quinta-feira, 21 de maio de 2015

Peru com manteiga de ervas

Um peru bem coradinho com a carne macia e suculenta, é possível? Sim, é possível. E apesar da fama de seco e as vezes até sem graça, eu acho a carne do peru bem saborosa e gosto até mais do que do frango normal.

A dica aqui é utilizar uma gordura extra para a preparação. Desde que aprendi essa técnica assistindo aos programas do Jamie Oliver, nunca mais tive problema de perder a maciez da carne, principalmente do peito que é uma região que requer mais atenção no preparo.

Quer ver como é simples? Olha só.

Ingredientes:

- 1 peru de aproximadamente 3,5 Kg (eu prefiro sempre os menores)
- 200 gramas de manteiga sem sal em ponto de pomada
- 1/2 xícara chá de ervas picadas de sua preferência (eu utilizei: tomilho, alecrim e manjerona)
- 1 col. sopa de colorau em pó
- 1 col. chá de páprica picante
- 4 dentes de alho espremidos
- 1 cebola cortada em 4 partes com casca
- 350 ml de vinho branco seco
- Suco de 2 limões
- 2 folhas de louro
- sal e pimenta à gosto
- fatias de bacon

Preparo:

- Tente encontrar um peru que não venha temperado;
- Tempere o peru com o suco de limão, o vinho branco, um pouco de sal e pimenta. 
- Adicione ao redor do peru a cebola e o louro e deixe em um vasilha grande com tampa por aproximadamente 12 horas;
- Passado o tempo da marinada, em uma tigelinha misture a manteiga, as ervas, o colorau, a páprica, o alho espremido, sal e pimenta à gosto. Reserve;
- Coloque o peru em uma assadeira com o peito para cima;
- Na cavidade do peru coloque as cebolas e o louro;
- Com a ajuda das mãos vá descolando a pele do peito do peru, delicadamente para não rasgar. Coloque seus dedos entre e a pele e a carne vá soltando bem lentamente;
- Feito isso, pegue metade da mistura de manteiga de ervas e coloque entre a pele e a carne do peru, espalhando bem. É importante que todo o peito esteja coberto com essa manteiga;
- O restante da manteiga besunte bem as coxa e as asas e massageie a carne para que a manteiga lambuze bem;
- Coloque algumas fatias de bacon por cima do peito e cubra com papel alumínio tomando cuidado para não tampar a pecinha que indica que a carne está assada;
- Asse em forno a 180º por cerca de 3 horas, mas faltando 1 hora, retire o papel alumínio e deixe corar bem;
- Não é preciso virar a carne do peru, ele irá corar bem em todos os lados;
- Retire o peru da assadeira e sirva.

Rendimento: Serve de 8 a 10 pessoas
Tempo de preparo: 4 horas
Grau de dificuldade: Médio

Coloquei como grau de dificuldade médio nem tanto porque é difícil mas sim porque é trabalhoso e demoradinho. Mas vale muito a pena. A manteiga penetra deliciosamente na carne e deixa um sabor, mas um sabor... Como disse, se não quiser ou não tiver um peru aí dando sopa, ai de franguinho mesmo que também é uma ótima pedida.

Tô bem sabendo que não é saudável comer a pele mas ela crocante assim ficou irresistível, hehehehe.

Espero que gostem!
Beijos,
Fla

terça-feira, 19 de maio de 2015

Abobrinha à parmegiana

Não sei quanto a vocês, mas eu sempre achei a abobrinha e a berinjela dois dos legumes mais versáteis e que nos proporcionam uma infinidade de possibilidades na cozinha como saladas, massas, recheios de tortas, recheadas, como acompanhamentos, etc.

Quando olhei a farinha Panko que ganhei no Encontro de Blogueiros e as abobrinhas lindas que havíamos comprado na feira, não tive dúvida, porque não tentar preparar uma versão mais light da já conhecida berinjela à parmegiana? Ok, desconsidere o fato de eu lotei de queijo, mas é melhor pensar que ela foi assada e tem queijo, do que se tivesse sido frita né?

A receita é bem fácil de fazer e claro e uma ótima opção para a "segunda sem carne", que é um movimento que se você ainda não conhece, vale a pena acessar o site e entender um pouco mais.

Vamos aprender como faz então?

Ingredientes:

- 2 abobrinhas italianas médias fatiadas no sentindo do comprimento (com ;
- 2 ovos
- 3 xícaras chá de farinha Panko
- 1/4 xícara chá de queijo parmesão ralado
- 2 xícaras chá de queijo muçarela ralada
- sal e pimenta à gosto

Molho:

- 1 col. sopa de azeite
- 1 cebola pequena picada em cubos
- 2 dentes de alho espremidos
- 1 lata de tomate pelado picado
- 1 col. sopa extrato de tomate
- 1/2 xícara de água
- sal e pimenta à gosto

Preparo:


- Em um prato fundo quebre os dois ovos e tempere com sal e pimenta;
- Em outro prato coloque a farinha panko e também tempere com um pouco de sal, pimenta e adicione o queijo ralado. Misture bem.
- Empane as fatias de abobrinha passando primeiro no ovo e depois na farinha panko. Vá apertando a farinha na fatia de abobrinha para grudar bem;
- Disponha as fatias assadeiras untadas com óleo e leve ao forno preaquecido 220º por cerca de 7 minutos de cada lado ou até que você perceba que já estão corando; Não deixe muito tempo senão a abobrinha fica mole já que tende a soltar água;
- Depois de assadas, reserve.

Molho:

- Em uma panela coloque o azeite e refogue a cebola e o alho;
- Adicione a lata de tomate pelado e a colher de extrato de tomate, mexa bem;
- Coloque a água, tempere com sal e pimenta do reino, tampe a panela e deixe apurar por 15 minutos em fogo baixo. Reserve.

Montagem:

- Em uma travessa coloque primeiro uma camada de molho, em seguida algumas fatias de abobrinha, depois mais ou pouco de molho, o queijo, mais abobrinha e já intercalando as camadas;
- Finalize com queijo e leve ao forno que já está preaquecido e deixe em 200º por 20 minutos ou até que o queijo esteja corado. Eu utilizo o grill do forno, portanto deixei 15 minutos no forno mais 5 de grill.

Rendimento: 6 porções generosas
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Fácil



Gente fica muito saboroso mesmo. Ao contrário da berinjela, a abobrinha não tem aquele toque picante então fica bem mais suave. O panko dá uma textura diferente e fica bem saboroso. Claro, não é fritura né gente, impossível conseguir a mesma crocância assado, mas fica super gostoso, garanto!

É isso, na verdade o post começou a ser escrito ontem e finalizado hoje. A vida está corrida minha gente... bem corrida. 

Boa semana a todos.
Bjs,
Fla