sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Macarrão primavera


Tem dias que eu resolvo que vou fazer uma comidinha mais leve, não necessariamente na questão calorias, mas sim na dos ingredientes, porque como eu sou uma pessoa sempre alerta para "enxaqueca" me privo de comer alguns alimentos durante a noite, porque eu sei que se eu comer, pimba, de madrugada vou me arrepender quando a dor vier.

Molho vermelho é um destes alimentos que cada vez mais eu tento evitar. Não sei se por conta da acidez do próprio tomate, ou porque lanço mão pela praticidade, de utilizar algum molho pronto, mas sei que, mesmo que compre aqueles que se dizem 100% naturais, os bichinhos não me fazem muito bem.

Porém, nem só de molho branco vive uma bela massa, e como em casa o consumo de macarrão é grande, porque gostamos bastante, eu preciso ter muita imaginação para não repetir sempre o mesmo molho. E porque a ordem agora é consumir mais legumes, que inventei esse molhinho que ficou supimpa de bom! E o melhor, é fácil!

Ingredientes:

- 250 gr. de macarrão fusilli ou o de sua preferência
- 5 col. sopa de azeite
- 1/2 cebola grande picada ou 1 pequena
- 2 dentes de alho fatiados
- 2 tomates bem vermelhos s/ pele e s/ semente
- 2 col. chá de colorau
- 1 xícara de brocólis cozido e picado em pedaços pequenos
- 1/4 xícara da água do cozimento do macarrão
- sal e pimenta a gosto

Preparo:

- Cozinhe o macarrão conforme instruções da embalagem. Reserve a massa e 1/4 de xícara da água do cozimento.
- Em uma panela aqueça o azeite e frite a cebola e o alho até ficar transparente.
- Junte o colorau e deixe fritar um pouco.
- Acrescente o tomate e deixe ferver em fogo baixo até que ele vire um purê.
- Junte o brocólis picado, a água reservada e mexa bem. Deixe ferver por uns minutinhos.
- Coloque sal e pimenta a gosto, mexa e sirva em seguida.


Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 20 minutos
Grau de dificuldade: Moleza

Preciso nem dizer que até o parmesão é dispensável se você está de dieta e precisa manter a linha. A quantidade do azeite pode parecer muito, mas não fica não, como não tem muito "molho" propriamente dito, o azeite ajuda no purê de tomate para ficar mais substancioso.

Receita fácil e estômago feliz, minha combinação predileta!

Ótimo final de semana e excelente feriado para quem, assim como eu, vai ficar de bobeira em casa! Aproveitem para descansar!

Beijos,
Fla.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Peixe ao molho de catupiry e mostarda

Sempre achei a combinação peixe + queijo um tanto quanto perigosa. Mas como a ideia é sempre aproveitar o que temos na geladeira e eu tinha um pouquinho de requeijão tipo catupiry perdido por lá, pensei comigo que talvez um molhinho para o peixe ficasse bom fazendo uso do mesmo.

Agora, de verdade eu vou começar a comer mais peixe, porque minha mãe (valeu manhê!) mudou a loja e do ladinho da loja tem uma feira toda quarta-feira, então, na terça eu ligo e passo minha listinha, e mamãe Néia gentilmente faz a feira pra mim!


Na semana passada ela me trouxe lindos filés de merluza, estavam altos, e eram enormes. Nem acreditei que fosse merluza. Aí pensei em fazê-los grelhados com legumes, mas como disse no começo do post, resolvi mudar de ideia e fazer um molho de mostarda em grãos, catupiry e creme de leite, e olha, com tantos "hummmmmm" que ouvi do marido, certamente farei a receita mais vezes.

Ingredientes:

- 8 pedaços de filés de merluza (eu comprei 4 filés grandes e parti na metade)
- suco de 1 limão siciliano
- 1 col. café de lemmon & pepper
- sal a gosto
- 2 col. sopa de azeite
- 1/4 xícara chá de vinho branco seco
- 2 col. sopa de requeijão tipo catupiry
- 2 col. sopa de creme de leite
- 1 col. sopa de mostarda L'ancienne (em grãos)

Preparo:

- Tempere o peixe com o suco do limão, o lemmon & pepper e sal a gosto. Reserve por 20 minutos.
- Em uma frigideira aqueça 1 col. sopa de azeite e doure os filés até que fiquem dourados e cozidos. (Se necessário utilize mais 1 col. sopa de azeite para grelhar o restante dos filés)
- Reserve o peixe e na mesma frigideira coloque o vinho branco seco. Deixe evaporar um pouco.
- Coloque a mostarda, misture bem e junte o catupiry.
- Misture o creme de leite e caso queira um molho mais líquido, adicione umas colheres de água.
- Sirva por cima do peixe.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 40 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Gente sem brincadeira, ficou muito melhor do que eu esperava. O molho fica leve e combina muito com o sabor do peixe. Se você tiver um grill pode fazer o peixe nele também, para não fazer sujeira no fogão.

É isso gente!
Boa quarta!
Beijos,
Fla.

OBS: Gente, não sei se vocês repararam mas estou informando agora o rendimento, o tempo de preparo e o grau de dificuldade de cada prato. Esta foi uma sugestão dada pela leitora Ana Carla de Florianopólis, e eu achei muito legal. Se você também quiser dar sua sugestão ou fazer alguma crítica escreva para fla.artenacozinha@gmail.com. Obrigada!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Das coisas simples da vida...

Pão com ovo.
Bolo de fubá.
Arroz com feijão.
Bife acebolado.
Macarronada de domingo.
Andar descalço na casa da mãe.
Cozinhar bebendo uma cerveja.
Beber com os amigos.
Churrasco na casa da irmã e do cunhado.
Ouvir samba de domingo de manhã.
Bater papo furado com a irmã no telefone.
Dar risada a toa com o marido.
Brincar com o sobrinho de esconde-esconde.
Trocar receita com uma amiga.
Jogar baralho com avô de 88 anos.
Falar bobagem com os amigos.
Jogar truco na hora do almoço.
Tomar caipirinha com o marido.
Dormir depois do almoço no sofá.
Conversar por horas a fio sentada na cozinha com o sogro.
Olhar fotos antigas.
Comer peixe com a mão.
Abraçar minha mãe quando ela não espera ganhar um abraço.
Trocar muitos emails por dia.
Queimar um incenso de lavanda.
Chegar em casa e colocar chinelo.
Sentir cheiro de amaciante estentendo a roupa no varal...
Tomar café da manhã de domingo com o marido.
Comer pão frito.
Pão com margarina e geléia de morango.
Tomar toddynho.
Fazer compra do mês.
Viajar.
Blogar!

São essas coisas simples que me deixam feliz de verdade...
Uma ótima terça-feira a todos!
Beijos,
Fla.

(Foto: pão com ovo mexido e queijo. )

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Talharim ao mignon e funghi

Hoje é dia mundial do macarrão, a data foi criada durante o primeiro congresso mundial sobre o alimento, que reuniu os principais fabricantes do mundo em Roma, na Itália, em 1995. E como curiosidade o Brasil é o terceiro maior fabricante de macarrão do mundo e ocupa a 12ª posição no ranking mundial de consumo deste alimento com 6,6 Kg por habitante/ano. Ou seja, a gente come macarrão pra dedéu! Mas nem perto do que os nossos amigos italianos consomem, 28 Kg por habitante/ano.

Então para comemorar esta data, eu que sou amante de uma boa massa, lembrei que num sábado desses, eu e o marido fomos jantar na casa da minha mãe e decidimos, ao invés de pedir pizza, preparar algo rápido para jantarmos, até porque depois viria aquele joguinho de baralho que adoramos, e é preciso estar bem alimentado.

Aí que minha mãe tinha massa fresca, eu tinha carne e funghi, e logo sugeri de então preparar um talharim ao molho de funghi e tiras de mignon, e olha que a ideia foi realmente feliz, porque ficou delicioso.

Para acompanhar minha mãe fez uma torta de abobrinha e queijo, que vem em outro post logo logo, e que é simplesmente dos deuses! Uma das minhas tortas favoritas sem dúvida alguma e que minha mãe fez atendendo a um pedido meu. Boazinha ela né? Rs...

Então vamos a receitinha?

Ingredientes:

- 800 gr. de mignon em tiras
- 1 xícara de funghi sechhi
- 1 col. sopa de manteiga
- 500 gr. de talharim
- 3 xícaras de água
- 2 col. sopa de farinha de trigo
- 1 cebola roxa pequena picada
- 1 xícara de vinho branco seco
- 1 caixinha de creme de leite
- 1 tablete de caldo de carne
- sal e pimenta a gosto

Preparo:

- Em uma tigela coloque o funghi e hidrate com 2 xícaras de água quente por 30 minutos.

- Passado esse tempo, retire com cuidado o funghi, pique e coe a água do funghi com a ajuda de um coador de papel. Reserve o funghi e a água.

- Tempere o mignon com sal e pimenta a gosto e deixe reservado por uns 15 minutos.

- Em uma panela aqueça um fio de azeite e adicione a carne. Deixe em fogo médio até que esteja bem cozida e corada.

- Retire a carne da panela e reserve.

- Na mesma panela aqueça a manteiga e frite a cebola até que fique transparante.

- Adicione o funghi picado e deixe refogar por uns 5 minutos.

- Coloque o vinho branco e deixe reduzir até restar cerca de 1 colher de sopa no fundo da panela.

- Neste momento, junte novamente a carne reservada, adicione a água do funghi e deixe ferver.

- Dissolva o caldo de carne em 1 xícara de água quente e junte dissolva 2 col. sopa de farinha de trigo, coloque na panela e deixe em fogo baixo por 15 minutos, mexendo de vez em quando.

- Corrija o sal, acrescente pimenta a gosto e reserve.

- Cozinhe a massa conforme instruções da embalagem, escorra e junte ao molho.

- Polvilhe queijo ralado e sirva em seguida.

Rendimento: 10 porções
Tempo de preparo: 60 minutos
Grau de dificuldade: fácil

Fica muito bom. Já tinha feito aqui este molho de funghi, mas com o mignon deu um "tchãn" a mais que eu achei o máximo. Vale a pena.

Bom gente, vamos encarar a segunda-feira, esse horário de verão que logo logo chega o final de semana e o feriadinho! Ueba!

Beijos,
Fla.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Produtos TAEQ

Então gente, desde que eu me rendi novamente ao twitter (@artenacozinha) que venho participando de promoções e sorteios, e olha, pra minha sorte eu tenho me dado super bem viu, e para quem até então só tinha tido sorte num bingo e ainda por cima ganhou uma cama (presente de grego), eu virei o jogo e ando numa maré muito boa de sorte.

E foi assim que ganhei esse kit da Taeq (@Taeq) que é uma marca de produtos naturais e de baixa caloria bem conhecida e distribuída aqui na minha cidade pela rede Extra (mas também pela rede Pão de Açúcar), e eu já sabia que tinha vários produtos da marca e já até tinha consumido alguns, mas não sabia que a linha era tão grande.

Pra minha surpresa, quando venci um concurso cultural para escrever uma frase de incentivo para os corredores da equipe da Taeq, me avisaram que eu iria receber uma cesta de produtos, mas de cara achei que fosse pouca coisa... gente que nada! Foi uma mega cesta!

Olhe só tudo que recebi e tudo da marca deles:

- 1 roupa de ginástica (camiseta e shorts)
- 1 squizz com gel (achei o máximo isso)
- 2 caixas de gelatinas
- 1 caixa de pudim
- 1 caixa com 3 barrinhas recheadas com goiaba
- 1 caixa com 3 barrinhas de maçã
- 1 caixa de chá verde de limão e gengibre
- 1 pacote de castanha de cajú orgânica
- 1 sabonete de lichia (tuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom)

Adorei tudo e com certeza vou passar a consumir mais os produtos da marca agora que fui apresentada a todos eles. Eu recomendo.

Obrigada @Taeq pelo presentão!

Beijos,
Fla.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Macarrão na panela de pressão


Demorei cerca de 3 anos para me render a esta receita, que claro, eu já havia provado na casa da minha mãe e da minha irmã também. Mas eu sempre pensei que fazer macarrão não é demorado, e por isso talvez fosse só um jeito de utilizar uma panela só.

Pois bem, ledo engano meu caro e minha cara, o negócio fica bom, é prático e dá tão certinho. Quando abri a panela e vi ali meu macarrãozinho no ponto certinho, eu quase bati palmas para mim mesma...hahahaha.

A receitinha que eu fiz, foi uma que está anotada no meu caderninho de receitas e ela veio da minha mãe, mas provavelmente todas são bem parecidas, mas se você ainda não fez, faça que vale a pena.

Ingredientes:

- 500 gr. de macarrão (penne ou fusilli)
- 1 cebola pequena picada
- 1 col. sopa de azeite
- 1 lata de molho de tomate
- 2 latas de água
- 1 lata de creme de leite s/ soro
- sal e pimenta a gosto
- 2 gomos de linguiça calabresa fatiada (eu usei linguiça Josefina)

Preparo:

- Em uma panela de pressão coloque o azeite e frite a calabresa.
- Adicione a cebola e deixe fritar um pouquinho.
- Adicione o macarrão, o molho, a água, o creme de leite, o sal e pimenta e mexa bem.
- Tampe a panela e deixe em fogo médio.
- Quando a panela pegar pressão conte 3 minutos e desligue em seguida.
- Retire imediatamente a pressão, mexa bem para deixá-lo cremoso e sirva em seguida.
- Polvilhe queijo ralado e salsinha picadinha.



Ah vá, essa até quem não sabe cozinhar vai poder fazer e ainda pagar uma de chef de cozinha! =) Muito fácil, vale a pena para quebrar um galho, e você ainda pode colocar frango ao invés da calabresa, ou carne moída, pode acrescentar cenoura ralada, milho, ervilha, o que sua imaginação deixar!

É o que temos para esta quinta-feira ensolarada! =)

Beijos gente!
Fla.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Conhecendo Salvador...

Quando adolescentes, eu, minha irmã e uma prima muito querida, adorávamos falar como legítimas baianas. Era um tal de oxente pra cá, bichinha pra lá, mainha acolá, e fazíamos isso simplesmente porque era nosso jeito de se comunicar, brincar e se divertir. Sempre brincávamos que um dia nós 3 iríamos para a Bahia e aí é que voltaríamos insuportáveis porque certamente adotaríamos aquele sotaque delicioso.

A vida se encarregou de realizar nosso sonho, todas nós pudemos conhecer aquela terra linda, cada uma ao seu tempo, e eu fui a última, por isso além da vontade louca de desbravar aquele lugar maravilhoso, a sensação de "elas poderiam estar aqui comigo" se fazia presente a cada "minha rainha" que eu ouvia da população nas ruas.

Ficamos (eu e marido) apenas 3 dias em Salvador, um tempo muito curto para se conhecer toda aquela cidade, que até então eu imaginava ser bem menor do que realmente é. Ficamos hospedados no hotel do SESC, porque marido trabalha lá e então pagamos um preço bem camarada. O atendimento do hotel é muito bom e a parte de hospedes é totalmente separada da parte em que a população pode fazer uso gratuitamente, o que é ótimo porque o lugar lota minha gente!


O primeiro passeio que fizemos foi pela cidade baixa. Um guia muito do doido nos levou para conhecer alguns lugares como o "Dique do Tororó", onde na frente existia o estádio Fonte Nova, que foi destruído para a construção de um novo estádio para a Copa de 2014, depois passamos pelo porto e chegamos na minha tão esperada Sorveteria da Ribeira, onde aproveitei a curiosidade para provar um sorvete de tapioca e de cupuaçu. (Aliás cupuaçu é uma das minhas frutas prediletas, já falei?).

Depois fomos até à Igreja do Bonfim. Infelizmente não conseguimos ficar por lá muito tempo, como estava tendo missa, tinha muita gente dentro da Igreja e ficamos só alguns minutos, mas deu para conhecer este ponto turístico tão bonito e claro apreciar a vista de lá de cima que é linda de viver. Ah sim, e nem vamos comentar dos vendedores ambulantes porque olha eles te deixam louca. Ainda mais eu, branquela que só, com toda a pinta de turista que existe. Essa parte não é legal.

Saindo de lá chegamos ao Mercado Modelo, lugar apinhado de turistas enlouquecidos com a quantidade de artesanato, produtos regionais, e os famosos souvenirs. Preciso dizer que eu estava entre estes turistas, porque meu lado consumista fica muito aflorado nestes lugares e simplesmente quero levar tudo, coitado do meu marido...risos. Trouxe além de camisetas, beiju para tapioca, dendê, manteiga de garrafa, castanha e muitas outras coisas. Tudo de bom e parada obrigatório de qualquer turista!

Pois bem, a noite, como todo bom paulista que se preze, fomos conhecer o Shopping Salvador e meu Deus como lá é grande (moro em Sorocaba onde o Shopping tem um andar só...hehe). Andamos bastante e decidimos entre aquele monte de restaurantes comer no MAO THAI, uma comida deliciosa e barata. Super indico!

No outro dia, além de aproveitar muito a piscina do hotel, fomos passear na Cidade Alta. Antes passamos por vários pontos turísticos, incluindo o maravilhoso Farol da Barra que tem a vista mais bonita da cidade na minha opinião. Por mim eu ficaria horas ali só olhando aquela paisagem.

E de lá partimos para o Elevador Lacerda, que faz o acesso à Cidade Alta. Enfrentamos aquele sol de estourar mamona, e por R$ 0,15 chegamos ao nosso destino. Visitamos Igrejas lindas, mas para mim a mais especial foi a Igreja de São Francisco de Assis, santo pelo qual sou devota e por isso essa visita teve um significado especial para mim, foi muito, mas muito emocionante.

E claro, Cidade Alta significa principalmente Pelourinho e ali minha gente eu me achei! Que delícia conhecer aquelas ruas estreitas, cheia de cultura, de história e de baianas a caráter por todos os lados. Um passeio também obrigatório para qualquer turista e que vale muito a pena. Pena que naqueles dias não teve nenhum ensaio do Olodum, eu adoraria ir!


Para fechar nossa estadia na Bahia com chave de ouro, por indicação do nosso taxista Fernando (já já conto essa história), fomos conhecer o restaurante do premiadíssimo Chef Beto, o Paraíso Tropical, que por sinal faz juz ao nome, porque ali é um pedacinho do paraíso mesmo.

Além de termos sido super bem atendidos pelo garçom Léo (figura!), o próprio Chef Beto, foi pessoalmente nos contar um pouco sobre o restaurante, seus prêmios e explicar alguns dos pratos com muita simplicidade e simpatia. Ah sim, e perca alguns minutos babando na Jabuticabeira que fica ao centro do restaurante, linda linda linda de viver e repleta de frutos.



Aliás, a maioria dos produtos utilizados pelo Chef vem da plantação que eles possuem no fundo do restaurante. Aquele lugar é uma antiga rinha de galos, que após ser fechada foi transformada neste belíssimo espaço gourmet.

Como turista é fogo, eu tratei logo de provar tudo o que eu não havia comido ainda, e pedimos como entrada uma porção de com carne de sol (que não tem nada a ver com a nossa carne de sol daqui), carne e linguiça de fumeiro, acompanhados de farofa de manteiga, vinagrete e molho de biribiri. Ok, pra você é muita novidade? Pra mim também foi, uma agradável surpresa diga-se de passagem, porque as carnes são simplesmente divinas e os acompanhamentos idem. Meu marido gamou na tal da farofa e eu no biribiri que é uma frutinha nativa e bem azedinha.

Para acompanhar esta delícia, aceitamos a sugestão do garçom e fomos de frozen (eles chamam de suco) de coco e morango. Agora pára tudo! Vocês não tem ideiaaaaa do que é esta bebida. Feita de pura fruta, o sabor é algo que só provando para poder entender. Ai que vontade!

Depois, como prato principal, fomos de polvo, camarão e peixe com frutas carameladas. E gente, aquele caramelo eu não faço ideia do que seja mas é de longe o melhor prato que já comi em restaurantes! Para quem gosta de comida agridoce como eu, a pedida é certeira! E ainda tinha os acompanhamentos divinos: arroz com ervas, mandioca cozida e passada na manteiga e a farofa de manteiga. Um prato digno de premiação!

E aí você acha que acabou? Não não não. Quando você solicitar a sua conta, um querido garçom trará até sua mesa uma cesta repleta de frutas do pomar do restaurante, todas lindas e brilhantes, algumas já cortadinhas (jaca, cana de açúcar geladinha, mamão, manga, abacaxi) para você comer como sobremesa, e isso não é cobrado! Fora que o que você não consumir, eles ainda colocam numa sacola para você levar para casa. Foi assim que vim parar em Sorocaba com uma manga gigante, um cacau, tamarindos e biribiris.

O valor não é tão salgado se levarmos em conta a qualidade da comida. Tudo o que comemos, e foi muita comida gente, ficou em torno de R$ 170,00 para o casal. Garanto a vocês, que é um preço muito bem pago e que vale a pena conhecer o Paraíso Tropical.

E para terminar este post, vamos falar do nosso taxista. Conhecemos o Fernando no nosso segundo dia em Salvador, no começo ele quieto e nós também, até que começamos a puxar papo e eu e ele ficamos ali bons minutos conversando, e o marido ouvindo...risos... (marido não é de falar muito...rs). Fernando me deu várias dicas sobre a cidade, além da indicação do restaurante onde nos levou no dia seguinte, e já ficamos amigos!

Papo vai, papo vem, Fernando me conta que tem um site e que precisava de ajuda para fazer com que o site tivesse várias visitas para o Sr. Google deixá-lo na primeira página. Aí esta que vos escreve contou que tinha um blog e pronto, já fizemos uma troca de informações. Então queria pedir esse favorzinho à vocês, se você tiver algum conhecido que precisa de um táxi e que quer ser muito bem atendido, indique o http://www.taxidesalvador.com.br/. E claro, se você puder entrar no site dele para dar aquela força, eu agradeço! É só entrar, para que o Tio Google, registre sua visita.

E assim terminou nosso feriado delicioso. Claro que pretendo voltar muitas outras vezes a esta cidade linda, inclusive para o Carnaval, e se Deus quiser, quando eu me aposentar ainda vou morar por lá, porque afinal, eu levo ou não levo jeito para ser uma baianinha???? =)


Beijos,
Fla.

Links úteis:

http://www.sesc-ba.gov.br/
http://www.sorveteriadaribeira.com.br/
http://www.maothai.com.br/
http://www.salvadorshopping.com.br/
http://www.restauranteparaisotropical.com.br/
http://www.taxidesalvador.com.br/

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Bolo fofinho de limão siciliano


Um certo dia aqui no meu trabalho, conversando com um colega, o Paulo, a respeito de frutas, plantações, etc, ele me disse a seguinte frase: "Flavia, você sabe alguma receita que dá para utilizar aquele limão doce?".

Fiquei encucada com a pergunta e resolvi questioná-lo sobre o que era "limão doce", eis que vem a resposta: "É aquele limão grandão, meio amarelo, em casa está perdendo, ninguém sabe o que fazer com ele direito".

PARA TUDO E CHAMA AS FORÇAS ARMADAS! Eu indignada respondi que como assim ele estava jogando fora do limão que eu pago R$ 12,00 o quilo!!! Claro que logo expliquei a mina de ouro que ele tem em casa e que deveria oferecer em quitandas da cidade, porque aqui em Sorocaba, além do dito cujo ser caro pra danar, ainda por cima é difícil de encontrar.

Tratei logo de pedir alguns e o Paulo claro atendeu meu pedido e me trouxe uma sacola destes limões, que nós, apreciadores da boa culinária amamos!

Masssss como tudo aqui no serviço sempre tem dois lados, ele obviamente me entregou os bonitinhos com segundas intenções, eu claro, teria que fazer um bolo utilizando o limão para trazer aqui no trabalho, e como isto não é nem de longe um sacrifício para mim, resolvi pegar a receitinha da nossa amiga Trícia do Cheirinho de Coisa Boa.

A receita original você encontra aqui, e aproveite para conhecer o blog que vale super a pena. Como eu tinha limão sobrando eu resolvi fazer outra cobertura e ficou deliciosa também. Mas vou fazer de novo esta receita e fazer a cobertura da receita para testar.

Vamos lá então?

Ingredientes:

- 4 ovos inteiros
- 2 e 1/2 xícara de farinha de trigo peneirada
- 1 e 1/2 xícara de açúcar
- 8 col. sopa de leite
- 200 gr. de manteiga s/ sal amolecida
- 2 col. chá de fermento em pó
- raspas de 1 limão siciliano

Minha Cobertura:

- 1 lata de leite condensado
- suco de 2 limões siciliano

Cobertura da Trícia:

- 2 xícaras chá de açúcar de confeiteiro
- 1 col. chá de margarina
- 3 col. sopa suco de limão siciliano
- 1 col. sopa de água

Preparo:

- Bata os ovos, o açúcar a as raspas do limão até obter um creme fofo e amarelo claro.
- Acrescente a manteiga aos poucos com a batedeira bem lenta.
- Coloque a farinha aos poucos intercalando com as colheres de leite.
- Quando estiver bem homogêneo, misture o fermento gentilmente.
- Unte com margarina e farinha uma assadeira com furo no meio (25 cm de diâmetro) e asse em forno pré-aquecido, 180º por 45 minutos.
- Depois de pronto, retire do forno e desenforme. Coloque imediatamente a cobertura.

Minha cobertura:

- Misture o leite condensado com o suco dos limões, misture bem até engrossar, passe com a ajuda de uma espátula no bolo inteiro.

Cobertura da Trícia:

- Aqueça em banho maria até misturar e jogue sobre o bolo.


Olha o bolo é fofinho, mas é fofinho que até desmancha. Ficou simplesmente divino, façam que vocês não irão se arrepender.

Não é sorte a minha ter um colega de trabalho com um pomar em casa? =)

Beijos a todos,
Fla.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Muffin light de aveia e legumes

Oi gente, tudo certinho com vocês? Por aqui tudo belezinha, tirando que ainda não consegui entrar no ritmo depois do pequeno descanso em Salvador, mas vamos indo que semana que vem eu engato a segunda marcha...risos.

E aí que esse mês eu não fiz compra e minha geladeira está caótica e vai ficar assim até o mês que vem, porque minha meta é utilizar as coisas que estão no armário e prestes a vencer, porque já falei diversas vezes aqui que jogar comida fora, nem pensar!

Então que inspirada pela querida Vinni do Amehlia Digital que fez esses deliciosos muffins de brocólis e pela vizinha Tati do Panelaterapia que fez estes muffins de azeitona preta, ervas e vegetais, resolvi utilizar um pouquinho de tudo que tinha na geladeira e no armário para preparar meus próprios muffins salgados.

E olha, eu me surpreendo cada vez que utilizo aveia em pratos como este, porque além de ficar mais saudável, a consistência fica maravilhosa, assim como fiz com as panquecas que publiquei aqui, estes bolinhos com aveia ficaram divinos e o melhor de tudo meus queridos, é light! (Claro, se você comer 8 bolinhos não vai ficar nada light...risos).

Então vamos a receitinha?

Ingredientes:

Massa:

- 2 ovos
- 1/2 xícara de óleo de milho ou canola
- 3/4 xícara de leite (usei o desnatado)
- 1 col. sobremesa de fermento em pó
- 3 col. sopa cheia de aveia em flocos
- 2 col. sopa cheia de amido de milho
- 3 col. sopa cheia de farinha de trigo
- 1 col. chá de sal

Recheio:

- 1 cenoura grande ralada
- 1 tomate grande sem semente picado
- 1 xícara de queijo mussarela light TIROLEZ em cubos
- 1/4 xícara de cogumelos fatiados
- 8 pimentas biquinho
- 1 col. chá de azeite
- 1 col. café de lemmon & pepper
- 1 col. café de pimenta calabresa
- sal a gosto

Preparo:

- Bata todos os ingredientes da massa com a ajuda de um mixer ou liquidificador. Reserve.
- Em uma vasilha misture todos os ingredientes do recheio (menos a pimenta biquinho), mexa bem e reserve.
- Unte forminhas de muffins com margarina light e farinha de trigo.
- Despeje pouquinha massa no fundo das forminhas, cubra com 1 col. cheia do recheio, coloque uma pimenta biquinho em cada forminha e coloque mais um pouquinho da massa apenas para cobrir.
- Leve ao forno médio pré-aquecido por 35 minutos ou até que estejam coradinhos.


Rendimento: 8 muffins
Tempo de preparo: 50 minutos
Grau de dificuldade: fácil

É importante colocar pouca massa, tanto embaixo quanto em cima ok? Porque a ideia é ficar uma massinha fina apenas para cobrir o recheio.

Difícil ter uma receita light por aqui, então esta é uma ótima opção, para quem está tentando encontrar a linha do saudável depois de passar o feriado comendo tapioca com muita manteiga de garrafa! =)

Beijos e ótimo final de semana.
Fla.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

De volta!

Oxente meus queridos, vocês estão todos bem? Espero que sim e que tenham aproveitado muito esse feriado prolongado! E um beijo para todas as crianças pelo dia de ontem, principalmente nos meus dois sobrinhos lindos: Gui e Artur.

Sim meu rei e minha rainha, saí da Bahia mas a Bahia ainda não saiu de mim! O feriado foi maravilhoso, Salvador é uma terra abençoada, e se eu antes tinha dúvida agora não tenho mais: Deus é brasileiro e é baiano!

O passeio foi rápido porém delicioso, e claro que ficamos com um gostinho de "quero mais" e é bem provável que uma outra ida a Bahia aconteça ano que vem, porque em 3 dias não dá pra conhecer muita coisa.

Vai rolar um post falando mais sobre a viagem claro, e amanhã voltamos com a programação normal do blog, porque hoje a coisa tá danada de corrida no trabalho. Então, fiquem com essa imagem (a foto não é minha tá, ainda nem descarreguei as fotos), que é uma das vistas mais lindas de Salvador e que eu tive o prazer de admirar. (Vista do Elevador Lacerda e abaixo Mercado Modelo)


Beijos e até amanhã.
Fla.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Novidades e lançamentos do mercado


Ok, eu não tenho crianças em casa mas eu e meu marido adoramos porcarias como bolachas, achocolatadas industrializados, salgadinhos, essas coisas que nenhuma mãe gosta de dar para seus pimpolhos, e que agora que somos grandes podemos comer a vontade (#not)...hehe.

E quando eu vi os lançamentos (já faz um tempo inclusive) da linha fast da Nestlé, claro que corri no mercado para comprar e experimentar, porque uma bebida de Alpino, só poderia ser maravilhosa!

Massssssssss, pasmem, na bebida não vem chocolate Alpino, e a bebida além de ser doce pra caramba, tá longe de ser uma delícia. Aliás das três versões existentes no mercado: Nescau, Alpino e Neston, a última é a única que ainda vale a pena comprar para tomar. Ou seja, aprovado pero no mucho.



Agora o que estou mesmo esperando chegar no mercado é o Brown Cow! Sim, porque se você tem mais de 25 anos, certamente lembra do delicioso achocolatado líquido, nossa chega a me dar água na boca! Delíciaaaaaa! Parece que por enquanto só estará disponível nos supermercados Pão de Açúcar e Wall-Mart. Entãooo, fiquem de olho! E se alguém já encontrou por favor conta pra gente nos comentários se o sabor é o mesmo!!!


E falando em novidades do mercado, eu provei também o Knorr Meu Feijão. Olha, a cor realmente fica diferente, o que me dá um certo medinho, o sabor é muito bom, e para quebrar um galho naquele momento que você está com pressa e não pode descascar um alho sequer, ele serve muito bem. Tá aprovado.


Outra novidade que chegou no mercado e eu tenho que fugir para não passar perto na prateleira e levar tudo pra casa é a nova bolacha wafer MAX Bauducco. Uma bolacha cheia de chocolate que se você não tomar cuidado também vai ganhar uns bons quilinhos a mais! Super indico!


Pessoal, hoje é só um post bem rapidinho com algumas opiniões sobre lançamentos do mercado alimentício. Como vocês podem perceber a cozinha de casa anda meio parada mas tem motivo, estou indo visitar Salvador este feriado! Um dos lugares que sonho em conhecer é esta terra e por isso estou feliz demais da conta! Serão poucos dias mas já vai dar para aproveitar e descansar.

Então é isso gente! Até a volta, aproveitem o feriado e descansem bastante!
Beijos,
Fla.


Nota: As opiniões expressadas através de cada post dos tópicos: "Eu experimentei" e "Leitura em dia" são exclusivamente desta que voz escreve e não tem o intuito de influenciar na escolha de cada um, uma vez que são apenas sugestões e todos tem direito a livre escolha. Obrigada.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Sanduba catadão

O post de hoje na verdade não tem uma receita específica, mas é só pra mostrar pra vocês que a gente sempre pode inventar coisas novas na cozinha, reaproveitando aquilo que temos na geladeira, sem precisar jogar nadinha fora!

Eu fiz um pão de tomilho e iogurte delicioso que postei aqui, e também havia feito aqueles bifes na panela de pressão que postei aqui, claro que sobrou dos dois e não tive dúvida do que fazer com eles.

Peguei duas fatias grossas do pão, passei um tequinho de creme de ricota Tirolez, coloquei fatias de queijo branco, por cima um bife bem quentinho com os legumes e o molhinho, depois lotei de folhas de rúcula que eu amo de paixão, e ainda coloquei um pingo de ketchup porque eu não sou boba nem nada.


Com um copão de coca zero, sentada no sofá, vendo The Big Bang Theory! Olha que bela refeição! E zero disperdício! =) E o nome do sanduíche fica bem claro né? É só fazer um "catadão" na geladeira e você terá um delicioso sanduba!

Fica a dica! Reinvente seus pratos, não jogue comida fora!
Boa quarta.
Beijos
Fla.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Muffins de maçã e passas

Semana começando, espero que todos estejam bem, e apesar de não crer que o palhaço Tirirca tenha sido eleito como deputado federal e ainda por cima ter sido o mais votado, a vida continua e agora é esperar para ver no que vai dar essa "palhaçada".

E como por aqui o tempo nublado e a garoa fina estão presentes há mais de uma semana, que tal um muffin de maçã para saborear com um café bem fresquinho?

Essa receita é super coringa, na verdade é de um bolo, mas dessa vez em fiz nas forminhas para ficar com cara de muffin, dica aliás da minha amiga Bruna. A receita eu já postei aqui no blog, mas com bananas, que continua sendo a minha versão predileta, mas com maçã também fica show! Faça que você não irá se arrepender!

Vamos lá a receitinha então?

Ingredientes:

- 3 maçãs pequenas picadas com casca
- 1/2 xícara chá de uva passa s/ semente
- 3 ovos
- 1 1/2 xícara chá de farinha de trigo
- 1 1/2 xícara chá de açúcar
- 3 col. sopa de margarina derretida
- 1 col. sopa de fermento
- 1/2 col. sopa de canela

Preparo:

- Misture as maçãs picadas e a uva passa e reserve.

- Em uma tigela coloque os ovos com o açúcar e bata bem com a ajuda de um batedor até ficar homogêneo.

- Adicione a margarina derretida, a farinha e por último o fermento.

- Junte esta mistura a maçã reservada e mexa bem. A massa fica bem espessa.

- Despeje a massa nas forminhas de muffins ou cupcakes até preencher 3/4.

- Leve ao forno pré-aquecido, por aproximadamente 25 minutos.


Hummmm delícia! E se quiser fazer um bolo na forma inteira, é só despejar o conteúdo em uma forma de buraco no meio untada e enfarinhada! E deixar por 35 minutos no forno para o bolo ficar bem assadinho.

E aí, fala a verdade, dá pra fazer ainda hoje né? Corre lá, você não vai se arrepender.

Ótima semana pra todo mundo!
Beijos,
Fla

sábado, 2 de outubro de 2010

Eleições 2010


Amanhã será um dia importante para todo o povo brasileiro. Dia de eleger não só deputados estaduais e federais, senadores, governadores, assim como aquele que irá ser o representante do país pelos próximos 4 anos, o nosso Presidente da República.


Esta será a 6ª vez que o cidadão poderá fazer sua escolha pelo voto direto para Presidente, um número relativamente baixo é bem verdade, mas agora temos a nosso favor uma ferramenta de importância mundial: a internet.


Nunca fomos tão informados! Twitter, notícias on-line, orkut, blogs, sites, etc, etc, etc. A falta de conhecimento desta vez não será uma desculpa plausível. Recursos para buscar informações estão disponíveis para todo e qualquer cidadão, seja na sua casa, no seu trabalho, na sua escola ou em locais onde as Prefeituras disponibilizam acesso gratuito à internet.


É claro que assim como tudo aquilo que assistimos nos canais de tv, bem como aquilo que lemos nas mídias impressas ou em qualquer outro meio de comunicação, as informações devem ser bem analisadas e comparadas com outras, porque verdade seja dita, pesquisar nunca vai ser demais e muitas notícias falsas circulam por aí.


Mas informe-se! Vote consciente! Não venda seu voto! E principalmente não olhe apenas para aquilo que acontece ao redor da sua família para escolher o seu candidato, lembre-se que por aqui temos mais de 192 milhões de brasileiros que também depende do seu voto.


Exerça sua cidadania e faça sua parte de consciência tranquila!


Boa votação.
Fla.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Panqueca de aveia - Feito na Hora

E então a nossa sexta-feira chegou hein?! Que alegria! Agora é aproveitar bem o final de semana e se preparar para começar tudo de novo.

Recebi alguns emails perguntando quando eu vou mandar as receitas da Maizena, gente eu estou digitando as receitas, então demora um porquinho tá. Eu só tenho de noite para fazer isto, mas calma que vocês receberão.

Queria também aproveitar para agradecer os novos seguidores que estão chegando aqui no blog, os queridos seguidores do twitter e também todos os votos que obtive na votação do blogbooks 2010. Não levei o livro, mas não fiquei triste, acho que tudo na vida tem seu tempo, tem sua hora, e não era pra ser. Mas agradeço aos mais de 2200 votos que tive, valeu!

Bom, vamos voltar a falar de comidinhas.

Para acompanhar aquela salada morna de berinjela que postei esta semana, eu quis fazer umas panquecas, mas já estava enjoadinha da minha massa e tinha um pouco de aveia que eu precisava usar urgente, aí fui atrás dos blogs amigos para buscar uma receita.

Acabei chegando em um blog que visito a pouco tempo e que é excelente, o Feito na Hora, do Daniel Moura. A receita era exatamente o que eu buscava por isso fui correndo prepará-la e fiquei tão feliz com o resultado! Fica bem diferente das outras massas, ela é levinha, você consegue fazer uma massa fininha e o sabor é delicioso.

A receita original você encontra aqui, e se ainda não conhece o blog do Daniel, corre lá, ele prepara pratos deliciosos, vale a pena conferir. Mas também vou deixar a receita da massa aqui para vocês e a receita do meu recheio que fiz um pouco diferente do dele.

Ingredientes:

Massa: (rendeu 14 panquecas)

- 2 xícaras de leite
- 1 xícara de farinha de trigo
- 1/2 xícara de farinha de aveia (utilizei aveia em flocos)
- 1 col. de óleo
- 3 ovos
- 1 col. chá de sal

Recheio:

- 300 gr. de carne moída
- 1 col. sopa de azeite
- 1/2 xícara de ervilhas (utilizei a congelada)
- 2 dentes de alho amassados
- 1 cebola pequena bem picadinha
- 1 tomate sem semente picado
- 1 col. sopa de molho de soja
- 1 col. café de mostarda
- sal e pimenta a gosto

Molho:

- 1 col. sopa de azeite
- 1 cebola pequena picada
- 1 lata de tomate pelado
- sal e pimenta a gosto

Preparo:

Massa:

- Bata por 2 minutos todos os ingredientes da massa no liquidificador. Primeiro os líquidos, depois os sólidos.
- Em uma frigideira anti-aderente, coloque um pingo de óleo e unte com a ajuda de um pincel de silicone ou papel toalha sempre que colocar a massa e despeje cerca de 1/2 concha da massa.
- Vá virando a frigideira até que fique toda coberta e frite e massa dos dois lados.
- Reserve.

Recheio:

- Aqueça o azeite em uma panela e coloque a carne moída. Deixe em fogo baixo até que fique bem fritinha e cozida.
- Acrescente o alho e a cebola e frite bem.
- Coloque o molho de soja e a mostarda mexa bem.
- Junte o tomate picado e as ervilhas, misture, corrija o sal e coloque pimenta a gosto. Reserve.

Molho:

- Aqueça o azeite em uma panela, frite bem a cebola e despeje o tomate pelado. Deixe ferver até reduzir bem. Coloque sal e pimenta a gosto. Reserve.

Montagem:

- Em cada disco de panqueca coloque cerca de 1 1/2 col. sopa de recheio e enrole bem.
- Coloque em uma travessa que possa ir ao fogo.
- Por cima das panquecas coloque o molho e polvilhe mussarela (pouco ou muito como eu fiz...hehe) ou parmesão ralado.
- Leve ao forno por 15 minutos para aquecer e derreter o queijo. Sirva em seguida.

Tem jeito de ficar ruim? Não né?! Façam essa massa, é muito saborosa gente!

Bom por hoje é só. Super final de semana pra vocês!
Beijos,
Fla.