- Desenforme morno e sirva.

Rendimento: 1 bolo médio
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Fácil

Com um chá ou café, fica sensacional. Acho que foi um dos bolos mais perfumados que já fiz. 

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.