quinta-feira, 14 de junho de 2018

Especial Copa do Mundo - Coxinha

É do Brasillllllllllllllllllllll! Sim, o segundo país homenageado no nosso Especial, é o Brasil! 2º colocado no ranking da Fifa, o país do futebol é o único que participou de todas as edições da Copa do Mundo e o único Pentacampeão! 

Além disso, o Brasil é um dos países que mais exporta jogadores para outros países, o que movimentam um mercado milionário. Alguns destes jogadores deixaram seu nome na história mundial do futebol e até hoje são lembrados: Pelé, Rivelino, Zico, Garrincha, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Romário, Cafú e claro, Neymar.

Falando em comida, prato típico neste lado das Américas não falta! Do Norte ao Sul do país, são tantas delícias que seria difícil escolher apenas uma! Masss, se Nigella chegou no Brasil, provou e amou, quem sou eu na fila do pão para não categorizar a nossa amada coxinha como prático típico hein?! Até porque 9 em cada 10 brasileiros, segundo pesquisa inventada por mim mesma no instituto DataFla, amam esse prato que entra em uma categoria muito peculiar no nosso vocabulário tupiniquim, a dos "salgados"!

A história deste prato tem origens distintas na internet, mas segundo o livro "Histórias, Lendas e Curiosidades da Gastronomia" (ed. Senac), a autora Renata Malta Saldanha conta que o filho da Princesa Isabel e do Conde d'Eu, só gostava de comer coxas de galinha, e um dia, ao perceber que a quantidade de coxas não era suficiente, e prevendo o escândalo do garoto, a cozinheira da fazenda onde moravam, teria desfiado outras partes do frango e moldado em uma massa à base de farinha e batata. 

O prato fez sucesso e acabou caindo nas graças de toda a realeza, e apesar de não haver confirmação histórica deste fato, eu achei a história ótima! Risos... Mas chega de papo e bora ver como preparar essa coxinha deliciosa?! Fonte: Uol.

Ingredientes:

Recheio:

- 500 gr. de peito de frango
- 2 cebola pequenas
- 1 talo de salsão ou talos de um maço de salsinha
- 1 cenoura pequena
- 5 dentes de alho
- 1 folha de louro
- sal ou tempero caseiro à gosto
- 750 ml de água
- 4 col. sopa de cheiro-verde
- 2 col. sopa azeite
- 200 gr. de requeijão cremoso

Massa:

- 500 ml do caldo do cozimento do frango
- 500 ml de leite integral
- 1 cubo de caldo de frango (opcional)
- 400 gr. de farinha de trigo 
- 100 gr. de batata cozida e espremida
- 100 gr. de manteiga 
- 1 col. sopa de manteiga
- 1 cebola pequena ralada
- 1 col. sobremesa de sal (se utilizar o cubo de caldo de frango, essa quantidade pode diminuir)

Empanado:

- 2 ovos
- 1/4 xícara chá de leite
- 2 xícaras chá de farinha de rosca

Preparo:

Recheio:

- Em uma panela coloque o frango, 1 cebola, a cenoura, o salsão ou os talos da salsinha, 2 dentes de alho, o louro e a água,  Leve para ferver até que o frango esteja cozido, mais ou menos 20 minutos;
- Retire o frango do caldo e reserve 500 ml deste caldo (se sobrar, não esqueça de congelar!);
- Desfie o frango com o garfo ou passe pelo processador. Reserve;
- Em outra panela aqueça o azeite e doure 1 cebola picada e 3 dentes de alho espremidos;
- Adicione o frango desfiado, tempere com sal ou tempero caseiro à gosto;
- Coloque o cheiro-verde e misture bem. Desligue o fogo e reserve;
- Deixe esfriar completamente antes de rechear a sua coxinha;
- Depois de frio, misture o requeijão cremoso e reserve.

Massa:

- Em uma panela de fundo grosso, leve para ferver o caldo de frango, o leite, a batata espremida, o cubo de frango caso vá utilizar (eu coloquei, me julguem! rs...), a cebola ralada, 100 gramas de manteiga e o sal;
- Assim que ferver, diminua o fogo e adicione toda a farinha de uma vez só, e mexa bem até incorporar toda a farinha e a massa virar uma bola e desgrudar do fundo da panela; ( Parece que não vai dar certo, mas dá sim, só é preciso ter muita força mesmoooo no braço, é bom pedir reforços...)
- Retire a massa do fogo e coloque sobre uma bancada, de preferência de pedra, mas se não tiver, pode ser uma assadeira mesmo; 
- Deixe a massa esfriar um pouco, mas será necessário manuseá-la ainda quentinha, então vá dobrando a massa para que ela vá esfriando e você consiga sová-la por alguns minutos;
- Enquanto você sova a massa ainda morna, adicione 1 colher sopa de manteiga e sove até incorporar bem esta manteiga;
- Reserve a massa e deixe esfriar completamente antes de recheá-la;
- Pegue porções da massa (fiz com 70 gramas de massa), abra na palma da mão com uma espessura não tão fina, coloque uma porção do recheio, e feche a coxinha retirando o excesso da massa, se necessário, quando formar o biquinho da mesma. Vá colocando em uma assadeira para facilitar;
- É importante manter a massa coberta por um pano para não ressecar, enquanto você modela as coxinhas.

Empanado:

- Em uma travessa, coloque os ovos e o leite e bata bem;
- Em outra travessa coloque a farinha de rosca;
- Passe as coxinhas pelo ovo e pela farinha de rosca. Se quiser uma casquinha mais crocante, repita esse processo mais uma vez;
- Frite por imersão em óleo quente até ficarem douradas e deixe escorrer em papel absorvente antes de servir.

Rendimento: 20 a 22 coxinhas médias aproximadamente
Tempo de preparo: 2 horas
Grau de dificuldade: Médio

É trabalhoso? É sim, não vou mentir. Mas ficou tão gostoso! E claro que eu não mandei ver nas 22 coxinhas né? Então tenho coxinha no freezer para quando dar aquela vontadinha...rs. Você pode fazer meia receita sem problema algum, só mantenha a proporção dos ingredientes.

E aí, qual será o próximo país e a próxima receita? 
Espero que estejam gostando do nosso especial!

Obrigada!
Bjs,
Fla.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
O mesmo estará disponível após liberação.