quinta-feira, 22 de dezembro de 2022

Almôndegas de carne e batata


Já começo esse post pedindo desculpas pela foto péssima e que não condiz com a delícia que é essa receita. Mas é a realidade da mãe polvo que faz duzentas coisas e não tem tempo para tirar foto bonita, tendo que servir o almoço rápido para liberar filho e esposo para seus compromissos.

Essa receita eu peguei em um canal do Youtube que eu adoro, que é de uma culinarista das antigas, a Isamara Amâncio. Além dela ser uma fofa, amo as receitas que ela compartilha e acho o jeitinho dela de ensinar muito legal, sempre atenta a dicas e detalhes. Desde que peguei essa receita de almôndegas não faço outra em casa e por coincidência, essa semana eu fiz para meu filho.

Receita para ir para o caderninho!

Ingredientes:

- 400g de carne moída (usei patinho)
- 1/4 de xícara (chá) de cebola ralada e espremida (50g)
- 1/2 colher (sopa) rasa de alho ralado (8g)
- 2 colheres (chá) rasas de sal
- 1/2 colher (chá) rasa de pimenta do reino
- 1/2 colher (sopa) rasa de orégano
- 2 colheres (sopa) rasas de salsinha picadinha
- 1 colher (sopa) rasa de cebolinha picadinha
- 1/2 xícara (chá) de batata ralada em ralo fino e espremida, eu uso uma batata média sem casca
- 1 ovo (50g)
- 1/2 colher (sopa) de vinagre de vinho
- 1/2 xícara (chá) de farinha de rosca (80g) - eu geralmente não coloco.

Preparo:

- Misture em uma tigela a carne, a cebola, o alho, o sal, a pimenta, o orégano e a salsinha e cebolinha. Deixe uns 15 minutos para pegar bem o sabor;
- Depois adicione a batata, o ovo, o vinagre e a farinha de rosca, se for utilizar. Misture bem e porcione a massa da almôndega no tamanho que desejar;
- Se quiser fritar, utilize uma frigideira com um dedo de óleo no fundo e vá colocando as almôndegas em umas 5 ou 6 unidades, para não juntar água e deixe até fritar;
- Eu prefiro fazer na AirFryer, então passo um pouco de óleo em cada almôndega, besuntando minha mão com o óleo e boleando novamente e depois levo a 180 graus por uns 15 minutos;
- Em seguida, você adiciona as almôndegas em um belo molho de tomate de sua preferência, deixa uns 10 minutos para pegar o sabor do molho e na hora de servir, coloca muçarela ou parmesão ralado por cima, ou então, junta esse molho com almôndegas em uma bela massa.

Rendimento: serve 3 pessoas
Tempo de preparo: 45 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

A batata dá uma textura muito boa, não sei explicar, mas fica muito bom. Eu acho que ela dá uma umidade diferente a almôndega e por isso ela fica super saborosa. Se você fizer, volta aqui e me conta. E para assistir o vídeo completo da receita da Isarama, clica neste link aqui, vale a pena conhecer essa e outras receitas dela.

Aproveitando, quero desejar um ótimo Natal a todos que ainda acompanham o blog e dizer que são tantos anos por aqui, que fico muito feliz por ainda conseguir algum tempinho para vir e compartilhar as minhas receitas com vocês. Sou muito grata, de verdade. E por isso só posso desejar paz, luz e saúde a todos neste próximo ano. Que 2023 seja repleto de bençãos a todos nós!

Um forte e fraterno abraço,
Fla.

segunda-feira, 10 de outubro de 2022

Schnitzel

Receita de origem austríaca que ficou mais conhecida na Alemanha e que podemos traduzir como uma bela milanesa de carne de porco. No preço que anda a carne vermelha, a gente precisa se virar para conseguir manter o consumo de proteína, e eu sei, antes que eu receba comentários de vegetarianos, que a gente consegue proteína de muitas outras formas e não precisa da proteína animal. Mas aqui em casa, ainda que tenhamos diminuído o consumo de carne, meu marido e meu filho gostam muito e por isso, eu procuro variar o tipo de carne, buscando o melhor preço.

Um corte que tenho utilizado muito é o mignon suíno, que é um corte super macio, saboroso e de cozimento mais rápido. Costumo utilizar para o preparo de strogonoff, bifes, escalopes e nesse caso, para fazer o schnitzel, que geralmente é feito com lombo de porco mas eu, particularmente, acho um corte perigoso, pois pode ficar um pouco seco.

A preparação é simples e o acompanhamento idem, afinal, a combinação mais clássica para acompanhar essa carne é o purê de batatas, que aqui leva um ingrediente a mais que dá um toque delicioso, o suco de limão. Vamos conferir a receita?

Ingredientes:

Schnitzel:

- 600g de filé de mignon suíno ou 4 bifes de lombo de porco
- 2 ovos
- 1 xícara chá de farinha de trigo
- 1 xícara chá de farinha de rosca ou farinha panko
- Sal ou tempero caseiro a gosto
- suco de 1/2 limão
- Pimenta do reino a gosto
- 1 1/2 xícara chá de óleo vegetal

Purê de batatas cítrico:

- 500g de batata inglesa
- 1 dente de alho
- 1 colher sobremesa de manteiga
- noz moscada a gosto
- sal a gosto
- 1 colher sobremesa de suco de limão

Preparo:

Schnitzel:

- Tanto para o uso do mignon como para o do lombo, é importante que a carne não fique com uma espessura muito grossa, pois ela precisa cozinhar dentro do empanado rapidamente, para não queimar por fora. Por isso, corte o mignon em pedaços de 200g, coloque entre dois plásticos e com a ajuda de um martelinho de carne ou batedor, vá "espalhando" a carne até que ela fique com uns 3 milimetros de espessura;
- Tempere com sal ou tempero caseiro a gosto, suco de 1/2 limão e pimenta do reino a gosto;
- Bata os ovos em um prato e separe cada farinha em um prato para empanar;
- Comece passando cada pedaço de carne na farinha de trigo e bata para retirar o excesso. Em seguida passe nos ovos batidos e por último na farinha de rosca;
- Frite em óleo em temperatura média/alta até que fique dourado. Retire e deixe escorrer, de preferência em um escorredor, sem papel, para que o ar passe por toda a carne e não fique encharcado.

Purê de batata cítrico:

- Descasque as batatas e coloque para cozinhar em água com um pouco de sal e o dente de alho descascados e inteiro;
- Quando as batatas estiverem amolecidas, reserve 1/4 xícara chá da água do cozinho e escorra o restante;
- Amasse as batatas e o alho com um amassador ou utilize um espremedor de batatas;
- Adicione as batatas amassadas a manteiga, a noz moscada, o sal e a pimenta do reino a gosto, misturando bem;
- Coloque o suco de limão, mexa e se o purê estiver muito grosso, adicione aos poucos a água do cozimento que está reservada, até que fique no ponto desejado.

Rendimento: Serve 2 pessoas que comem bem
Tempo de preparo: 40 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Sério, esse purê com toque de limão é o acompanhamento perfeito para este prato! Como diria meu vô Diogo, de quem morro de saudades: "Com um prato desse, não precisa nem de mistura"...rs...rs...rs.

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 19 de setembro de 2022

Bruscheta clássica


Se tem uma entrada rápida, fácil e muito saborosa é a bruscheta e essa combinação clássica de tomate concassê, manjericão e parmesão, sem dúvida alguma é a minha predileta. Mas eu também acho que algumas dicas são importantes para que ela fique perfeita e vou compartilhar com você algumas delas.

Utilize um pão de qualidade! Pode ser feito com pão francês? Pode, claro! Mas a acidez do pão faz toda difença e por isso, comprar uma baguete clássica, de fermentação natural, vai fazer uma diferença enorme para esta receita. 

Azeite bom é investimento! Nem sempre azeite bom é azeite caro, mas desconfie dos muito baratos, em embalagens que não sejam de vidro escuro e principalmente, cuidado para não levar misturas de azeite e óleo. Eu gosto muito de usar no dia a dia um azeite mais em conta, e compro uma garrafa de um mais caro, para momentos especiais. E sim, para fazer uma boa bruscheta, se puder, invista em um azeite de melhor qualidade que trará um sabor extra.

Cuidado com o alho! Você pode até gostar bastante de alho, mas na receita da bruscheta clássica o alho deve aparecer como um toque especial, muito sutil, algo que a pessoa sinta e pense: "Hum, tem um saborzinho no fundo que traz um perfume...". E só! 

Pão douradinho sempre! Doure o pão em uma frigideira para que você não perca a maciez do miolo do pão, que é muito importante para absorver o "caldinho" do tomate na receita. Pão assado, pode ficar torrado demais.

Parmesão é sempre ralado na hora!. Pelo amor de Deus não me use parmesão de saquinho, que muitas vezes sai bem mais caro e nem é apenas queijo que você estará levando para casa. Leia o rótulo.

E acho que é isso. Dicas simples mas que vão fazer toda a diferença! Agora vou te ensinar passo a passo como preparar esta bruscheta.

Ingredientes:

- 1 baguete média (cerca de 8 fatias)
- 3 tomates italianos maduros porém firmes
- 1 dente de alho pequeno
- 1 colher sopa de manteiga com sal
- 2 colheres sopa de azeite
- suco de 1/2 limão
- 1/2 xícara chá de parmesão ralado bem fininho
- sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:

- Corte a baguete em fatias de cerca de 1 dedo de espessura, passe a manteiga em um dos lados e doure em uma frigideira até que fiquem douradas;
- Parta o dente de alho ao meio e esfregue levemente nas fatias para perfumar. Tente não passar muito nas bordas do pão que certamente estarão mais tostadas, pois elas podem "retirar" alguma parte do alho e ficar muito forte. Reserve;
- Parta os tomates ao meio, retire as sementes e corte em cubos pequenos. Transfira para uma vasilha e tempere com o limão, 1 colher sopa de azeite, sal e pimenta do reino a gosto. Reserve;
- Coloque as fatias da baguete já douradas em uma tábua ou travessa, por cima coloque o tomate picadinho e por último coloque o parmesão (que se você puder ralar na hora, melhor ainda);
- Por último, enfeite com folhinhas de manjericão e regue com o restante do azeite para servir.

Rendimento: Serve 4 pessoas se for uma entrada ou 2 se for para uma noite de petiscos
Tempo de preparo: 45 minutos
Grau de dificuldade: Moleza

Deu água na boca, não deu? Receita simples, cheia de dica e repleta de sabor! E vou deixar mais uma dica também. Se quiser, você pode deixar várias fatias de pães já tostadas e passadinhas no alho e servir com diversas opções de cobertura para as bruschetas. Além dos tomatinhos você pode fazer uma pasta bem rústica de gorgonzola, damasco seco picado e um pouco de cream cheese, cogumelos shitake salteados ou aquele brie derretido com mel. Tenho certeza que seus convidados irão amar! 

Espero que tenham gostado.
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 5 de setembro de 2022

Patê de feijão fradinho


Você já imaginou comer patê de feijão? Pois então, durante minha ausência do blog e das redes sociais do Arte na Cozinha, rolou uma tentativa séria de virar vegetariana da minha parte. Falhei miseravelmente, ainda que eu tenha reduzido muito o consumo de carne depois desse período. Mas não foi de tudo perdido este tempo, pois pude conhecer e aprender receitas deliciosas que estarão para sempre no meu cardápio, como é o caso desse delicioso patê ou pasta de feijão fradinho, como diz o nome da receita original.

A receita aliás, eu achei na internet, no blog das queridas Marola com Carambola e aproveitei que cozinhei feijão a mais, para preparar algo diferente. Patê de grão de bico sempre rola aqui em casa, mas de feijão foi a primeira de muitas vezes, pois agora sempre que cozinho o feijão fradinho, já separo um pouco para este patê que fica incrível.

A receita original você confere clicando aqui mas vou deixar os ingredientes e passo a passo logo abaixo para vocês. 

Ingredientes:

- 1 xícara chá de feijão fradinho cozido
- 1 dente de alho pequeno (se for grande, utilize meio para não ficar muito forte)
- 1/2 xícara chá de folhas de coentro ou salsinha (mas use coentro se gostar, pq faz toda diferença)
- suco de 1/2 limão
- 1 col. café de pimenta síria ou pimenta calabresa
- 2 colheres sopa de azeite
- sal a gosto

Preparo:

- Em um processador some os ingredientes e bata até virar uma pasta. Não bata demais, deixe ela ainda um pouco grossa, mas caso fique difícil de bater, você pode colocar um pouquinho de água;
- Se quiser fazer no liquidificador, use a tecla pulsar, senão ele corre o risco de ficar muito líquido;
- Coloque em uma vasilha, regue com um fio de azeite e pimenta do reino moída;
- Sirva com torras ou com pão sírio torrado.

Rendimento: serve 2 pessoas
Tempo de preparo: 15 minutos
Grau de dificuldade: Moleza

O feijão fradinho é excelente fonte de proteína e pode virar uma salada deliciosa, um bolinho ultra gostoso e claro, este patê que também é uma ótima opção para o café da manhã, acompanhado de um pãozinho.

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.