sexta-feira, 29 de julho de 2016

Bolo pelado de laranja e leite ninho


Pois é pessoal, eu estou sumida, mas até eu me organizar bem e ajeitar as coisas a nova rotina, por enquanto o blog vai ficar mais lento, mas de forma alguma vou sumir por completo! 

Mas vamos falar de uma coisa super legal, nesse mês o Coletivo Gastronômico completou 1 ano! E por isso estamos em festa e claro que para esta celebração não poderíamos pensar em outra coisa a não ser bolo de festa! Daqueles com cobertura sabe, bem saboroso! E nas postagens que vocês vão poder acompanhar pelos links abaixo, vai ser possível encontrar todos os tipos de bolos e eu sinceramente fiquei com água na boca!

Que se inicie mais um ano do Coletivo e que seja um sucesso! 

Minha contribuição é um bolo bem simples, mas com sabor delicioso! A receita do bolo de laranja é a minha predileta e veio lá do blog da Angela do Ora Pitangas e eu inclusive já falei dele neste link mas vou repetir a postagem agora. E o link para a receita da Angela está aqui.

Para o recheio fiz um creme de leite ninho que ficou sensacional!!! O link original da receita é este que você acessa clicando aqui. Façam que vale muito a pena! Vamos a receita então?

Ingredientes:

Bolo:

- 4 ovos
- 1 e 1/2 xícara chá de açúcar
- 2 colheres sopa de óleo de girassol (ou o da sua preferência)
- 2 xícaras chá de farinha de trigo
- 2 colheres sopa de amido de milho
- 1 colher sopa de fermento químico 
- 200 ml de suco de laranja

Calda:

- 150 ml de suco de laranja
- 3/4 xícara chá de açúcar

Creme de leite ninho:

- 1 lata de leite ninho
- 1 caixinha de creme de leite bem gelado
- 200 gr. de manteiga sem sal em cubos
- 400 gr. de leite ninho instantâneo

Preparo:

Bolo:

- Bata as 4 claras em neve em picos firmes, em seguida adicione as gemas uma a uma e continue batendo;
- Junte o açúcar e bata até ficar esbranquiçado, e adicione o óleo;
- Peneire a farinha de trigo, o amido de milho e o fermento e misture bem;
- Adicione a farinha e vá batendo aos poucos alternando com o suco de laranja. Bata até ficar uma massa aveludada;
- Unte duas assadeiras de 20 cm e asse em forno médio por 35 minutos;
- Retire do forno, aguarde esfriar mas desenforme ele ainda morno. Reserve.

Calda:

- Coloque o suco e o açúcar em uma panela e leve ao fogo até ferver e derreter o açúcar;
- Despeje sobre o bolo ainda morno. No meu caso eu fiz alguns furos para penetrar bem nas duas partes do bolo.

Recheio:

- Bata o leite condensado e o creme de leite juntos até incorporar;
- Em seguida acrescente a manteiga em cubos, um pedaço por vez, batendo até incorporar bem e ficar cremoso;
- Em velocidade baixa acrescente o leite em pó e bata para misturar;
- Deixe na geladeira por 2 horas antes de utilizar.

Montagem:

- Coloque um dos bolos, regue com metade da calda espalhando bem e aguarde até absorver;
- Com um bico de confeitar ou com uma colher coloque uma camada generosa do creme e tente deixar o mais reto possível;
- Coloque o outro bolo e repita o processo com a calda;
- Confeite da forma que desejar, eu utilizei o próprio creme e chocolate meio amargo derretido.

Rendimento: serve bem 8 pessoas
Tempo de preparo: 2 horas
Grau de dificuldade: Fácil

Agora vejam só o painel de delícias com todos os bolos que comentei com vocês!!! E embaixo vocês podem clicar e ver o link das postagens!




Espero que tenham gostado!
Parabéns ao Coletivo!

Beijos,
Fla.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Pudim de leite com creme de ricota - Teretetê na Cozinha



Que alegria poder voltar a Cirandar com essas queridas blogueiras que tanto gosto! Agora as postagens ocorrem a cada 15 dias e por isso bate essa saudade gostosa em ver as delícias que são preparadas com tanto carinho pelas blogueiras.

E hoje, que visita especial! Hoje, quem eu recebo aqui é a Teresa lá no Teretetê na Cozinha e quanto carinho eu tenho por ela viu. Se você pensar em alguém alto astral e animada vai ver como a Teresa é, porque onde ela está é aquela festa toda pois todo a adoram e se divertem com ela.

A Teresa foi uma das primeiras blogueiras que eu visitei, isso há alguns aninhos atrás...risos... e lembro dela retribuindo carinhosamente as visitas, sempre muito querida. Depois, graças ao Encontro Gourmet, eu tive o prazer de conhecê-la pessoalmente e aí comprovei que ela é mesmo uma pessoa especial. 

E olha só que receita especial ela separou pra gente nessa Ciranda! Um pudim maravilhoso! E ainda mandou um recadinho fofo desejando boa sorte para meu novo empreendimento, o Maná. Não é uma fofa? Vamos conferir a receita?

**************************************************************************

Olá Flá! Cheguei com sorrisão aberto, um doce e desejos de muito sucesso  com o Maná - Delícias Caseiras.
Estou adorando estes passeios nas cozinhas das amigas através da Ciranda de Receita. De bom grado trouxe um pudim de leite com creme de ricota, tomara que você goste e seus leitores também.
Abraços, espero encontrar você no Encontro Gourmet.

Ingredientes:

Pudim:

- 1 pote de creme de ricota (250 gramas)
- 2 ovos
- 1 lata de leite condensado
- 1 caixinha de creme de leite
- 1 1/2 xícara chá de leite

Calda:

- 2 xícaras chá de açúcar
- 1/2 xícara chá de água quente

Preparo:

- Em uma panela de fundo largo derreta o açúcar em fogo baixo até dourar por igual;
- Junte a água quente e mexa para dissolver os torrões e a calda engrossar;
- Cuidado quando for acrescentar água quente no açúcar!
- Deixe a calda esfriar para usar;
- Com a calda fria despeje o caramelo na forma de pudim com furo no centro (20 centímetros de diâmetro) forrando uniformemente o fundo e as laterais e reserve;
- Bata os demais ingredientes do pudim no liquidificador´até ficar bem incorporado, não é necessário bater muito;
- Despeje sobre o caramelo, cubra a forma com papel alumínio e coloque em banho maria para assar (pode ser no forno ou na pressão);
- No forno deixe em temperatura média 180 graus, preaquecido por cerca de 1 hora ou até que a superfície fique firme;
- Retire do banho maria, espere esfriar, leve a geladeira por no mínimo 4 horas para depois desenformar.


Rendimento: 1 pudim médio
Tempo de preparo: 1 hora e 30 minutos aproximadamente (contando o tempo do forno)
Grau de dificuldade: Fácil

Teresaaaaaaaaa eu amei! Que delícia gente! Receita daquelas pra fazer de sobremesa do domingo hein?! Muito obrigada por participar aqui no Arte e por todo o carinho de sempre!

Ah e olha a relação dos blogs participantes desta rodada da Ciranda de Receitas:



Beijos,
Fla.

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Bolo de chocolate especial - Blog da Leili


Quinta-feira, dia de Ciranda de Receitas, um projeto super bacana idealizado pela querida Lylia do blog Simples Assim e que tem a participação de diversas blogueiras queridas, trocando receitas, um dedo de prosa e muito carinho.

Quem vem visitar o Arte na Cozinha hoje é a Leiliane do Blog da Leili, um cantinho repleto de receitas gostosas, fotos de dar água na boca além de sempre ter um texto de tom muito doce com a sua dona é. Conheci a Leili pessoalmente no Encontro Gourmet acho que de 2014, não me lembro bem. Mas quando começamos a conversar achamos uma coisa intrigante em comum, duas meninas da área de tecnologia da informação e blogueiras de culinária...risos... Não é comum vai?! 

E olha que receita ela trouxe para nós hoje, esse bolo de chocolate que está fazendo eu delirar de vontade de um pedaço agora, já, nesse momento! A Leili diz em seu post que a diferença dessa receita é a utilização do cacau em pó alcalino e do iogurte que fazem uma grande diferença no sabor e na textura do bolo. Vamos conferir a receita?

Bolo de chocolate especial

Ingredientes:

Massa:

- 2 xícaras chá de farinha de trigo
- 1 xícara chá de cacau em pó (ela utilizou o cacau em pó 100% alcalino da marca Melken)
- 1 col. chá de fermento em pó
- 1 col. chá de bicarbonato de sódio
- 1 xícara chá de manteiga em temperatura ambiente
- 1 1/2 xícara chá de açúcar
- 3 ovos
- 1 potinho de iogurte natural (200 gr)
- manteiga e chocolate em pó para polvilhar a forma

Cobertura:

- 2 col. sopa de manteiga
- 2 col. sopa de chocolate em pó
- 3 col. sopa de leite
- 1/2 xícara chá de açúcar

Preparo:

Massa:

- Retire os ingredientes da geladeira 1/2 hora antes de começar o bolo para que fiquem em temperatura ambiente;
- Coloque o forno para aquecer em temperatura baixa e unte uma forma grande redonda com furo com manteiga e polvilhe com chocolate em pó;
- Numa tigela a parte, peneire a farinha, o chocolate, o fermento e o bicarbonato. Misture e reserve;
- Na batedeira bata a manteiga amolecida até que fique fofa. Adicione o açúcar e bata apenas para misturar. Junte os ovos, um a um batendo bem em cada adição. Dica: Se a manteiga não estiver mole, corte em cubos e leve ao micro-ondas de 30 em 30 segundos até amolecer;
- Diminua a velocidade e adicione os ingredientes peneirados aos poucos, alternando com o iogurte. A cada adição, bata apenas para misturar;
- Desligue a batedeira, misture a massa com a uma espátula raspando as laterais da tigela e transfira para a forma preparada. Nivele a massa girando rapidamente sobre a mesa;
- Leve o bolo para assar a 180 graus por aproximadamente 40 minutos. Faça o teste do palito para verificar o ponto;
- Depois de assado, retire o bolo do forno e deixe esfriar por 10 ou 15 minutos antes de desenformar. Desenforme o bolo num prato bonito e aguarde esfriar completamente para espalhar a cobertura sobre ele.

Cobertura:

- Em uma panela junte todos os ingredientes e leve ao fogo médio e vá mexendo até obter uma calda brilhante.

Delícia de receita né gente?! Acredito que essa receita renda um bolo grande daqueles bons para servir num lanche da tarde para as amigas ou levar para a sobremesa de um almoço de domingo!

E agora, deixo aqui todos os links dos blogs participantes da Ciranda de Receitas!


Beijos,
Fla.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Risoto napolitano

Receita coringona para preparar em um dia que você vai receber amigos ou quer comer algo com cara de comida requintada mas que é super simples de fazer, eis o risoto napolitano. Aliás gente, arroz arbóreo é um baita coringa na cozinha porque eu já fiz cada invenção maluca para risoto e o resultado é sempre delicioso. 

E é ótimo que serve como prato único e mesmo que você pense "poxa mas não tem nenhuma proteína aqui", eu te digo que pelo menos pra mim, um prato desse risoto já é uma refeição e tanto e não me faz falta alguma qualquer proteína animal.

Quer ver como é simples de fazer? Ah e antes que eu esqueça, os italianos que mais uma vez me perdoem mas aqui em casa o vinho utilizado é aquele que vamos beber, e se for tinto não há problema algum, porque ele entra no risoto e dá uma coloração bem charmosa pra receita. 

Ingredientes:

- 1 1/2 xícara chá de arroz arbóreo
- 1 cebola pequena picada em cubos
- 1 col. sopa de azeite
- 1 col. sobremesa de manteiga
- 1 xícara chá de tomates cereja ou sweet grapes cortados ao meio
- 1 xícara chá de queijo parmesão ralado
- 1/4 xícara chá de folhas de manjericão
- 2/3 xícara chá de vinho seco (tinto ou branco)
- aproximadamente 700 ml de caldo de legumes caseiro
- sal e pimenta do reino à gosto

Preparo:

- Em uma panela aqueça o azeite e refogue a cebola até que fique transparente;
- Adicione o arroz e frite bem;
- Junte o vinho ao arroz e mexa sempre até que o vinho quase seque;
- Agora adicione concha a concha o caldo de legumes e mexa sempre para que o risoto fique bem cremoso e cozinhe de forma uniforme;
- Quando o arroz estiver no ponto desejado desligue o fogo e adicione a manteiga e o queijo ralado, misture bem para incorporar tudo;
- Adicione sal e pimenta à gosto;
- Junte os tomates, misture bem e tampe a panela e deixe o risoto descansar 5 minutos para que os tomates cozinhem levemente no calor do risoto;
- Coloque folhas de manjericão por cima para servir e regue com um pouco de azeite.

Rendimento: serve 2 pessoas generosamente
Tempo de preparo: 30 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Muita gente tem medo de fazer risoto, mas é muito simples. O segredo é ir mexendo e colocando o caldo aos poucos, concha a conha. Colocou uma concha, mexe até que o caldo quase seque e só aí adicione a próxima concha. Quando o arroz estiver próximo de atingir o ponto ideal, vá colocando de meia em meia concha, assim não tem erro. 

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Molho à bolonhesa clássico ou ragu alla bolognese

Acho que de todos os molhos para macarrão sem dúvida alguma o bolonhesa é o meu predileto. Mas confesso que só como quando eu mesma preparo, ou então, quando vou a algum restaurante em que eu confio muito, porque carne moída pra mim só a que eu vejo moer pois eu abomino carne moída gordurosa ou com nervinhos.

Mas enfim, quando fiz essa receita eu queria preparar aquele molho clássico a bolonhesa e por isso fui pesquisar em diversos livros que tenho e em diversos sites, até que fiz uma junção de todas as informações e preparei a minha versão. Italianos que me perdoem se cometi alguma gafe terrível, mas para nós aqui em casa, ficou excelente o resultado.

Ingredientes:

- 400 gr. de carne moída magra (usei patinho moído duas vezes)
- 100 gr. de linguiça toscana retirada da tripa
- 50 gr. de bacon picado em cubos
- 1 cebola pequena picada em cubos
- 1 dente de alho picado
- 1 xícara chá de talo de salsão picado 
- 1 xícara chá de cenoura picada em cubos pequenos
- 6 tomates italianos sem pele e sem semente picados
- 1 lata de tomate pelado
- 150 ml de vinho branco seco
- 100 ml de leite integral
- 750 ml de caldo de carne (caseiro de preferência ou então utilize água)
- sal e pimenta do reino à gosto
- 1 galho de manjericão (se desejar)

Preparo:

- Em uma panela de fundo grosso coloque para refogar o bacon até que fique bem fritinho. 
- Na mesma panela coloque para refogar a cebola, o alho, o salsão e a cenoura e deixe refogar bem até que a cebola e o salsão estejam transparentes;
- Adicione a carne moída e a linguiça e mexa sempre para que não fique com muitos grumos na carne, até que perca a coloração vermelha e seque a água que irá juntar;
- Nesta etapa já tempere com um pouco de sal e pimenta;
- Junte o vinho branco e deixe reduzir pela metade o líquido;
- Adicione a lata de tomate pelado, os tomates em cubos e cerca de 500 ml do caldo de carne (reserve o restante do caldo caso seja necessário);
- Misture bem, tampe a panela e deixe em fogo baixo por 1 hora aproximadamente. Mexa o molho a cada 15 minutos;
- Passado o tempo, caso seja necessário se o molho estiver muito seco, adicione mais um pouco do caldo de carne e misture;
- Junte o leite a panela, misture e deixe ferver por mais 30 minutos em fogo baixo;
- Corrija o sal e a pimenta, misture bem e desligue o fogo. Adicione um galho de manjericão se for utilizar, tampe a panela e deixe por 5 minutos. Passado esse tempo, retire o galho de manjericão do molho e descarte.
- Sirva o molho sobre a massa de sua preferência.

Rendimento: Rende molho para cerca de 750 gr. de massa
Tempo de preparo: 2 horas
Grau de dificuldade: Fácil

Quando comecei a pesquisa da receita e vi em diversos livros e sites falando do leite eu fiquei muito encucada e achando bem estranho, até que li que ele serve para retirar um pouco a acidez do molho e de fato, o sabor fica bem mais suave e ele altera um pouco a cor do molho também. Como meus tomates não estavam muito vermelhos, ele ficou ainda mais claro, mas o sabor ficou incrível.

Eu já fiz duas vezes essa receita, uma com manjericão e outra sem. Como em casa nós amamos um manjericão, sempre acho que fica mais saboroso com. Fica a seu critério.

E a massa eu fiz a minha receita que já postei aqui no blog e a única diferença é que utilizei metade farinha branca e metade semolina. 

Espero que tenham gostado!
Uma ótima semana,
Bjs
Fla