quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Salada morna de berinjela ao balsâmico

Bom dia gente querida, tudo em paz?

A receitinha de hoje já pintou no blog lá no comecinho da existência do mesmo, e foi o único post que não recebeu nenhum comentário...ô dó! Risos... uma injustiça, porque essa salada é muito, muito, muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito boa.

Eu só não faço mais, porque se eu fizer eu como tudo gente! Sem brincadeira, eu já sou apaixonada por berinjela de qualquer forma, mas nessa receita o sabor da mistura do legume, com o balsâmico, com o mel, com a mussarela...huummmmmmmmmm... acho que vou precisar fazer de novo.

O post original está aqui, mas eu vou colocar a receitinha de novo neste post para que vocês não precisem ir até lá. Tô boazinha hoje...risos.

Ingredientes:

- 2 berinjelas pequenas
- 1/2 xícara de mussarela ralada
- 1 col. chá de orégano
- 2 dentes de alho espremidos
- 2 col. café de sal
- 2 col. sopa de mel
- 60 ml. de vinho branco seco
- 100 ml. de vinagre balsâmico

Preparo:
- Corte as berinjelas em rodelas grossas e coloque em uma assadeira untada com azeite. - Faça uma pequena pressão com o polegar em cada rodela.
- Misture o alho espremido com 1 col. café de sal (eu coloquei mais 1 col. sopa de azeite), e passe sobre as berinjelas.
- Polvilhe orégano e leve ao forno médio até que fiquem coradas. (cerca de 20 minutos)
- Coloque a mussarela ralada e leve novamente ao forno para derreter.
- Leve ao fogo em uma panela o mel, o vinagre balsâmico, o vinho e 1 col. café de sal. Deixe ferver para que reduza um pouco (quanto mais deixar reduzir, mais encorpado o molho fica).
- Despeje o molho sobre as berinjelas e sirva em seguida.

A ideia é servir esta berinjela morna, por causa da mussarela, mas olha, ela no outro dia, geladinha, com um pão fresquinho, gente é bom demaissssss! Ah sim, e eu não tenho ideia de onde minha mãe pegou esta receita, se alguém souber é só falar que eu dou os créditos.

Neste dia ainda fiz umas panquecas, com uma massa espetacular, mas isso é assunto para oooouuuutroooo post!

Beijos e ótima quarta.
Fla.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Lasanha com fundo de alcachofra

Bom dia gente amiga, tudo certinho com vocês? Espero que sim. Depois de um final de semana de descanso, eis que a semana começa com chuva, tempo nublado, tudo para dar mais preguiça do que de costume, mas vamos com tudo que ainda temos 5 dias pela frente.

Então, quando eu falei da lasanha caseira da minha mãe neste post aqui (aliás acho que foi o post mais comentado do ano), disse que fiz utilizando a mesma massa uma versão com molho branco e alcachofra que também ficou deliciosa.

Eu muito esquecidinha, nem lembrava mais da dita cuja, mas achei a foto perdida no meu micro e pensei comigo que não poderia deixar de postar, primeiro porque agora é época de alcachofra e segundo porque ficou realmente muito boa. Ah sim, e esta é ótima para meus amigos vegetarianos!

Então vamos lá anotar a receitinha?

Ingredientes:

- Folhas de massa de lasanha quanto necessário (lembrando que utilizei massa caseira)
- 2 vidros de fundos de alcachofra picados
- 400 gr. de mussarela fatiada
- 1 e 1/2 litro de leite
- 2 col. sopa de margarina
- 5 col. sopa de farinha de trigo
- 1 cebola grande ralada
- 1 col. chá de noz moscada
- 1 caixinha de creme de leite
- sal e pimenta a gosto

Preparo:

Molho Branco

- Em uma panela aqueça a margarina até derreter.
- Frite a cebola ralada até ficar bem transparente.
- Junte a farinha e frite um pouco.
- Coloque um pouco do leite frio na panela e mexa bem para dissolver a farinha de trigo.
- Adicione o restante do leite e mexa bem.
- Deixe no fogo baixo até que o creme branco esteja bem cozido e sem gosto de farinha.
- Coloque o creme de leite e tempere a gosto com sal, pimenta e a noz moscada.
- Reserve.

Montagem

- Em uma assadeira coloque um pouco do molho branco, coloque as folhas da lasanha, mais molho branco, um pouco da alcachofra picada, fatias de mussarela, molho branco, folhas de lasanha e vá repetindo até terminar com mussarela.
- Salpique queijo parmesão ralado por cima.
- Cubra com papel alumínio e leve para o forno médio por 40 minutos.
Fácil né? Sei que tem muita gente que nunca provou alcachofra, as vezes porque não encontra na cidade onde mora, as vezes por preconceito com a bichinha, mas olha se você tiver oportunidade, experimente, é muito gostoso, tanto a flor em si quanto o fundo que é muito utilizado na culinária.

É o que temos para hoje. Espero que gostem.
Uma ótima semana para todos nós!
Beijos,
Fla.

sábado, 25 de setembro de 2010

Com a palavra: Unilever


Na verdade a palavra vai ser minha mesmo, mas repassando a resposta que obtive da empresa sobre o fato de eu querer disponibilizar para download alguns dos calendários de 1900 e bolinha da MAIZENA que possuímos em casa.

Eu havia solicitado autorização a Unilever através do SAC pelo menos umas 4 vezes, na última, como informei que seria minha última tentativa, eles resolveram entrar em contato comigo, porém o final da conversa não foi muito animadora.

O que a Unilever alega é que ao longo dos anos os produtos da marca sofreram alterações em sua fórmula, e por isso, as receitas antigas podem não ter o mesmo resultado e por isso, a qualidade dos produtos deles, ficariam em questão. Mesmo eu informando que ainda fazemos muitas daquelas receitas e que o risco é de quem for fazer, eles foram diretos em me dizer um grande: NÃO.

Portanto meus queridos leitores, não obtive a autorização que gostaria, tanto pelo fato que eles alegaram das alterações no produto, quanto da não liberação do material por uma questão de direitos autorais.

Masssssssssssssssssssssss, sempre há uma luz no fim do túnel, porque quem quiser o material, poderá me solicitar por email e eu envio as receitas, ok? Porque assim, vai ser como se eu estivesse divindo uma receita do meu livrinho de receitas pra vocês. Não vou enviar a cópia do material, mas as receitas digitadas, certo?

E apesar de insistir que o material está a disposição da própria Unilever caso eles queiram republicar estas receitas, eles não parecem muito interessados, uma pena, de verdade.

Ah sim, e se você quiser receber os novos receituários das diversas marcas desta empresa, basta clicar neste link aqui e fazer sua solicitação.

Peço desculpas a vocês. E repito, todos aqueles que já me enviaram emails pedindo os calendários, eu vou enviar o quanto antes as receitas ok?

De qualquer forma agradeço a atenção da Unilever e da atendente Roberta.

Beijos a todos,
Fla.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Pão de iogurte e tomilho

Eu já declarei o quanto amo minha MFP. É bem verdade que não a utilizo sempre porque durante a semana não tomamos café da manhã em casa e por isso fazer um pão grande as vezes é um desperdício.

Mas eu vivo caçando uma receitinha ou outra para testar e quando o faço nunca me arrependo porque a bichinha é de verdade muito prática.

Dessa vez juntei outra paixão, o tomilho, e resolvi preparar esta delícia super prática que me rendeu um pão lindo e super perfumado. Que tal preparar este pãozinho para o lanche da tarde hoje? Você não vai se arrepender.

Ingredientes: (rende um pão de 600 gr.)

- 1/2 copo de água
- 1/2 copo de iogurte natural
- 1 col. sopa de margarina
- 1 1/2 col. chá de sal
- 1 col. sopa de açúcar
- 1 col. sopa de leite em pó
- 2 1/2 copo de farinha de trigo
- 2 col. chá de fermento biológico seco instantâneo
- 1 col. sopa de folhas frescas de tomilho

Preparo na MFP:

- Na cuba da MFP, coloque todos os ingredientes na ordem acima.
- Escolha o ciclo 1 - normal ou 11 - sanduíche.
- Selecione o tamanho do pão: 600 gr.
- Escolha a cor da casca do pão (eu escolhi o Claro e ele ficou escuro...risos...).
- Clique no botão Iniciar.

Preparo Manual:

- Misture o fermento, o açúcar e a água (deixe levemente morna). Deixe descansar por 20 minutos.
- Junte os demais ingredientes e sove a massa até desgrudar das mãos.
- Deixe crescer por +/- 1 hora ou até dobrar de volume.
- Coloque em uma forma de pão ou assadeira untada e enfarinhada e leve para assar em forno médio/baixo por 45 minutos.


Nesta fatia eu coloquei margarina para derreter no pão ainda quentinho e na outra ponta eu coloquei um pouco de geléia de blueberry, e apesar de ser um pão de tomilho combinou tanto com essa geléia que vocês não acreditam...risos...

É isso gente. Super final de semana pra vocês!

Ah, apenas um aviso, a Unilever resolveu entrar em contato comigo e estou aguardando a autorização deles para publicar os calendários da Maizena, conforme prometi à vocês.

Beijos,
Fla.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Bife de panela

É verdade que a foto não ficou lá das melhores, mas o prato ficou muito gostoso. Comidinha rápida, sem stress, que em meia hora fica pronta. Pra mim não tem nada melhor, porque chego mega cansada do trabalho e nem sempre tenho pique para fazer qualquer coisa elaborada.

Eu sou super adepta de preparar coisas na panela de pressão, mas confesso que antes de casar eu morria de medo da bichinha, tá certo que ainda fico com um olho cá outro lá, não paro de espiar a danada, mas no final acho bem mais prático.

E olha que fácil de fazer.

Ingredientes:

- 6 bifes de cochão duro
- 1 col. sopa de vinagre
- 1 dente de alho espremido
- 1 col. sopa de molho de soja
- sal e pimenta a gosto
- 1 col. sopa de óleo
- 1 cebola grande picada em pedaços grandes
- 1/2 xícara de ervilhas congeladas
- 1 xícara de cenouras baby (eu utilizei as congeladas também)
- 2 col. sopa de extrato de tomate
- 1/2 xícara de pimenta biquinho

Preparo:

- Tempere os bifes de preferência de um dia para o outro com o vinagre, o alho, o molho de soja, o sal e a pimenta a gosto.
- Na panela de pressão aqueça 1 col. de sopa de óleo e refogue a cebola até que comece a ficar transparente.
- Neste momento coloque os bifes na panela por cima da cebola, tampe a pressão e deixe por 20 minutos.
- Passado este tempo, abra a panela e veja se os bifes estão moles, se necessário deixe mais tempo.
- Quando o bife estiver molinho, abra a panela e deixe ferver em fogo alto até que reduza pela metade o caldo que se forma.
- Junte o extrato, a ervilha e a cenoura e mantenha em fogo alto até que elas fiquem cozidas.
- Corrija o sal e adicione as pimenta biquinho partidas ao meio. Misture bem e deixe no fogo por mais uns 3 minutinhos.
- Desligue o fogo, coloque em uma travessa e sirva com arroz fresquinho e a salada de sua preferência.

Eu, gulosa que sou, e doida por pimenta, ainda utilizei mais umas para colocar por cima do arroz. Vale lembrar, para quem não sabe, que a pimenta biquinho não é ardida, ela tem o sabor da pimenta, mas não é picante como as outras. E é simplesmente deliciosaaaaa!

Pratinho simples né? Mas bem gostosinho.

Boa quinta-feira pra vocês!
Beijos,
Fla.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Vamos às compras?


Vamos conversar um pouco? Diz pra mim, você passa sufoco para fazer as compras do mês? O que compra não dá nem pra duas semanas? Ou então, você acaba jogando comida fora porque comprou demais? Ou acaba gastando demais? Então saiba que você não está sozinho(a).

Eu recebi emails de algumas pessoas pedindo ajuda para entender como eu faço a minha lista de compras e como consigo ter sempre alguma coisa na dispensa que me socorre no final do mês, e agora resolvi montar este post para tentar de alguma forma dar um help, principalmente para quem acabou de casar e não tem muita prática nisto.

Então, vamos lá, você vai perceber que não é tão difícil assim e que passar no mercado toda semana pode não ser a melhor saída, principalmente para quem está com a grana curta.

1. A compra é para quantas pessoas?

Faça um cálculo da quantidade que precisará comprar pelo número de pessoas que moram na sua casa. No meu caso, somos apenas eu e meu marido, mas preciso contar que toda quarta-feira a minha ajudante Vilminha está em casa e claro que neste dia o consumo aumenta e por isso deverá ser levado em conta também.

2. Lista para anotação:

Coloque um papel na porta da geladeira ou então em outro lugar de fácil acesso, para ir anotando no decorrer do mês tudo o que começa acabar. Isto facilita e muito na hora de preparar a lista final, porque você não vai precisar ficar lembrando o que é necessário comprar.

3. Quantas vezes devo ir ao mercado no mês?

Se você tem disponibilidade para fazer mais de 1 compra por mês, pode até fazer, mas tome cuidado, porque no final você sempre irá levar mais coisa do que precisa. Uma média boa é ir ao mercado 1 vez ao mês, na feira 2 vezes ao mês e no açougue 2 vezes ao mês.

4. Foco no quanto poderá gastar.

Sim, porque quando não se vai com um objetivo certo, você certamente irá acabar gastando o dobro do que realmente precisa, então é muito importante você estabelecer desde o início quanto poderá gastar com a compra em si, e se poderá adquirir alguns supérfluos e quanto será o gasto com estes.

5. Separe sua lista por tipo de produto.

Isto ajuda muuuuuito! Quando o dia de fazer compra estiver por perto, passe sua lista da geladeira ou suas anotações a limpo em uma outra folha (vale até planilha de computador) e separe por categoria: Alimentos / Feira / Carnes / Limpeza / Higiene / Utilidades. Imprima a leve contigo quando for ao mercado.

6. Determine quantidades.

Sim, coloque na sua lista as quantidades de cada produto que irá levar pra casa, para isso costumo sempre pensar nas receitas que posso fazer no mês e quais ingredientes vou precisar, assim consigo estabelecer uma quantidade legal de itens.

7. Fique de olho nas validades.

Sim, porque se você faz compra 1 vez ao mês precisa ficar muito atento ao prazo de validade de algumas mercadorias, principalmente de laticínios. Não compre alimentos que podem vencer num prazo de 15 dias por exemplo, pois pode ser que o consumo não seja completo dentro deste período.

8. Leve uma calculadora.

O que? Você acha que isso é pagar mico? Pra mim, mico é comprar mais do que aquilo que se pode pagar ou pior ainda, do que se pode consumir. Não tenha vergonha! O dindin tá curto e você precisa ficar atenta ao total da sua compra? Então não abra mão de levar nossa amiguinha calculadora e vá somando tudo que está comprando, assim a surpresa não ficará na hora em que for passar no caixa.

9. Fique de olho nas promoções.

A briga entre os supermercados é grande, por isso, vale muito a pena você ficar de olho em ofertas que aparecem na televisão, jornais ou impressos distribuídos dentro dos mercados. Mas cuidado, porque essa história de fazer a compra picada, pegando as promoções de cada supermercado, pode no fim sair mais caro se você também contabilizar o que gasta de combustível e tempo nessa correria.

10. Congelar não é crime!

Eu não tenho tempo (quem dera tivesse) para ir ao açougue todo dia e nem toda semana, então eu compro carne geralmente 1 vez ao mês, chego em casa, congelo em porções, e assim sempre tenho a mão o que preciso. Carne fresca é melhor? Pode até ser, mas não vejo problema algum em fazer uso da carne congelada, até porque tempo é coisa rara hoje em dia e temos que aproveitá-lo não é mesmo?

11. Testando receitas.

Quem gosta de cozinhar está sempre querendo testar alguma receitinha nova, então o ideal é você já pensar em quais as receitas irá fazer durante o mês e já comprar os ingredientes para evitar aquela "passadinha" no mercado, onde certamente você irá deixar no mínimo R$ 100,00. Porque pode perceber, você sai com 3 sacolas do mercado e geralmente deixa algo em torno desse valor.

12. Não faça compra de estômago vazio.

Fazer compras com fome deveria ser considerado um crime. Óbvio que diante de tantas delícias e tentações seu subconsciente vai ficar doido e irá te obrigar a levar mais coisa do que você realmente precisa. E isso também vale para as crianças, se possível, deixe os pequerruchos em casa.

13. Experimente novas marcas.

Tá, eu concordo com você que é difícil abrir mão de algumas marcas, eu por exemplo não mudo de de sabão em pó e nem de maionese, mas alguns produtos, principalmente quando levam a própria marca do supermercado, são tão bons quanto os outros e se você reparar no fabricante, vai perceber que muitas vezes já os adquire porém com outra marca. Então experimente, no final a economia será grande.

14. Alimentos coringa.

Ou seja, coisas que nunca faltam em casa e que sempre me quebram um super galho: creme de leite, funghi secchi, milho verde, ervilha congelada, calabresa, carne moída, mussarela (que eu também congelo em porções), arroz arbóreo, tomate pelado, ovos, temperos secos (orégano, manjericão, pimenta calabresa), batata, cenoura, cebola e caldo de carne.

Estes geralmente são os que ainda resistem no final do mês, e se você pensar bem, poderá ver a infinidade de receitas que podemos preparar com estes ingredientes.

******************************

Acho que é isso gente. Espero que eu consiga ter ajudado de alguma forma e se você tiver aquela dica super legal, compartilhe também deixando nos comentários, tenho certeza que todo mundo irá adorar.

Caso você precise de uma ideia para preparar sua lista, encontrei estes dois sites que já disponibilizam uma lista que você poderá imprimir. Clique neste link para ir ao primeiro site e neste link para ir ao segundo.

Então é isso. Ótimas compras!
Beijos,
Fla.
fonte imagem: internet

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Pernil à minha moda e acompanhamentos

Tempos atrás alguns blogs postaram o que seria o PF (prato feito) ideal para cada um deles, e esses dias atrás, quando preparei este almoço em casa não tive dúvida que se eu tivesse que escolher como seria meu PF perfeito, certamente esta seria a primeira opção.

Arroz branquinho, tutu de feijão, pernil, couve refogada e farofa de ovos com cebola. Hehehe, básico não? E se você pensa que fazer tudo isso dá trabalho, eu te respondo: Sim, dá, mas compensa muito viu e pra mim ficar algum tempo na cozinha de vez em quando me serve como terapia também.

Então vamos deixar de papo que vou colocar todas as receitinhas aqui embaixo para vocês. Espero que gostem! O rendimento de toda a receita é para 2 pessoas.

Pernil à minha moda
Ingredientes:

- 1 pedaço de pernil de +/- 1 kg.
- 1 colher sopa de mostarda L'ancienne em grãos
- 1 col. chá de lemmon & pepper
- suco de 2 limões
- 2 dentes de alho amassados
- 2 col. de molho de soja
- 4 folhas de sálvia fresca
- 1/2 xícara de vinho branco seco
- sal a gosto

Preparo:

- Tempere o pernil com todos os ingredientes e deixe marinando por no mínimo 12 horas na geladeira.
- Passado este tempo, coloque em uma assadeira o pernil com a marinada (retire apenas as folhas de sálvia), cubra com alumínio e leve ao forno por 1 hora em temperatura baixa.
- Retire o alumínio após esta hora e deixe em forno médio até que fique corado, levará mais uns 30/40 minutos.

Tutu de feijão
Ingredientes:

- 2 xícaras de feijão cozido com caldo e temperado
- 1 xícara de água
- 1 xícara de bacon magro picado
- 1 cebola pequena picada
- 1/2 pimenta dedo de moça picada
- +/- 1 xícara de farinha de pão
- sal e pimenta calabresa seca a gosto

Preparo:

- Em uma panela frite o bacon até que fique coradinho. Se necessário coloque um fio de azeite.
- Adicione na panela para ferver o feijão cozido com o caldo mais 1 xícara de água. Deixe por uns 5 minutos.
- Junte a pimenta dedo de moça e vá colocando a farina de pão a gosto, até que fique na consistência desejada. Como eu gosto mais sequinho coloco a xícara toda de farinha, se quiser mais molinho, coloque menos.
- Ajuste o sal a gosto e deixe apurar por uns 5 minutos em fogo baixo, para que a farinha fique cozida. Despeje em uma vasilha e salpique a pimenta calabresa.

Farofa de ovos e cebola
Ingredientes:

- 1 cebola grande picada
- 2 ovos pequenos
- 1/4 xícara de óleo
- 1/4 xícara de azeite ou 1 colher sopa cheia de manteiga (se necessário)
- +/- 1 e 1/2 xícara de farinha de mandioca torrada
- sal e pimenta a gosto.

Preparo:

- Em uma panela coloque o óleo e junte ainda com ele frio a cebola picada.
- Deixe em fogo bem baixo até que ela comece a ficar dourada, isso levará cerca de 20 minutos. Mexa de vez em quando para que não queime.
- Após esse tempo, adicione os ovos e mexa bem até que estes estejam cozidos.
- Acrescente a farinha e misture bem.
- Coloque sal e pimenta a gosto e caso esteja muito seca adicione o azeite ou a manteiga e mexa bem para incorporar.

Couve refogada

Ingredientes:


- 1 maço grande de couve fatiada
- 1 col. chá de manteiga
- 1 col. sopa de azeite
- 4 dentes de alho espremidos
- sal e pimenta a gosto

Preparo:

- Aqueça em uma panela a manteiga e o azeite até que fique bem quente.
- Despeje toda a couve fatiada bem fina e deixe em fogo alto para que não junte água.
- Misture rapidamente e deixe por apenas 3 minutos.
- Coloque sal e pimenta a gosto e retire do fogo.

E aí, é só servir com o arroz bem fresquinho, colocar um pouquinho de cada coisa no prato, regar com aquele limão supimpa, acompanhar com uma bela cervejinha, almoçar deliciosamente bem e dormir o resto do domingão. Eeeeee coisa boa!!!

Gente, uma última coisa, muitas pessoas me pedem por email todos os dias receitas dos calendários da Maizena que eu publiquei aqui uma vez, então esta semana eu vou disponibilizar para download, mesmo não conseguindo autorização da Unilever. Porque gente, eu tentei, mandei vários emails, mas ninguém me respondeu, então, por se tratar de um material muito antigo, eu vou arriscar, assim consigo atender todas as solicitações que recebo.

Boa semana pessoal.
Beijos,
Fla.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Arroz doce - repeteco

Meu sobrinho ama arroz doce. Engraçado porque não é bem um doce de criança né, mas ele gosta e achamos lindinho ele pedir as vezes. Por isso, nos dias em que fiquei com a missão de cuidar do nosso pimpolho, resolvi preparar esta sobremesa para fazer esse agradinho pro baixinho.

Achei lindinho porque ele não quis almoçar, então resolvi apelar e disse: "Artur, a tia fez arroz doce, você quer?", e ele rapidinho se virou e do jeitinho mais lindo do mundo disse: "Arroz? Doxxxeee??? Neném qué"...hehehehe...fofo. Tá eu sei que não é certo dar doce pra criança, mas eiiii eu sou a tiaaaa, deixa pra mãe dele fazer as coisas certas né? Hihihi.

A receitinha eu já publiquei e você pode encontrar nesse link aqui. E porque não aproveitar hoje para preparar esse docinho gostoso para o final de semana hein? E sabe o que eu acho mais legal nessa receita, é que se trata de uma sobremesa relativamente barata e acessível para todo mundo, não é mesmo?


Olha só, eu fiz 1/2 receita e olha rendeu tudo isso aqui em cima! Então faça e divida com a família, ou não...hehehe.

Muito bom poder fazer a alegria do nosso pitotinho. Afinal, ele come bastante, aproveita, fica um grude com a tia e depois a gente se esparrama no colchão e no sofá da sala pra ver Sid, o Cientista. =)

Bom final de semana pra vocês!
Beijocas,
Fla.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Espaghete com alho, limão e cogumelos


Oi gente, tudo certinho com vocês? Espero que sim. Por aqui tudo tranquilinho, cansada pra variar, mas isso já não é novidade...risos. E como a vida ainda anda bem corrida, eu apelo para as receitinhas mais fáceis possíveis.

E para tanto, Nigella tem sido a minha grande salvadora. Desde que comprei o livro Nigella Express minha vida tem sido um tanto quanto mais fácil. Primeiro porque o livro é delicioso de ler e vira e mexe me pego lendo as resenhas de cada receita e hora ou outra vou pra cozinha testar alguma coisinha.

Dessa vez, foi este macarrão fácil pra chuchu que fez a nossa alegria em casa. Simples de tudo e fica delicioso. Você irá se render a esta receita mais cedo ou mais tarde, vai por mim.

Ingredientes:

- 225 gramas de cogumelos paris fresco (eu utilizei os em conserva)
- 80 ml de azeite de oliva extravirgem
- 1/2 col. chá de sal
- 1 dente de alho pequeno amassado ou ralado
- suco e casca de 1 limão siciliano
- 1 col. chá de folhas de tomilho frescas
- 500 gr. de linguine ou espaghete
- 1 punhado de salsa fresca
- 2 a 3 col. sopa de queijo parmesão ralado
- pimenta do reino moída na hora

Preparo:

- Corte os cogumelos em fatias finas e ponha numa vasilha grande com azeite, sal, o alho, o suco e as cascas do limão e as folhas do tomilho.

- Cozinhe a massa de acordo com a instrução da embalagem.

- Escorra, mas deixe sobrar um pouco da água do cozimento com o macarrão.

- Rapidamente ponha o linguine na vasilha com a mistura de cogumelos.

- Mexa tudo bem. Junte a salsinha, o queijo ralado e a pimenta do reino.

- Mexa bem e sirva.


Bom hein? E graças ao bom Deus agora acho o limão siciliano com facilidade aqui perto de casa. É né gente, cidade do interior tem dessas coisas, mas não reclamo, amo minha cidade!

É isso gente, boa quinta pra vocês.

Beijos,
Fla.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

O Arte na Cozinha é finalista do BlogBooks



Estou muito feliz!!! O Arte na Cozinha está entre os 10 blogs mais votados no quesito "Gastronomia" no concurso BlogBooks.

Confesso que estou que nem me aguento de tanta alegria e que chegar até aqui já é uma vitória, porque significa que além de ter amigos muito especiais (valeu BC!), tenho pessoas queridas que visitam meu blog e que votaram em mim.

Agradeço de coração a cada um de vocês! Agora fica a critério de um júri escolher aquele blog que será transformado em um livro. Se não for o Arte não tem problema, já sou muito feliz com o que conquistei através do blog, principalmente as amizades que fiz, agora se eu ganhar: CARAMBOLA EU VOU FICAR FELIZ PRA BURRO! Hehehehe.

Valeu!!! Obrigada.
Beijos,
Fla.

RESULTADO DA PROMOÇÃO!

Vamos lá então pessoal. Depois de apanhar pra chuchu do Random.org que agora pede pra você criar sua janelinha para fazer o sorteio, eis que consegui fazer o sorteio pelo próprio site e o ganhador ééééé...

Fernanda Evangelista - São Paulo/SP




Fernanda, parabéns! Vou encaminhar um email pra você e peço que me retorne em até 3 dias ok? Caso a Fernanda não responda nesse prazo um novo sorteio será feito.

Obrigada a todos que participaram e aguardem que em breve teremos outras promoções!
Gostaria de agradecer a Tirolez pela parceria e confiança.

Beijos, Fla.

Obs: Só para esclarecer, o random estava com problemas na página inicial hoje a tarde, por isso precisei utilizar o gerador de números aleatórios sem a parte gráfica, porém de forma correta e respeitosa com todos aqueles que participaram.

Concurso Tirolez - listagem dos participantes

Pessoal, esta é a lista dos participantes que estão concorrendo ao Kit da Tirolez. Às 15:00 horas acontecerá o sorteio.


Clique na imagem para visualizar.

Obrigada.
Beijos,
Fla.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Sagu ao vinho tinto com creme de baunilha

Sagu é praticamente um trauma de infância. Sempre adorei este doce, mas minha mãe que é uma excelente cozinheira, na hora de fazer o preparo desta sobremesa passava por maus bocados. Então a minha lembrança vem dos deliciosos sagus que minha avó preparava e até hoje me enchem a boca d'agua.

Então que desde que eu casei eu tinha vontade de tentar fazer o meu próprio sagu, porém o medo de também errar era grande, porque vai que tivesse algo no nosso DNA que nos impossibilitasse de preparar o bichinho? Hehehehe.

E aí que quando comprei a minha coleção Cozinha Regional Brasileira da Abril e vi no que fascículo do Rio Grande do Sul tinha uma receita deliciosa, pensei comigo: Porque não tentar? Porém na primeira tentativa ele ficou, como diria minha irmã, um tanto quando etílico, porque eu coloquei vinho demais, ou seja, todo mundo comeu o sagu e ficou bêbado! Risos.

Masssss, como eu não desisto assim tão fácil das coisas, dia desses resolvi seguir a receita a risca e aí, para minha grande surpresa, DEU CERTO! \o/

Por isso deixo aqui a receita e olha, não tem erro, é só seguir direitinho e você também conseguirá fazer seu saguzinho delicioso. E é fácil, olha só. A única diferença é que eu fiz metade desta receita e me rendeu 4 potinhos como o da foto.


Ingredientes:

Para o sagu:

- 2 xícaras chá de vinho tinto seco
- 2 xícaras chá de suco concentrado de uva
- 4 e 1/4 xícaras chá de água
- 1 e 1/4 xícara chá de sagu
- cravo a gosto
- canela em pau a gosto
- 2 xícaras de açúcar

Para o creme:

- 1 litro de leite
- 1 xícara chá de açúcar
- 1 gema
- 3 col. sopa de água
- 3 col. sopa de amido de milho
- 15 gotas de essência de baunilha

Preparo:

Sagu:

- Leve ao fogo em uma panela o vinho, o suco e a água.
- Quando a mistura começar a ferver, acrescente o sagu e deixe cozinhar por 20 minutos (o meu ficou por 45 em fogo médio/baixo) mexendo de vez em quando.
- Depois acrescente o cravo, a canela e o açúcar.
- Misture tudo e deixe ferver por mais 5 minutos (eu deixei 10) mexendo de vez em quando.
- Tire da panela e leve a geladeira por 24 horas.

Creme:

- Em uma panela coloque o leite e açúcar e deixe ferver.
- Á parte separe as gemas e misture com a água e o amido de milho.
- Adicione ao leite e deixe cozinhar por 2 minutos, mexendo vigorosamente.
- Acrescente a baunilha e retire do fogo.
- Deixe esfriar e coloque por cima do sagu.

Fica muito bom. Eu deixei mais tempo o sagú no fogo porque ele demorou mais para cozinhar, e eu da próxima vez ainda deixaria mais um pouquinho. Mas vai do gosto, se você gosta dele mais molinho ou mais al dente.

Etapa sagu, vencida na minha vida...hehe.

Boa terça pra vocês. E aproveite, você tem até o final do dia para participar do sorteio do kit da Tirolez, é só clicar aqui e se inscrever. Boa sorte!

Beijos,
Fla.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Escondidinho de mandioca com calabresa

Quando fui a Porto de Galinhas no final do ano passado, experimentei o melhor escondidinho de mandioca que já comi na minha vida. O restaurante é muito famoso na região e é conhecido como "Barcaxeira". Quem ainda não conhece, fica a dica, vale muito a pena, porque além de barato um escondidinho pequeno é uma senhora refeição.

Fora isso também provamos o bolinho que é de comer rezando e implorando por mais um. Recheadinho de queijo, aquela massa suuuper levinha desmancha na boca. Enfim, um verdadeiro pecado que pode e deve ser cometido por aqueles que visitam aquele lugar maravilhoso em Pernambuco.

Como a probabilidade de voltar até lá para comer de novo aquele escondidinho é muito pequena, pelo menos por enquanto, fico eu tentando inventar meios de reproduzir a receita, mas te digo, é algo muito difícil. Porque aquele creme de mandioca é algo inexplicável.

Como quem não tem cão...caça com gato, munida de alguns pedaços de mandioca (que eu descobri ser da branca depois de cozida), fui tentar matar a minha vontade. Vamos a receitinha.

Ingredientes:

- 2 xícaras de mandioca cozida (deixe na pressão até quase desmanchar)
- 1 batata grande cozida e espremida
- 1/4 xícara de leite
- 1 col. sopa de manteiga
- 2 col. sopa de creme de ricota Tirolez
- 1 cebola em pétalas finas
- 1 calabresa fatiada
- 2 tomates picados
- 3 col. sopa de extrato de tomate
- 3 col. sopa de água
- sal e pimenta a gosto
- 1 xícara de mussarela ralada

Preparo:

- Em uma panela derreta a margarina e junte a mandioca e a batata cozida e espremida. Misture bem.

- Adicione o creme de ricota Tirolez e o leite e misture até virar um creme que fique com alguns pedaços da mandioca.

- Coloque sal e pimenta a gosto, reserve.

- Em uma frigideira frite a calabresa sem colocar óleo na panela. Quando estiver bem fritinha adicione as pétalas de cebola e deixe até que fiquem douradas.

- Escorra um pouco da gordura que juntar e coloque os tomates, o extrato e a água.

- Deixe apurar por uns 5 minutos.

- Adicione sal e pimenta a gosto, misture e reserve.

Montagem:

- Em um ramequim coloque um fio de azeite, uma camada do purê de mandioca, o molho de calabresa, mais uma camada de purê e termine com um pouco de mussarela ralada.

- Leve ao forno por uns 25 minutos até que o queijo esteja derretido e o molho borbulhando.

Ainda vou tentar aprimorar mais este escondidinho. Quem sabe o pessoal do Barcaxeira não se sensibiliza com a minha história, com a vontade de comer aquele prato de novo e resolve me dar a receita né? Risos.

Gente, excelente final de semana pra vocês tá. Juízo, ou não!

E até dia 12/09 vocês ainda podem votar neste link aqui para fazer o Arte na Cozinha virar um livro. Conto com o voto de vocês!!!

Ah e se você quiser ganhar um super kit de queijos da Tirolez, clique aqui e se inscreva! Boa sorte!

Beijos,
Fla.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Sorteio Kit Tirolez


É com imenso prazer que a partir de hoje o Arte na Cozinha conta com mais um parceiro, a Tirolez. Sinônimo de qualidade, essa marca dispensa muitas apresentações, até porque, há 30 anos no mercado, a Tirolez se consolida cada vez mais trazendo produtos de excelente qualidade e com uma enorme variedade.

E para alegria dos leitores do blog, a Tirolez irá sortear um kit com os seguintes produtos:
- 1 Creme de Ricota Tirolez light - 250 gr.
- 1 Cotagge Tirolez - 250 gr.
- 1 Minas Frescal Cremoso Tirolez - 250 gr.
- 1 Requeijão Tradicional copo Tirolez - 200 gr.
- 1 Prato Light Tirolez - 500 gr.
- 4: livros de receitas: 1 Receitas do Creme de Ricota Tirolez, 1 Receitas do Minas Frescal Cremoso Tirolez, 1 Os 100 usos do fondue, 1 Cupcakes ao creme de ricota
- 1 mini-catálogo de produtos

Para ganhar basta deixar seu comentário neste post até dia 14/09 às 23:59, informando os seguintes dados: Nome: / Cidade-Estado: / Email:.

A publicação com a lista dos participantes acontecerá dia 15/09 às 14:00 horas. O sorteio será feito pelo Random.org e o nome do vencedor será divulgado também dia 15/09 às 15:00 horas.

Só poderão participar pessoas que residem no Brasil e cada pessoa poderá concorrer com apenas 1 comentário. A entrega do kit é de responsabilidade da Tirolez.

Para conhecer mais sobre os produtos da Tirolez acesse o site http://www.tirolez.com/ e conheça toda a linha de produtos e aproveite para conferir as receitas e dicas.

Beijos a todos,
Fla.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Frango cremoso

Bom-dia pessoal, tudo bem com vocês? Então né, estou tentando desde ontem colocar uma enquete aqui no blog e o negócio só da problema, mas eu vou conseguir arrumar isso no final de semana. =)

E o feriado chegando hein? Que beleza. Eu pretendo descansar muito, porque afinal ninguém é de ferro e eu preciso recarregar as energias, para aguentar o tranco até o próximo feriado em outubro.

Mas como durante o feriado eu sei que dá aquela preguicinha de ir pra cozinhar preparar algo mais elaborado, que tal fazer essa receitinha de frango cremoso? Fácil, rápido, gostoso e pode ser acompanhado apenas de uma saladinha ou de um arroz branquinho.

Tenho uma outra receita bem parecida, mas esta eu peguei de uma revista Ana Maria que tem lá em casa. Quer ver como é fácil?

Ingredientes:

- 1 peito de frango com osso cozido e desfiado
- 3/4 xícara de presunto em cubos
- 1 lata de milho verde com a água
- 1 copo de requeijão
- 1 caixinha de creme de leite
- 1/2 pacote de sopa de cebola (eu utilizei 1 col. sopa de cebola assada desidratada)
- 1 cebola picada em cubos
- 2 col. sopa de extrato de tomate
- 1 tomate sem semente picado em cubos
- 100 gr. de mussarela em fatias
- 2 col. sopa de azeite
- sal e pimenta a gosto

Preparo:

- Cozinhe o frango a seu gosto. Reserve 1/2 xícara do caldo.
- Desfie o frango e reserve.
- Em uma panela aqueça o azeite e frite a cebola.
- Junte o frango desfiado e refogue.
- Adicione o extrato de tomate e deixe no fogo baixo por 5 minutos.
- Coloque o presunto picado e o tomate e refogue um pouco.
- Acrescente metade dos grãos de milho verde, misture bem. Coloque sal e pimenta a gosto.
- Junte 1/2 copo de requeijão, mexa e desligue o fogo. Reserve.

Para o creme:

- No liquidificador bata a água do milho e a metade dos grãos, 1/2 copo de requeijão, a sopa de cebola, o creme de leite e a 1/2 xícara do caldo do cozimento do frango. Reserve.

Montagem:

- Em uma assadeira coloque um fio de azeite, acrescente o refogado do frango e cubra com o creme.
- Coloque as fatias de mussarela por cima e leve ao forno para gratinar por 20 minutos.
- Sirva quente.

Fácil né e super delicioso!

Gente, bom feriado pra vocês! Aproveitem!
Beijos,
Fla.