segunda-feira, 28 de maio de 2018

Sopa Paraguaia


Essa receita causou estranheza em algumas pessoas quando postei a foto no instagram semana passada. Chamei de sopa mas coloquei a imagem de uma torta, como assim produção? Pois é isso mesmo gente. Esse prato tradicional do Paraguai, é muito conhecido na região do Mato Grosso do Sul, onde por sinal eu passei a minha infância, e por isso além de gostar muito da receita pelo sabor, ela tem certo tom de nostalgia.

Sempre comento nos stories que as receitas que estão no meu caderninho, escrito à mão, tem sempre uma anotação com o nome de quem me passou a mesma, e nesse caso, ela veio de uma vizinha da época em que morei em Campo Grande. Naquela época as receitas eram baseadas em medidas de copo de requeijão, lembram disso? E para que eu pudesse colocar aqui, fiz alterações quanto as quantidades, para que fiquem em medidas tradicionais.

Vamos lá conferir a receita? Te juro, é muito simples e o sabor vai te surpreender!

Ingredientes:

- 220 ml de óleo
- 3 ovos 
- 1 xícara chá de queijo meia cura ralado (pode ser outro queijo, mas tradicionalmente, utilizamos o meia cura)
- 250 ml de leite integral
- 3/4 xícara chá de cebola (aproximadamente 1 cebola pequena)
- 7 col. sopa de fubá
- 1 col. sopa de fermento
- 1 col. sobremesa de sal (se seu queijo estiver muito salgado, diminua esta quantidade)

Preparo:

- No liquidificador bata o óleo com os ovos, o queijo e o sal por uns 3 minutos;
- Em seguida adicione a cebola, o leite e o fubá e bata bem até a cebola ficar bem batida;
- Por último coloque o fermento e utilize a tecla pulsar apenas para misturar;
- Unte uma forma pequena (a minha é quadrada de 22 x 22 cm) com manteiga e um pouco de fubá e despeje a massa com cuidado, pois ela fica bem líquida;
- Leve ao forno preaquecido a 200 graus, por 30 a 40 minutos.

Rendimento: Aproximadamente 12 pedaços
Tempo de preparo: 60 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

A receita pode causar estranheza pela falta de farinha, mas é isso mesmo. Algumas levam milho, mas estou acostumada com esta e pra mim é a melhor versão. Eu como a sopa paraguaia com café, mas você pode servir acompanhada de uma salada que já vira uma refeição. 

Eita saudade de Campo Grande que bate forte as vezes! 
Espero que vocês façam e gostem da receita!

Beijos,
Fla.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
O mesmo estará disponível após liberação.