segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Risoto de calabresa e gouda

Oi gente, em primeiro lugar queria agradecer a todos os recados carinhosos no post sobre a nossa querida Welze. A manifestação das blogueiras foi uma coisa linda de ler, e pudemos perceber o quanto ela foi especial para todas nós. Agora vamos seguir com as lembranças não é mesmo? E vamos continuar orando pela família dela. Obrigada mais uma vez.

Tocando o barco, a cozinha que ainda tá meio jogadinha as traças, vez ou outra, eu tiro as teias de aranha do fogão e faço um pratinho esperto pra gente. Como no caso desse risotinho muito do bom que saiu em um almoço de domingo em casa.

Aliás, o que eu acho prático na questão do risoto, é que com aquelas sobrinhas da geladeira, ou com aquele legume que ficou sozinho no fundo da gaveta, você consegue preparar um risoto que sempre estará gostoso. E é por isso que em casa não deixo faltar arroz arbóreo ou carnarolli, porque na hora do aperto, é um risoto que salva sempre.

Esse levou calabresa, queijo gouda, queijo parmesão e pimenta vermelha. Picante, saboroso e com um toque mais pesado da calabresa. É o tipo de risoto que eu adoro. E para acompanhar servi um filé de tilápia grelhado, não que tivesse necessidade, mas eu quis acompanhar com algo mais leve. Vamos a receita então.

Ingredientes:

- 1 xícara chá de arroz para risoto (arbóreo ou carnarolli)
- 1/2 xícara chá de vinho branco seco
- 3 xícaras chá de caldo de frango ou legumes (utilizei àgua mais 1 sachê de caldo de frango Sázon)
- 1/2 linguiça calabresa cortada em cubos
- 1/2 cebola picada em cubos pequenos
- 1/2 xícara chá de queijo gouda em cubos
- 1/2 xícara chá de queijo parmesão ralado
- 1/2 pimenta vermelha picada em pedaços pequenos sem semente (opcional)
- 1/2 col. sopa de margarina
- sal à gosto

Preparo:

- Em uma panela coloque a calabresa cortada em cubos pequenos e frite até que fique bem corada. Retire a calabresa do fogo e reserve.
- Na mesma panela, retire o excesso de gordura deixando apenas 1/2 col. de sopa da mesma e refogue a cebola.
- Adicione o arroz e frite bem.
- Junte o vinho branco e mexa sem parar até que o vinho evapore.
- Adicione o caldo de frango ou legumes colocando concha a concha (coloque a primeira, mexa sem parar e quando estiver quase seco adicione a próxima. Faça isso até que o arroz fique no ponto al dente).
- Quando o arroz estiver no ponto, coloque de volta a calabresa e misture o queijo gouda, o queijo parmesão e a pimenta. Caso fique muito grosso por causa dos queijos, adicione mais um pouco do caldo.
- Desligue o fogo, coloque a margarina e misture bem no risoto para dar brilho.
- Corrija o sal se necessário e sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções como a do prato
Tempo de preparo: 35 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Ficou uma delícia! É importante lembrar que a quantidade de calabresa parece pouca mas é mais para dar o sabor mesmo porque ela bem forte. E metade já é suficiente. Outra coisa é que o risoto deve ser servido sempre al dente, senão vira uma papa.

E aí, é só comer e ser feliz! =)
Ah, no final dessa semana vamos ter um sorteio, não percam!

Beijos e ótima semana,
Fla.

sábado, 29 de outubro de 2011

Para Welze...uma simples homenagem.


Neste espaço, criado há mais de 3 anos, eu pude conhecer pessoas maravilhas. Uma delas, daqui da minha própria cidade, eu não tive a oportunidade de conhecer pessoalmente, mas o carinho que sempre tive por ela é enorme.

A Welze, sempre foi uma pessoa alegre, alto astral, com uma capacidade única de utilizar as palavras para ensinar, confortar, se expressar. E aprendemos muito com essa guerreira... a cada post no seu www.gostosurassemtravessuras.blogspot.com, uma nova lição, seja sobre a vida, sobre a convivência com as pessoas ou sobre suas delícias.

A Welze durante 5 meses lutou bravamente contra sua doença. Deus a levou no dia de ontem, para que ela continue sua missão em outro plano, e tenho certeza que agora, todo o mal se transformará em bem, qualquer resquício de tristeza e escuridão, agora será de luz.

Apesar da tristeza em nossos corações, vamos fazer de tudo para que as lembranças e imagens sejam sempre as mais alegres possíveis, porque a nossa querida amiga era assim, pura alegria, e certamente não gostaria de ver ninguém chorando não, rezando e orando por sua família nesse momento difícil certamente ela gostaria, mas chorando não.

Não consegui ir me despedir de você querida... sinceramente não criei coragem. Se não tivemos a chance de nos encontrarmos e darmos boas risadas juntas enquanto você esteve neste plano, não poderia fazer isto agora... preferi guardar a imagem do seu sorriso em minha mente, e esse vou levar pra sempre.

A família dedico meu carinho e minhas orações. Que Deus esteja com todos vocês!

Descanse em paz querida Welze... sentiremos muita saudade...

Fla.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Asinhas de frango picantes


Oi gente, tudo certinho? Bom, como vocês podem perceber tô meio lá e meio cá né?! Por enquanto ainda preciso dar mais atenção aos meus estudos, e isso está me tomando um tempo monstro, então a cozinha vai ficar lentaaaa, quase parando. Mas de vez em quando eu volto para postar alguma coisinha. Como não sou a favor de posts programados, prefiro fazer dessa forma.

Bom, se tem uma coisa que eu e marido adoramos é frango a passarinho e de preferência as asas da penosa. A-do-ra-mos! Porém existem alguns empecílios aí no meio do caminho, primeiro que é fritura e esses dois seres fofos não podem ficar comendo fritura direto, segundo que em apartamento a questão da fritura é complicada.

Aí, pensando nisso, eu resolvi testar uma forma de comer asinhas no forno, assim resolveria grande parte dos problemas e continuaria comendo essas delicinhas. E não é que deu certo? Mega saboroso, rápido de fazer e ainda por cima não fica cheirando fritura. Quer ver como é simples, olha só.

Ingredientes:

- 12 asas de frango
- suco de 2 limões
- 1 col. sopa de páprica picante
- 3 col. sopa de molho de soja
- 1 col. chá de pimenta calabresa
- 1 col. sopa de mel
- 1 col. chá de cominho em pó
- 1 col. sopa de gengibre ralado
- sal à gosto
- 2 col. sopa de azeite extra virgem

Preparo:

- Misture o suco dos limões, a páprica, o molho de soja, a pimenta calabresa, o mel, o cominho, o gengibre e o azeite. Reserve
- Lave as asinhas de frango e limpe o excesso de gordura.
- Em uma vasilha misture os temperos com as asinhas e deixe descansando por no mínimo 2 horas. Se desejar acrescente mais sal à gosto, porém tome cuidado porque temos o molho de soja.
- Passado este tempo, coloque as asinhas em uma forma untada com um pouco de azeite e leve para o forno pré-aquecido 180º por 1 hora (vire na metade do tempo).
- Depois aumente a temperatura do forno para 220º, vire novamente as asinhas e deixe por mais 15 minutos para corar bem.
- Sirva em seguida.

Rendimento: 3 porções com 4 asinhas
Tempo de preparo: 1 hora e 30 minutos (não contando o tempo de espera do tempero)
Grau de dificuldade: Fácil

Para acompanhar servi um arroz colorido e uma salada. Precisa de mais alguma coisa? Não né, agora é só lambusar os dedos e se deliciar! E cuidado, elas ficam bem picantes, se desejar, coloque menos páprica ou menos pimenta.

Ótima semana pra todos!
Beijos,
Fla.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Pão Petrópolis - Mais você


No dia em que assisti a Ana Maria Braga fazendo essa receita quase engoli a televisão de tanta vontade que eu fiquei de experimentar. Eu evito fazer pães de forma manual em casas por três motivos: 1) A gente come muito! 2) Faz muita sujeira em uma cozinha pequena com uma pia pequena. 3) Meus braços sofrem com o sovar da massa.

Só que como a receita rendia 1 pão, eu não precisaria sovar muito e nem abrir a massa com o rolo, tratei de fazer o quanto antes a receita, assim eu poderia matar minha vontade. E vale muito a pena viu, acho que sem dúvida foi o pão mais saboroso que já fiz.

Segundo a Ana Maria Braga, este pão é conhecido na cidade de Petrópolis/RJ e eles costumam vender as fatias desse pão feitas na chapa mas eu sinceramente não tive coragem de fritar meu pãozinho e comi ele só com manteiga.

A receita original com o vídeo explicativo você acessa clicando aqui. E para a melhor compreensão da receita eu recomendo que você assista o vídeo.

Ingredientes:

- 50 gr. de açúcar (1/4 de xícara de chá)
- 400 gr. de farinha de trigo (2 1/2 xícara de chá)
- 1 pitada de sal
- 30 gr. de fermento fresco (2 tabletes)
- 1 col (sopa) de manteiga (15 gr)
- 180 ml de leite (3/4 xícara chá)
- 1 ovo
- 1 gema misturada com 1 col. chá de café pronto

Preparo:

- Numa tigema coloque o açúcar, a farinha e o sal. Reserve.
- Em outra tigela coloque o fermento, a manteiga, o leite e o ovo e misture bem.
- Adicione a mistura de farinha reservada a mistura do fermento e sove bem até obter uma massa homogênea. (Se necessário polvilhe um pouco de farinha para soltar a massa das mãos)
- Deixe descansar a massa por 20 minutos.
- Modela a massa dando formato do pão, polvilhe com farinha de trigo e transfira a massa para uma forma de bolo inglês (25 cm x 10 cm x 6 cm de altura) forrada com papel manteiga nas laterais deixando 10 cm de papel para cima da forma.
- Pincele a massa com a mistura da gema e do café e deixe crescer até dobrar de tamanho (cerca de 1 hora).
- Leve o pão ao forno médio pré-aquecido a 180º por +/- 30 minutos ou até dourar.
- Retire do forno, desenforme, retire o papel manteiga e sirva em seguida.

Rendimento: 1 pão grande
Tempo de preparo: 2 horas
Grau de dificuldade: Fácil

Ai ai, aí depois de pronto, passe aquela manteiguinha esperta e seja feliz. =)

Ótimo final de semana a todos.
Beijos,
Fla.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Como fazer um yakissoba

Um dos posts mais acessados e de maior sucesso aqui no Arte é o "como fazer um omelete". O número de comentários e e-mails que recebo agradecendo pela postagem e as histórias que essas pessoas contam, me deixam muito feliz. Outro nessa mesma linha que as pessoas gostam bastante é o "como é que se faz uma sopa?".

Fazer um passo-a-passo bem explicativo não é fácil. Requer um tempo danado, porque a cada etapa é necessário tirar fotos, e várias delas para que dentre tantas uma fique boa, e geralmente procuro fazer isso quando o marido está em casa, assim ele me ajuda. É por isso que nem sempre eu consigo atender os pedidos de vocês, mas aos poucos eu vou tentando ok?

Dessa vez quem me mandou um e-mail implorando por minha ajuda é a Sônia de São Paulo. A querida enviou um e-mail super gracinha, dizendo que o blog a ajuda muito e que ela fica de olho para ver se vai surgir mais um post do tópico "iniciantes na cozinha". Segundo ela, quando eu publiquei o post da sopa, ela passou o mês demonstrando para a família o que tinha aprendido...risos. Então Sônia, vamos variar o cardápio ok? Hoje eu vou atender o seu pedido e te responder como fazer um yakissoba.

Ingredientes:

- 300 gr. de carnes em tiras (alcatra, coxão mole, mignon ou patinho)
- 1 col. sobremesa de óleo de gergelim
- 1 col. sopa de azeite
- 4 xícaras chá de legumes de sua preferência (neste caso eu utilizei: 1 cenoura cortada em rodelas médias, 1 cebola grande cortada em cubos grandes, 3/4 xícara chá de ervilhas congeladas, 2 xícaras chá de couve-flor)
- 1/4 xícara chá de gengibre fatiado
- 400 gr. de macarrão para yakissoba
- 100 ml de molho de soja
- 100 ml de água
- 1 col. sopa cheia de amido de milho
- sal à gosto

Preparo:


Seguindo a ordem das fotos:

1. Separe todos os ingredientes para facilitar seu trabalho.
2. Em uma panela wok, um tacho ou uma panela comum, aqueça o azeite e o óleo de gergelim e frite a carne que deve ser temperada previamente com um pouco de sal (não utilize muito sal porque a receita tem molho de soja).
3. Quando a carne estiver começando a corar, adicione o gengibre fatiado e deixe refogar bem.
4. Adicione as cenouras ou o legume que você estiver utilizando e que seja de cozimento mais demorado.

5. Adicione as cebolas e as ervilhas.
6. Deixe em fogo baixo até que as cebolas e as ervilhas estejam al dentes.
7. Coloque o macarrão para cozinhar em água e sal conforme instruções da embalagem.
8. Junte a couve-flor previamente cozida ao refogado e deixe em fogo baixo, misturando sempre.

9. Junte o macarrão cozido à panela.
10. Misture bem todos os ingredientes envolvendo o macarrão ao restante do refogado.
11. Em um copo misture bem a água, o molho de soja e o amido de milho e adicione essa mistura à panela em fogo baixo.
12. Misture para envolver todo o yakissoba nesse molho. Deixe cozinhar por cerca de 3 minutos e está pronto.

Rendimento: 4 porções generosas
Tempo de preparo: 45 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Carnes que você poderá utilizar: carne de vaca, lombo de porco, peito de frango e camarão. (utilize a quantidade que quiser, sugiro 300 gr por ser suficiente, porém se não quiser utilizar carne, acrescente mais legumes ou vegetais)

Legumes e vegetais que você poderá utilizar: brocólis, broto de feijão, broto de bambu, cogumelos, acelga, pimentão, etc... (você pode utilizar aqueles pacotes para yakissoba que são vendidos em feiras livres e quitandas que já tem alguns legumes cortados e embalados).

Algumas pessoas vão estranhar o fato de eu ter utilizado ervilhas, mas gente, utilizem o que vocês tiverem em casa, garanto que nenhuma opção ficará ruim.

Espero que esteja bem explicado e que este post ajude muita gente, que assim como a Sônia, não sabia fazer um yakissoba bem gostoso.

Ótima semana pra todos!
Beijos,
Fla.

sábado, 15 de outubro de 2011

Um bife, um purê e um azeite de trufas..


Sim, estou de volta. Meio devagar ainda mas aos poucos vou voltando. O fato é que ainda não consegui organizar meu tempo e por isso vivo numa correria doida e claro, quando isso acontece a carga de stress desce ladeira abaixo e tudo acontece ao mesmo tempo. Agora, respirando com calma, vendo que não dá pra fazer tudo ao mesmo tempo, estou em busca de um equilíbrio, que eu espero encontrar logo, afinal "mens sana in corpore sano".

Mas vamos lá, de volta ao meu blog e se Deus quiser ao de vocês também! Saudade do cantinho dos meus amigos! =)

Receitinhas básicas as de hoje, mas que podem te salvar num momento de pura correria.

Ganhei do marido uma garrafa de azeite trufado. Não sei se já comentei mas meu sonho é provar trufas, não as de chocolate, mas aquelas que são uma espécie de cogumelo que nascem sob a terra e que só são encontradas em alguns lugares do mundo, e que aqui no Brasil custam os olhos da cara, e portanto é quase impossível de conseguir comprar as bichinhas. Portanto, marido sabendo disso, me deu de presente esta garrafa de azeite, que não posso comparar como sendo parecida com o sabor da trufa em si, mas é muuuuuuuuuuuito gostoso (e caro também, infelizmente).

Como eu certamente demoraria para fazer uma receita mais elaborada para utilizá-lo, decidi colocar em uma preparação simples mas para dar aquele toque "tchãn", e aí fiz um delicioso purê de batatas rústico com creme e deitei um fio desse azeite. Morri! Agora não consigo mais comer purê sem meu azeite! Risos...
Mas vamos as receitinhas.

Bifê ao molho de balsâmico

- 6 bifes de coxão mole (ou a carne de sua preferência)
- 1 cebola cortada em cubos grandes
- 1 tomate grande sem semente cortado em cubos grandes
- 2 col. sopa de vinagre balsâmico
- 1 col. sopa de molho de soja
- 1/4 xícara de vinho tinto seco
- Sal e pimenta à gosto

Preparo:

- Tempere os bifes com sal e pimenta à gosto.
- Aqueça uma frigideira com um fio de azeite e frite os bifes aos poucos para não juntar água.
- Retire os bifes da panela e reserve.
- Na mesma panela e com o fogo ainda ligado adicione a cebola e deixe refogar rapidamente.
- Adicione o balsâmico, o molho de soja e o vinho. Deixe em fogo alto por 3 minutos.
- Junte os tomates, mexa bem e volte os bifes para a panela.
- Deixe apurar por uns 3 minutos, desligue o fogo e sirva.

Purê de batatas rústico

- 3 batatas médias
- 1/2 dente de alho ralado
- 1/4 xícara de creme de leite fresco
- 1 col. sopa cheia de manteiga

Preparo:

- Cozinhe 3 batatas grandes com a casca na panela de pressão.
- Depois de cozidas, retire as cascas e amasse com a ajuda de um garfo ou amassador, mas deixe pequenos pedaços para dar o ar rústico do purê.
- Em uma panela aqueça a manteiga e junte as batatas amassadas.
- Adicione o alho ralado e mexa bem.
- Coloque o creme de leite fresco e misture até incorporar. Caso goste do purê mais líquido adicione mais creme de leite.
- Sirva o purê regado com o azeite de trufas se desejar.

Rendimento: 2 porções
Tempo de preparo: 1 hora
Grau de dificuldade: Fácil

E tem gente que acha que bife e purê não pode ser chique né? Risos... Para servir acompanhe uma saladinha e você terá uma refeição completa!

É isso gente! Espero que gostem. Ah sim, e se você já provou trufas, conta pra gente onde, quando e que sabor tem, certeza que todos vão adorar saber também.

Beijos e muito obrigada pelo carinho que recebi pelo blog, pelo e-mail e pelos inúmeros recados que recebi!
Fla.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Parada obrigatória


Quando a gente não está legal, quando a saúde requer cuidados, quando o trabalho está pesado e você acumula muitas funções, há que se criar uma prioridade nas coisas, correto?

Minha vida tá assim, meio de pernas pro ar por enquanto. Trabalho, casa, estudos, saúde... tudo isso precisando de uma atenção EXTRA!

É hora de tentar colocar a vida de volta nos eixos, e como você, leitor do Arte na Cozinha, me conhece e sabe que eu sou muito transparente e que não gosto de deixar este cantinho abandonado sem dar ao mínimo uma explicação, precisei vir aqui e deixar isto registrado.

A parada será breve. Semana que vem eu retorno se Deus quiser. Mas essa semana preciso cuidar um cadinho de mim. Vocês não vão me abandonar né? =)

Então, até semana que vem!

Beijos,
Fla.

sábado, 1 de outubro de 2011

Resultado promoções Tirolez e Mococa

Primeiro lugar gostaria de agradecer a todos que participaram destas duas promoções. Em nome das duas empresas agradeço de coração.

E agora quem será que vai levar para casa o mascote da Tirolez hein? Dedinhos cruzados e vamos lá!!!!

A(o) sortuda(o) foiiiiiiiiiiiiiiii:

MARIA DE LOURDES POÇA - PRÊMIO MASCOTE TIROLEZ


Parabéns querida. Por favor, responder ao e-mail que você receberá em até 5 dias.

E vocês acham que acabou? Não né? Quem será que levou o kit delícia da Mococa???

Tchãn, tchãn, tchãn tchãn... quem levou foiiiiiiiiiiiiiiiiiiii:

SÔNIA FASSINA - PRÊMIO KIT MOCOCA

Parabéns Sônia, você também deverá responder ao meu e-mail em até 5 dias.

Obrigada mais uma vez a todos e aguardem, em breve mais promoções pra vocês!

Beijos,
Fla.